Laboratório de Jornalismo Multimídia/2021/Imagens na ecologia digital/11000141JOAOVICTOR

Fonte: Wikiversidade

11000141JOAOVICTOR |Mundo de entrega - 11000141JOAOVICTOR - Parada Obrigatória.jpg |Se puder, fique em casa. O mantra inicia com uma condição, ou seja, mesmo diante da sinalização de uma parada obrigatória, com o agravamento da pandemia, que hoje ceifa mais de quatro mil vidas por dia, o “se puder” indiretamente se tornou uma autorização. Contudo, inúmeros trabalhadores nunca puderam ficar em casa. Com um auxílio emergencial que não garantiu a seguridade do pão à mesa, índice de desemprego em ascensão e redução dos postos trabalho, muitos trabalhadores viram o serviço de entrega por aplicativo como a possibilidade de complementar a renda familiar, que já não possui o mesmo poder de compra dos anos anteriores. Só na Grande São Paulo o número de entregadores trabalhando para apps como Ifood e Rappi, teve um aumento de 20%. Em junho de 2020, aproximadamente 280 mil entregadores, de moto, bicicleta ou carro atuavam na região. Índice que deve seguir em ascensão após a flexibilização das leis trabalhistas e falta de regulação da atividade dessas empresas. A propósito, outro índice que segue em evoluindo a cada dia, no país é o de vidas ceifadas nessa pandemia, mas se puder, fique em casa. |[1] |