Jornalismo Básico 2: reportagens especiais/Reportagens do JOB/Renato Lamanna e Guilherme Martins

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pragmatismo e Senhor José

O centro da cidade de São Paulo é o abrigo de inúmeras lojas dos mais variados artigos e produtos, que disputam o apertado espaço nas galerias e ruelas centrais. Um desses estabelecimentos que se contrasta com o clima metropolitano são as lojas de produtos naturais, que, apesar de não existirem em grande quantidade, impressionam na concentração, chegando a ter três diferentes comerciantes a menos de 100 metros uns dos outros.

Nenhuma das lojas parece ter uma especialidade dentro do conjunto heterogêneo que existe na cidade caótica. Porém, garantem abranger uma grande variedade de produtos, dentro das linhas naturais, sem qualquer tipo de “pilantragem” ou simplesmente artificialidade. “Aqui se faz tudo dentro dos conformes”, dizia o Senhor José, dono das Ervas Cotidianas, ao lado do Sebo do Messias ao norte da Igreja da Sé.

Desde a expectorante Alfazema ao auxiliar digestivo Zimbro, José garante que sempre trabalhou em prol da felicidade do outro, ainda que o olhassem torto: “É bem complicado. Sempre me procuravam para melhorar algo, mas ficavam com o pé atrás. As pessoas ouviam prescrições de outras pessoas e depois vinham cobrar “uma verdade para mim”. Eu só sou um meio dela conhecer o próprio corpo.

Hoje, após tantas crises, que para o Senhor José, as pessoas se cuidam menos nestes tempos, a loja têm nos idosos seu público alvo, uma vez que os provisões oferecidos são fundamentais em tratamentos, além dos terapêuticos receitados pelos médicos. Linhaça, alecrim, fermentos variados são colocados para diversificar a vida que foi desembocando em coquetéis de vitamina.

Infelizmente, a agressão é também física. Ao redor da loja, incríveis casas verdes, chamativas, com suplementos fitness e laboratório próprio são tomadas aos olhos de quem procura apenas a específica venda de José. Alguns se destacam por possuírem um serviço de homeopatia natural, oferecendo remédios de manipulação como florais. Enquanto outros apostam em outros produtos não orgânicos para atrair mais clientes e manter a loja operando, mas ainda sim o slogan de ervas se mantém.

Um fator se mantêm constante: as modas aparecem de qualquer maneira, mas o que funcionou e ainda é passado graças aos nossos antepassados, que viviam em contato com a natureza, está para quem quer encontrar um caminho diferente deste. O cinza, o escuro, o rápido e caótico tipo de vivência que temos é transmutado em uma simples compra, pois o Senhor José alerta: isso é para quem possui outro tipo de vida.

Desde a parte incrível, transcedental e natural de Seu José, possui um carinho e um cuidado maior, ao separar diferentes tipos de produtos para pessoas que procuram alcançar sua saúde de uma maneira específica. Cada loja possui seu cuidado, porém, singularidades são coisas que não vemos em todas as nossas experiências. Elas só funcionam se você as aceita, de compreensão e abertamente livre, dentro de sua vida. As ervas exigem respeito e se mantém com seus estigmas e pragmatismos. Se duraram tanto tempo em nosso imaginário, deve possuir uma razão, que quem as conhecesse agradece.