Humanidades Digitais/Plataformização

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

GROHMAN, Rafael. Plataformização do trabalho: entre a dataficação, a financeirização e a racionalidade neoliberal. Eptic, VOL. 22, Nº 1, pp. 106-122 JAN.-ABR. 2020 GROHMANN, R. Cooperativismo de plataforma e suas contradições: análise de iniciativas da área de comunicação no Platform.Coop. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 19-32, 2018.

DARDOT, P.; LAVAL, C. A Nova Razão do Mundo. São Paulo: Boitempo, 2016.

DE MARCHI, L. Como os algoritmos do YouTube calculam valor? Uma análise da produção de valor para vídeos digitais de música através da lógica social de derivativo. MATRIZes, v. 12, n. 2, p. 193-215, 2018.

MOROZOV, E. Big Tech: a ascensão dos dados e a morte da política. São Paulo: Ubu, 2018.

MURDOCK, G. Media Materialities: for a moral economy of machines. Journal of Communication, v. 68, n. 2, p. 359-368, 2018.

NIEBORG, D.; POELL, T. The platformization of cultural production: Theorizing the contingent cultural commodity. New Media & Society, v. 20, n. 11, p. 4275-4292, 2018.

SADOWSKI, J. When data is capital: datafication, accumulation and extraction. Big Data & Society, p. 1-12, Jan./June 2019.

SCHRADIE, J. Ideologia do Vale do Silício e Desigualdades de Classe. Parágrafo, v. 5, n. 1, p. 86-99, 2017.

VAN DIJCK, J. Datafication, dataism and dataveillance: Big Data between scientific paradigm and ideology. Surveillance & Society, v. 12, n. 2, p. 197- 208, 2014. VAN DIJCK, J.; POELL, T.; DE WAAL, M. The Platform Society. New York: Oxford, 2018. VAN DOORN, N. Platform Labor: on the gendered and racialized exploitation of low-income service work in the ‘on-demand’ economy. Information, Communication & Society, v. 20, n. 6, p. 898-914, 2017. WAJCMAN, J. How Silicon Valley Sets Time. New Media & Society, v. 21, n. 6, p. 1272-1289, 2019.