Aprendizagem baseada em projetos

Fonte: Wikiversidade


A aprendizagem é considerada significativa quando o processamento mental ocorre entre conhecimentos prévios se correlacionando com os conhecimentos já presentes, desta forma a mente, ela procura responder os novos conhecimentos com os já adquiridos, sendo assim todo conhecimento anteriormente adquirido deve ser relevante, para o processo de aprendizagem.

Para que o processo de aprendizagem significativa ocorra, é necessário que as metodologias de ensino consigam relacionar o mundo real com o acadêmico, isso só poderá ocorrer quando as metodologias atuais forem reavaliadas analisando as metodologias ativas.


Metodologias Ativas[editar | editar código-fonte]

As metodologias ativas tem como seu principal objetivo ter o aluno como um ser independente no desenvolvimento do saber, com autonomia e responsabilidade.

  • Sala de aula invertia

Transforma a sala de aula em ambiente de criatividade e acompanhamento, todas informação básica é centralizada em um ambiente virtual.


  • Estudo de caso

Para facilitar o conhecimento já adquirido em uma disciplina, é utilizado esta metodologia para um conhecimento mais prático do assunto, para uma análise e conclusão mais aprofundada do assunto abordado, esta metodologia é recomendada para assuntos voltados a profissão para ajudar o aluno a tomar as decisões sobre cada estudo de caso.


  • Aprendizagem por pares

Alunos atuam como tutores na aprendizagem, e passam conhecimento para seus companheiros e por fim atuam resolvendo algum problema.


  • Aprendizagem baseada em problemas (PBL)

Os alunos entram em processo de conhecimento do problema, criam hipóteses para resolvê-lo, faz-se uma análise e uma definição de objetivos para a resolução do problemas e por fim elaboram uma sínteses dos resultados.


  • Aprendizagem baseadas em projetos

Formulada em fases/etapas que procuram resolver problemas a partir de um problema da realidade.

Um dos pioneiros John Dewey na área de aprendizagem com projetos considerava que " Os projetos realizados por alunos demandam necessariamente a a ajuda de um professor que pudesse assegurar o processo contínuo de aprendizagem e crescimento." Desta forma entendemos que a processo de criação de um projeto precisa ser bem estruturada cuidadosamente e possuir etapas definidas e integradas com início, meio e fim. O processo da construção do projeto tem como mostrado posteriormente passos que precisam ser bem elaborados :


  • Tema

Definir um tema nem sempre é uma tarefa simples, desta forma o indicado é que o tema deverá vim dos próprios alunos, tendo o professor como um mediador e facilitador do processo.


  • Equipe participante do projeto

Criar uma equipe com diferenciadas funções para trazer uma maior dinâmica e assim aumentar o comprometimento dos alunos.


  • Objetivos

Aprender o conteúdo curricular abordado é apenas um dos objetivos a serem alcançados. Os alunos deverão desenvolver, a capacidade de lembrar informações, interpretar, aplicar o conhecimento em situações concretas, analisar e decompor um problema, sintetizar um assunto e avaliar evidências.


  • Atividades

Assim como é característica de todo o projeto, a atividades também devem ser dinâmicas. Realizar pesquisas, formular hipóteses e definir estratégias são ações que devem ser protagonizadas pelas equipes.


  • Acompanhamento

O professor pode criar oportunidade tanto de trabalho colaborativo quanto individualizado em determinadas fases do projeto. O acompanhamento requer um educador atento e participativo, que questiona, argumenta, orienta e desafia os seus alunos na busca pela resolução do problema.


  • Conclusão

Nesta etapa são apresentados os resultados ou produtos gerados no projeto, que podem culminar em sites, fotos, exposições e apresentações físicas ou digitais, por exemplo.


  • Avaliação

Com os registros realizados durante todas as etapas do projeto, o processo de avaliação dos alunos se torna mais autêntico. Na aprendizagem baseada em projetos a verificação da aprendizagem não ocorre apenas por meio de respostas que podem estar certas ou erradas. Os questionamentos devem possuir um valor sociocultural e possibilitar novas indagações que despertem a curiosidade dos alunos, valorizando habilidades e competências desenvolvidas. Promover a autoavaliação, de modo que o aluno também reflita sobre seu próprio despenho, contribui para a construção da sua inteligência.