AULA 5

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

TEMA DA AULA: História da Educação Física e do Esporte no Brasil
Texto para Leitura aula 5: esporte é saúde?

Proposta do Prof. Vinícius: "A próxima aula (quinta, 16) tem como tema a história da Educação Física no Brasil. Gostaria que entrevistassem seus pais, avós e bisavós sobre como eram as aulas de Educação Física quando eram crianças e trouxessem esta narrativa por escrito, para ser lida na aula. Se não tiver como falar com eles, converse com alguém mais velho."

Aula 16/04[editar | editar código-fonte]

O professor iniciou a aula comentando sobre o texto proposto, contextualizando sobre a época e as situações tratadas nele.

Filme "Carruagens de Fogo"

Alguns tópicos interessantes de retratar são:

  • Os esportes náuticos praticados naquela época (final do século XIX e começo do século XX), como começaram a se expandir com o surgimento dos clubes de regatas, que eram lugares de tradição da classe alta.
  • Os esportes que vêm do campo, como a caça, esportes a cavalo e esportes com taco, como golf e cricket. Como isso evolui e influencia nos esportes e nas gerações seguintes, com a Aristocracia Rural, que leva essas modalidades para a cidade e as desenvolve, gerando os Esportes Modernos.
  • A concentração do poder econômico e literário em Santos contribui para a criação de uma nova forma de conviver, onde os jovens agora prezavam o corpo e a beleza física.
  • O surgimento de uma nova classe e mentalidade, por exemplo o Clube de Regatas Saldanha da Gama, que inventou coisas novas e inéditas na época.
  • Naquela época, surgiu a natação e, posteriormente, o futebol. Porém, alguns clubes não conseguiram se manter. Por que isso aconteceu? Qual seria a causa dessa perda de sentido dos clubes?
  • Como essas práticas esportivas da elite evoluíram, foram sistematizadas e ensinadas em escolas, sendo assim criados os professores de Educação Física para recriar essas práticas, pois foram criados valores juntamente com os esportes, que eram considerados importantes pelo Estado, ciência e medicina.
  • Antes disso, o valor de ser saudável era desprezado, até a ideia de esporte saudável ser contestada, então a saúde passou a ser importante para a sociedade em determinado momento.
  • O poder de escrita: as práticas que vemos hoje em dia se tratam da sistematização da elite, o que eles registraram em certa época, já que as classes mais baixas não tinham esse poder e algumas de suas práticas podem ter sido esquecidas.
  • As práticas dos clubes eram sempre amadoras, e alguns clubes eram apenas sociais, não incentivando modalidades, e os associados frequentavam para criar uma maior sociabilidade e interação. Eram a maior concentração de lazer na época.
  • Clube de regatas Saldanha da Gama
    Transformações sociais que criam outras formas de várias coisas
  • As práticas naquela época eram: menos diversas, mais amadoras e mais coletivas.
  • Hoje em dia, com a vida mais privatizada, o tempo mais fragmentado e interações mais líquidas, restam os esportes mais individuais com o surfe, slackline, skate, academia, entre outros, pois é improvável de se organizar em um clube, com horário definido, etc. Por isso a perda de sentido dos clubes: o afastamento da família e o uso do tempo.
  • A academia que frequentamos hoje é a permanência histórica do clube, porém muito mais individualizada, onde raramente as pessoas tem contato, mas tem a saúde com o bem estar psicológico e possui um apelo estético muito maior, além de ser um novo segmento de mercado, com foco na saúde e menos na modalidade esportiva. Isso ocorre pela mudança de valores: da queda dos clubes, ascendeu a academia, assim como da academia pode ascender outra "moda", principalmente para a nova geração.
  • Como o caso do remo, que, ao sair do interesse das pessoas, surgiram os esportes de campo e quadra, que hoje são raramente lembrados, e provavelmente irá elitizar a aptidão física pela falta de pessoas os procurando.
  • É importante lembrar que a faculdade nos prepara para podermos inventar coisas novas, que irão ascender como hoje é a área da academia e saúde.
  • Hoje o esporte em geral é muito mais assistido do que praticado, ao contrário de 20 anos atrás, pois para praticar esportes as pessoas devem ser selecionadas mais cientificamente, extinguindo a necessidade da prática excessiva desse esporte para atingir o seu ideal, e isso ocorreu com as transformações tecnológicas e médicas.
  • Nesse ponto da aula, foi mostrado um vídeo(https://www.youtube.com/watch?v=_8zA18LkPR4)que retrata um experimento científico, que tem como conclusão o questionamento e a vontade de interferir na nossa rotina e questioná-la. Não existe nada que não seja uma construção histórica. O termo evolução é complicado, porque abrange não somente evoluções boas, mas também negativas, portanto não deve ser usado como exemplo positivo, principalmente nesse caso. A relação que obtivemos com o texto foi de que se a sociedade não se questionasse de tempos em tempos, as transformações no mundo esportivo não estariam de tal forma.
  • Posteriormente foram passados trechos do filme Carruagens de Fogo. O filme se passa nos anos 20 e mostra a ruína do esporte amador, relatando a história de um escocês que treinava atletismo, mas seus valores religiosos interferiam no seu desempenho. O filme foi essencial para a compreensão, esclarecimento e concretização do assunto abordado no início da aula com o texto.

O texto "Esporte é saude: desde quando?" conta um pouco sobre a história da relação entre esporte e saúde, iniciando na sociedade do Rio de Janeiro, num contexto em que o Brasil acabara de se tornar independente. Tudo começa com o turfe, ainda sem muita preocupação com a saúde, e chega ao Remo, numa época em que os banhos de mar eram populares e considerados uma prática saudável.