Introdução à Eletrônica Analógica

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A eletrônica analógica surgiu com o advento de serem criados novos circuitos de controle que de certa forma trabalham com grandezas físicas variáveis ou não, formas oscilatórias em baixas ou altas frequências e que são utilizados em quase todos os tipos de equipamentos.

Princípios da eletrônica Analógica A eletrônica analógica se baseia na manipulação das tensões e correntes existentes num circuito, formando circuitos capazes de realizar amplificações de sinais, comutação de máquinas e possibilitou a diversificação das telecomunicações que a principio só trabalhavam com modulações de sinais. Os elementos chaves da eletrônica analógica são os chamados transistores, resistores, capacitores, bobinas, potenciômetros e circuitos integrados, cristais e outros. A eletrônica analógica se baseia nos princípios da lei de ohm, que o estudante de eletrônica deve procurar entender para poder fazer cálculos aplicativos em circuitos.

Ficheiro:Http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/16/Transistor.JPG

Lei de ohm: Resistência = Tensão / Corrente; Tensão = Resistência x Corrente; Corrente= Tensão / Resistência

Forma-se assim a primeira lei de Ohm ou o "Triângulo de Ohm":

                                                       V
                                                  _________
                                                    R  x  I

A chave para entender a eletrônica analógica é o entendimento sobre o funcionamento dos transistores e seus associados, o transistor a grosso modo se comporta como um interruptor, capaz de ligar ou desligar alguma coisa, porém o mesmo é capadde 0,6v), o coletor ( onde se aplica a tensão a ser comutada/amplificada) e o emissor que é o terminal de descarga, onde será ligado alguma carga ou dispositivo. A tensão de base (0,6v) faz o transistor conduzir, sem tensão aplicada na base o transistor corta e não conduz. O transistor tem valores mínimos e máximos de tensões aplicáveis e por isso são feitas tantas variações do mesmo, cada qual para uma aplicação. Os transistores bipolares, ou seja, o tipo mais antigo e que tem seu trabalho definido por corrente elétrica, são divididos em 2 grupos, Transistores NPN ou PNP. Essa denominação é devida ao tipo de dopagem que o silício é submetido e seu funcionamento é inverso, ou seja um transistor NPN é polarizado diferentemente de um PNP.