Discussão:Portal:Formação Básica

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Reformulação[editar código-fonte]

Vou considerar o sistema que vai até a oitava série, porque é o que eu conheço, adaptar para os de nove séries é fácil.

No ensino fundamental, não existem as disciplinas Física e Química, e elas só aparecem na oitava série na disciplina ciências naturais. Em Ciências Naturaus, na quinta série é visto: Ecologia, geologia (solo, rochas fertilidade), atmosfera (ar, gases), água (mais química da água), astronomia. Na sexta é visto: taxonomia, seres vivos (cada filo animal e cada reino), relações dos seres vivos Na sétima citologia, histologia, patologia, e corpo humano. Na oitava é visto química (energia, fontes, ciclo, tabela periódica, misturas) física (mecânica, termodinâmica, óptica e eletricidade tudo no básico)

Estudos Sociais é a junção de Geografia e História da primeira série à quarta em algumas escolas.

Não sei se existe recentemente ou sempre existiu. Achei um excelente idéia a criação de disciplinas de cidadania e até pensei que algo parecido deveria ter na escola. Se eu disse besteira é porque não tive essas disciplinas. Mas está um pouco desorganizada, é importante que o aluno saiba de política, funcionamento da país e da sociedade, coisas de direito e lei, recursos sociais, a existência de coisas que não vê na vida que leva. Alguns assuntos pequenos deveriam estar dentro de uma disciplina, poderia ser quatro disciplinas: Cidadania, Ética (incluir Pluralidade Cultural e Orientação Sexual dentro), Meio Ambiente e Saúde.

Língua estrangeira poderia ser dada como curso livre do Portal:Letras que tem como objetivo ensinar outra língua até a fluência. O inglês dado nas escolas do Brasil é uma porcaria, o aluno fica mais de 7 anos estudando inglês e só sai com básico do ensino médio. É possível sim tornar fluente, porque cursos particulares fazem isso em de 4 a 6 anos. A escola deveria ensinar inglês ao povo e não os cursos particulares, por isso sugiro que seja um curso completo de verdade aqui ao invés de ser a porcaria inútil das escolas. --Master 02h35min de 14 de Agosto de 2008 (UTC)

Legal, esteja à vontade. Apesar de na época que criei esta página buscar me adequar aos padrões brasileiros/portugueses, queria abordar também outros métodos de ensino como o demonstrado por Platão em A República, que enfatiza a necessidade do ensino da sobrevivência, da música, dos conceitos morais e éticos da vida, além dos conceitos mais básicos de disciplinas como química, física e afins. Nosso estudo é muito limitado, e quantas vezes não temos indagações que teriam sido respondidas com um aprendizado mais cedo de conceitos básicos que fossem ? A Wikiversidade pode dar um passo neste rumo, estando muito a frente da realidade brasileira p.exemplo. Ozymandias 16h05min de 21 de Outubro de 2008 (UTC)

O Brasil tem pouca verba para ter um sistema de ensino público eficiente e fica difícil implantar escolar de período integral. As escolar particulares integrais são muito caras. Escolas integrais são boas para oferecer bom ensino e educação complementar, além de aulas de reforço. Escolas evitam que crianças fiquem na rua e se tornem indisciplinadas. Na própria escola poderia ter atividades de recreação, atividades esportivas e artísticas, e ter até mesmo video game (tendo cuidado para não ter viciados, é comum atacar os jogos pelo vício), filmes, séries animadas e RPG (crianças já brincam de RPG de uma forma bem primitiva sem saber o que é, como "a casa da Barbie", "Aventuras de Max Steel" e outros bonequinhos que eles "interpretam"). Assim de manhã teria aulas e a tarde seria tempo livre, para a criança "ter infância".

Vou fazendo um pré-planejamento na organização desses cursos que poderiam ter aqui:

  • Saúde (Cuidados com a saúde, nutrição, higienização)
  • Sobrevivência (primeiros socorros, o que fazer quando se perder na cidade ou numa área não urbana, o que fazer em casos de acidentes e o que fazer quando for atacado por um criminoso (seqüestro, assalto na rua e invasão de domicílio), o que fazer em caso de incêndio)
  • Meio ambiente (problemas ambientais estão muito freqüentes atualmente)
  • Ética (valores morais, cidadania, sexualidade, pluralidade cultural)
  • Política e Sociedade (Legislação, serviços públicos, funcionamento do estado, comércio, trabalho, produção)
E Educação Artística pode ter os conteúdos: Artes plásticas (visuais), Música e Literatura; não sei se vai ficar muito grande.
--Master 16h38min de 23 de Outubro de 2008 (UTC)

Estudos Sociais[editar código-fonte]

Movi a página Portal:Formação Básica/Estudos Sociais para Portal:Ensino Médio/Estudos Sociais passando esta matéria para o Ensino Médio. O motivp é que "Estudos Sociais" em algumas escolas é a junção das matérias Geografia e História de primeira a quarta série. Aqui em Formação Básica já existe aulas de Ética e Cidadania. Em algumas escolas existe a matéria Sociologia no Ensino Médio, que fala da Sociedade, Política e Antroplogia, e aqui não foi incluída esta matéria no Portal:Ensino Médio e fazendo essa movimentação, estudos sociais equivalerá à Sociologia. --Master 18h50min de 21 de Novembro de 2008 (UTC)

Línguas Estrangeiras[editar código-fonte]

Como vamos ensinar línguas estrangeiras? Não seria melhor colocar o ensino de inglês como obrigatório, já que a tendência do mundo é seguir o inglês? Um curso bem feito planeja ensinar inglês em 4 anos, pode ocorrer atrasos e levá-lo a 6 anos. E também é necessário uma idade mais matura da criança para começar a aprender de forma mais séria, seria na quinta (8 series) ou sexta (9 séries) o melhor início e juntando com o ensino médio poderia ser 7 anos para aprender.

Sugestão: Poderia ser ensinado conceitos de lingüística da quinta à sétima série e algumas coisas básicas de várias línguas incluindo espanhol, grego e latim (que é bom para radicais de palavras originárias). Isso da uma boa base para aprender outros idiomas. A oitava e o Portal:Ensino Médio fica responsável de ensinar inglês ao aluno de modo a torná-lo fluente. Os links de inglês podem ir para o curso livre de inglês.

Se o aluno quiser aprender um outro idioma, é só ele ir à lista de cursos livre do Portal:Letras. --Master 19h58min de 5 de Janeiro de 2009 (UTC)

Informática[editar código-fonte]

Temos informática aqui em formação básica e em ensino médio e isso é um tempo muito longo para ensinar Informática e em três anos dá para ensinar muitas coisas a quem nunca viu um computador de forma a fazê-lo um usuário experiente no final do curso. A tendência é o uso cada vez maior de computadores e o avanço tecnológico deles, e num futuro hipotético o conteúdo vai ser maior. Mas não podemos imaginar as próximas tecnologias e agora no presente, esse curso ficaria pequeno, qual seria a melhor idéia? Fundir o conteúdo de Informática do ensino médio aqui no ensino fundamental e limpar o do ensino médio? --Master 19h58min de 5 de Janeiro de 2009 (UTC

Formação Básica[editar código-fonte]

Porque esse curso só ensina a formação básica - de 1ª à 4ª séries - e, no curso seguinte, já se passa para o ensino médio? Vocês estão pulando o ginásio? O ginásio também é importante; afinal, é o intermediário entre o primário (básico) e o ensino médio (às vezes chamado de colegial). Ou vão me dizer que ele se refere só às classes do ginásio, esquecendo-se das do primário? Se é para tratar de educação, creio que devemos tratar de todas as séries, da 1ª à 8ª (não incluo alfabetização, pois quem usa computadores, subentende-se que já é alfabetizado; embora possa parecer útil a quem estuda o magistério concomitantemente ao colegial, por exemplo); e não apenas da 1ª à 4ª. Jonathan Malavolta 16h43min de 6 de fevereiro de 2009 (UTC)

Uma vez que a ortografia da Língua Portuguesa está em vias de se unificar com o Acordo Ortográfico eu questiono se não seria mais adequada uma orientação que não se baseasse especificamente no ensino de um país. Os próprios currículos podem mudar. As referências aos graus de ensino poderiam ficar em separado apontando para os conteúdos, podendo desta forma adequar-se a todos os tipos de ensino. Simão Elias Lomba 21h43min de 2 de Março de 2010 (UTC)