Gogs - Open Source Self-Hosted Git Server

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gogs - Introdução[editar | editar código-fonte]

O Gogs é uma ferramenta Open Source de serviço de Git (um dos vários tipos de VCS - Version Control System existentes) que foi criada com o intuito de ser uma opção de fácil utilização, instalação, manutenção, leve, cross-platform e self-hosted. Criado com a linguagem de programação Go da Google sua sigla vem de Go Git Service - Gogs.

Por ter sido feito em Go e devido a linguagem ser de distribuição em multiplataformas (e devido a binários independentes), o Gogs consegue funcionar em qualquer sistema que consiga compilar Go, entre eles: Linux, Windows, Mac OS X e ARM, sendo este um diferencial do Gogs.

Self-Hosted[editar | editar código-fonte]

O Self-Hosted significa ter um serviço ou sistema no qual o administrador tem controle total sobre a ferramenta, devido a sua hospedagem ser feita em uma máquina que está em posse do administrador, conseguindo então gerenciar a instalação, execução e demais tarefas envolvidas, além de ter controle nos arquivos, nos usuários, níveis de segurança, permissões, entre outros. Mas fica em responsabilidade do administrador, também, toda a manutenção, eventuais updates e problemas que possam surgir durante o uso do serviço, para tal o Gogs oferece um Fórum para usuários.

Vantagens[editar | editar código-fonte]

  • Total controle sobre o serviço
  • Privacidade - Controle da base de usuários e possibilidade de repositório de privados;
  • Segurança - Realizar o controle de papéis de um usuário dentro de um repositório;
  • Independência - Esse é um quesito importante, já que o serviço independe de internet, por exemplo, para estar disponível;
  • Gratuidade de Software - Escrita na linguagem de programação de código aberto Go, da Google, esse serviço é gratuito, totalmente Open Source;
  • Portabilidade/Multiplataforma - o Gogs roda em Linux, Windows e Mac;
  • Facilidades (Flexibilidade) - O Gogs pode ser executado, instalado e rodar em vários tipos de instâncias e em vários lugares, por ser leve é muito fácil ter o seu próprio git;
  • Integração - Possibilidade de integração com alguns outros serviços (por exemplo, WebHook para integração de Slack ou para envio de e-mail). O Gogs também fornece integração com alguns projetos facilmente, como o Taiga.io, por exemplo, facilitando e muito o seu workflow;

Desvantagens[editar | editar código-fonte]

  • Custo de Hardware - Para a hospedagem do serviço é necessário um servidor. Para isso há o custo de uma máquina física ou virtual;
  • Manutenção - Atualizações e upgrades são feitos manualmente tendo que ser parado o serviço.

Instalação[editar | editar código-fonte]

O Gogs, como os seus desenvolvedores o anunciam, é um sistema de fácil instalação e nesse tutorial vamos ensinar como você pode instalar e ter um servidor git Gogs rodando em sua máquina para os mais diversos projetos.

Requerimentos de Hardware[editar | editar código-fonte]

  • Um Raspberry Pi ou um Droplet do Digital Ocean já tem o que é necessário para que você consiga rodar sua instância do Gogs. Há como também rodar em uma Docker de 64MB como um CaaS (Container as a Service)
  • Uma CPU dual-core com 512MB de RAM é o mínimo para uma instância que será utilizada por times.
  • CPUs com mais cores são necessárias quando o time que usufruirá da instância for grande, entretanto o uso de RAM permanece baixo.

Pré-requisistos[editar | editar código-fonte]

  • Banco de Dados (Necessário escolher um dos listados abaixo):
    • MySQL: Versão >= 5.5.3
    • PostgreSQL
    • MSSQL
    • TiDB (Experimental, conexão via protocolo MySQL)
    • ou Nenhum com SQLite3
    • LEMBRE-SE: Use scripts/mysql.sql para criar um database chamado gogs (default). Se você criá-lo manualmente certifique-se que o encoding é utf8mb4.
  • Git (bash)
    • Versão >= 1.7.1 para ambos servidor e cliente
    • No Windows é recomendado sempre a última Versão
  • Servidor SSH funcional
    • Ignore se você for usar apenas o protocolo HTTP/HTTPS ou se irá usar o builtin SSH Server (Servidor SSH pré-instalado)
    • É recomendado o Cygwin OpenSSH ou Copssh no Windows

Há 5 formas de instalar o Gogs:

Instalando em um Container Docker[editar | editar código-fonte]

Esta é uma das maneiras mais fáceis de instalar o Gogs mas antes de seguir para instalação certifique-se de ter o Docker instalado em sua máquina. A seguir como instalar em uma máquina linux Ubuntu:

1. Instale os seguintes pacotes para permitir ao apt usar repositórios sobre o protocolo HTTPS:

1 $ sudo apt-get install apt-transport-https
2 $ sudo apt-get install ca-certificates
3 $ sudo apt-get install curl
4 $ sudo apt-get install software-properties-common

2. Adicione a chave GPG oficial do Docker

$ curl -fsSL https://download.docker.com/linux/ubuntu/gpg | sudo apt-key add -

Verifique que o 'fingerprint' da chave é 9DC8 5822 9FC7 DD38 854A E2D8 8D81 803C 0EBF CD88.

1 $ sudo apt-key fingerprint 0EBFCD88
2 pub   4096R/0EBFCD88 2017-02-22
3 Key fingerprint = 9DC8 5822 9FC7 DD38 854A  E2D8 8D81 803C 0EBF CD88
4 uid             Docker Release (CE deb) <docker@docker.com>
5 sub   4096R/F273FCD8 2017-02-22

ATENÇÃO: O fingerprint da chave pode mudar devido a atualizações, sempre verique aqui sua chave.

3. Use o seguinte comando para configurar o repositório da versão stable (estável):

1 $ sudo add-apt-repository \
2   "deb [arch=amd64] https://download.docker.com/linux/ubuntu \
3   $(lsb_release -cs) \
4   stable"

ATENÇÃO: certifique-se da sua arquitetura, no exemplo acima o repositório adicionado está atrelado a arquitetura '64 bits'.

4. Atualize o índice de pacotes do apt e por fim instale o Docker

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install docker docker.io

5. Depois de instalado a Docker é preciso baixar o Gogs, é possível baixar a última versão estável do Gogs pela Docker (recomendado), basta rodar o simples comando

docker pull gogs/gogs

Caso você tenha baixado o projeto direto pelo Github do Gogs será preciso criar o container e executar os binários descompactados.

6. Após o termino do download da imagem do Gogs para Docker execute o seguinte comando para rodar o container:

docker run -d --name=gogs -p 10022:22 -p 10080:3000 -v /var/gogs:/data gogs/gogs

7. O Gogs já está executando, agora basta acessar o endereço http://127.0.0.1:10080/ ou http://localhost:10080/, nesse primeiro momneto será solicitado a configuração do repositório, no Tipo de Banco de Dados configure o SQLite, é a forma mais simples e a que vamos usar nesse tutorial, mude o endereço do campo URL do Aplicativo de http://localhost:3000/ para http://127.0.0.1:10080/ e o campo Porta SSH de 22 para 10022. Agora basta clicar no fim da página em Instalar Gogs para finalizar as configurações.

OBS: Caso queira modificar alguma configuração do gogs procure a pasta custom/conf/app.ini as configurações ficam neste arquivo app.ini, neste link você consegue ver como configurar seu Gogs.

8. Agora, com o Gogs configurado, é preciso criar uma conta de usuário, que será assumida automaticamente pelo Gogs como uma conta de administrador. Acesse http://127.0.0.1:10080/user/sign_up e crie um usuário com senha e e-mail, confirme a senha e o captcha solicitado. Após criada a conta do administrador o Gogs te redirecionará para a página de login, insira os dados e o Gogs te redirecionará para a sua dashboard. Pronto, seu Gogs já está configurado e executando, basta usá-lo!

Instalando pelos binários[editar | editar código-fonte]

Outra forma de realizar a instalação do Gogs através de binário. A seguir como instalar em uma máquina linux Ubuntu:

1. Antes de iniciar, certifique-se que já tenha um descompactador instalado (exemplo, unzip)

$ sudo apt-get install unzip

2. Faça o download do arquivo (a versão utilizada para esse tutorial foi a v0.10.8 para Ubuntu 64 bits)

$ wget https://dl.gogs.io/0.10.8/linux_amd64.zip

3. Realize a descompactação do arquivo

$ unzip linux_amd64.zip

4. Acesse a pasta que foi descompactada (nesse caso chamada de gogs/)

$ cd gogs/

5. Para execução do Gogs rode o comando

$ ./gogs web

6. Pronto! A partir de agora o Gogs já está sendo executado. Para realizar a primeira configuração basta acessar http://0.0.0.0:3000.

Referências[editar | editar código-fonte]