Axonometrias/Axonometrias ortogonais

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Introdução[editar | editar código-fonte]

Nas axonometrias ortogonais, os eixos estão todos oblíquos ao plano axonométrico, e as retas projetantes são ortogonais a esse plano.

Isto implica uma redução de todas as direcções,ou seja, todas as medidas nos eixos não estão em verdadeira grandeza, mas sim reduzidas.

A redução depende do ângulo que o eixo faça com o plano axonométrico.

Esta redução está, portanto, dependente dos ângulos que as projeções dos eixos façam no papel.

Se estes ângulos forem todos iguais, temos uma isometria.

Se dois destes ângulos forem iguais temos uma dimetria.

Se os ângulos forem todos diferentes trata-se de uma trimetria (ou anisometria).

No caso de isometria, os ângulos serão sempre de 120º, enquanto nas outras é variável.

Mais à frente verá que nas axonometrias normalizadas, as dimensões dos ângulos e são normalizados.