Introdução à Teologia Sistemática

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Seja bem vindo ao nosso curso de Teologia Sistemática.

O que é Teologia[editar | editar código-fonte]

1.1. Definição[editar | editar código-fonte]

A palavra teologia vem de duas palavras gregas: theós (Deus) e logos (palavra, assunto, tratado). Então no sentido etimológico, teologia quer dizer palavra, assunto ou tratado sobre Deus. A.H. Strong diz que "Teologia é a ciência que trata de Deus e das relações entre Deus e o Universo". O termo ciência, na definição de Strong, não é empregado em sentido restrito, como quando se refere às ciências naturais. Ciência, na Teologia, tem sentido mais geral, querendo indicar conhecimento adquirido mediante os critérios válidos empregados nos outros ramos do conhecimento científico, tal como ocorre com a Sociologia, a Ética, a História, e outros. A Teologia consiste em fatos relacionados com Deus e suas relações com o universo, apresentados de maneira lógica, ordenada e consistente. O campo de estudo é bastante abrangente: Deus e suas relações com o Universo. No enfoque teológico o homem está no centro desse universo. É que ele pode refletir sobre a revelação que Deus dá de Si mesmo, e elaborar uma explicação racional desses fatos, de modo orgânico e consistente. Uma outra definição é dizer que a Teologia é o estudo e a declaração cuidadosa e sistemática da doutrina cristã. Por doutrina cristã entende-se "a declaração das crenças mais fundamentais do cristão". A teologia investiga criteriosamente e sistematiza os princípios, as verdades básicas da religião cristã. A teologia deve ser exprimida no idioma contemporâneo, no contexto da cultura geral, relacionada com a maneira de viver do homem. Daí o seu caráter dinâmico na sua forma de expressão e na sua aplicação.