Bitbucket

Da wiki Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Bitbucket é um serviço de hospedagem de projetos controlados através do Mercurial, um sistema de controle de versões distribuído. É similar ao GitHub (que utiliza Git, somente). Bitbucket têm um serviço grátis e um comercial. O serviço é escrito em Python. Num blog de 2008, de Bruce Eckel comparou Bitbucket favoravelmente ao sítio web Launchpad, que utiliza Bazaar.

O Bitbucket também suporta repositórios usando o sistema de controle de versões Git.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Bitbucket foi anteriormente uma startup independente, fundada por Jesper Nøhr. Em 29 de setembro de 2010, Bitbucket foi adquirido pelo VC-funded Atlassian. Inicialmente, Bitbucket apenas oferecia suporte para projetos Mercurial. Em 3 de outubro de 2011, Bitbucket oficialmente anunciou suporte para hospedagem Git.

Características[editar | editar código-fonte]

As principais funcionalidades do BitBucket são:

  • Hospeda repositórios Git e Mercurial
  • Possui suporte para conexões HTTP e SSH
  • Permite até 5 colaboradores em um mesmo projeto gratuitamente
  • Possui gerenciador de incidentes (feature requests, bug reports, etc)
  • Gerenciamento de branches
  • Rastreamento de commits
  • Permite snippets
  • Permite criação de wiki
  • Permite importar repositórios do Google Code, Subversion e SourceForge porém o usuário deve escolher entre Mercurial e Git para hospedar o novo repositório.

Vantagens[editar | editar código-fonte]

  • Já vem integrado com o JIRA, o que permite que cada commit seja ligado a um bug ou tarefa;
  • Pode ser usado como um backup, caso seu GitHub caia, seu repositório ainda é acessível, o Bitbucket é uma alternativa web rápida para o seu projeto.
  • Permite hospedar repositórios privados com até 5 colaboradores de forma gratuita. Já o GitHub cobra US 7$/mês por apenas 5 repositórios privados.

Configuração e Utilização[editar | editar código-fonte]

Para criar um repositório remoto no BitBucket, o desenvolvedor precisa seguir os seguintes passos:

  • Criar uma conta gratuitamente no BitBucket [1].
  • Deve-se escolher o nome do repositório, seu tipo e outras informações adicionais.
  • Para sincronizar o repositório remoto com o local, deve-se digitar o seguinte comando em um terminal Linux para repositórios Git (o comando abaixo é apenas um exemplo):
 $ git clone https://user@bitbucket.org/user/tutorial.git
  • Com esse comando, o Git baixa todos os arquivos presentes no repositório remoto e os deixa disponível para um usuário autenticado detentor das devidas permissões.

Para enviar os commits do Git para o BitBucket, basta digitar o seguinte comando para enviar o código na branch master:

$ git push origin master

Referências[editar | editar código-fonte]

[1] [2]

[3]

  1. http://blog.bitbucket.org/2011/10/03/bitbucket-now-rocks-git
  2. http://www.itwire.com/it-industry-news/strategy/42202-atlassian-snatches-bitbucket
  3. http://jaxenter.com/five-reasons-to-move-to-bitbucket-105053.html