A Natureza da Doutrina

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O que é Doutrina[editar | editar código-fonte]

A palavra Doutrina significa "ensino" ou "instrução", quando definimos Doutrina Cristã, estamos falando acerca do estudo das verdades fundamentais da Bíblia apresentadas de forma sistemática. O conhecimento doutrinário supre a necessidade de haver uma declaração autoritária e sistemática sobre a verdade. Em certos lugares, existe a tendência em se diminuir ou até excluir o valor dos ensinos doutrinários, classificando-os como inúteis ou desnecessários. Contudo, quando o homem cogita sobre as questões da sua existência, os homens sentem a necessidade de uma opinião final e sistemática sobre esses problemas. A doutrina sempre será imprescindível enquanto os homens ainda questionarem: "De onde vim? Quem sou eu? Para onde vou?". Muitas vezes ouvimos alguém usar a seguinte expressão: "Não importa em que a pessoa crê,desde que faça o bem". Essa opinião dispensa a doutrina, pois a julga totalmente irrelevante em relação à vida. As crenças firmes produzem caráter firme; crenças bem-definidas também produzem convicções bem-definidas. Naturalmente a crença doutrinária de uma pessoa não é sua religião, assim como a espinha dorsal, não é sua personalidade. Mas assim como uma boa espinha dorsal é parte essencial do corpo, também um sistema definido de crenças é uma parte essencial da religião. Certa vez alguém disse que: "O homem não precisa expor sua espinha dorsal, no entanto, para estar bem aprumado, deve possuí-la. Da mesma forma, o cristão precisa de uma definição doutrinária para não ser um cristão volúvel e deformado. É muito importante o conhecimento das doutrinas cristãs, pois sem o seu conhecimento limitamos a nossa experiência cristã como um todo. O conhecimento doutrinário cristão é parte necessária para quem quer ter uma experiência relevante com Deus.