Introdução às Linguagens de Programação/Perl

Fonte: Wikiversidade



Introdução[editar | editar código-fonte]

Larry Wall, criador do Perl.

PERL é o acrônimo de Practical Extraction and Report Language. A linguagem surgiu em 1987 no universo UNIX e é obra de uma única pessoa, Larry Wall. Até os dias de hoje, Wall continua liderando o aperfeiçoamento da sintaxe da Perl.

Um detalhe muito importante nessa linguagem é que, como é uma linguagem de script de programas, as pessoas fornecem, gratuitamente, o código-fonte para seus programas. Esse detalhe facilita o aprendizado ao Perl por meio de exemplos e você também pode fazer o download e modificar milhares de scripts para seu próprio uso. Portanto, uma das coisas ruins a respeito do Perl é que boa parte desse código livre é impossível de entender, ele tem um estilo totalmente enigmático. É uma linguagem de escrita de programas muito clara, amplamente conhecida e bastante respeitada, usada para uma variedade de tarefas como, por exemplo, para criar o equivalente dos arquivos batch do DOS ou scripts shell C, mas, no contexto do desenvolvimento da Web, ela é usada para desenvolver scripts CGI.

História[editar | editar código-fonte]

Perl (Practical Extraction and Report Language) é uma linguagem de programação derivada dos scripts shell, criada em 1986 por Larry Wall para desenvolver um sistema de 'News' entre duas redes. Trata-se de uma linguagem interpretada cuja maior vantagem é sua adaptação à manipulação de cadeias de caracteres. Além disso, suas funcionalidades de manipulação de arquivos, diretórios e bancos de dados transformaram Perl na linguagem preferida para a escrita de interfaces CGI.

O interpretador Perl[editar | editar código-fonte]

Arquivos PERL são simples arquivos de texto ASCII que contêm comandos na sintaxe Perl. Você pode produzir tais arquivos com qualquer editor de texto que produza arquivos em ASCII puro (como o Bloco de Notas). Para executar os comandos de um arquivo Perl é necessária a ação de um interpretador Perl.

O interpretador Perl é gratuito e está disponível para vários sistemas operacionais. Além disto, o código fonte do interpretador, em linguagem C, também está disponível. Isto significa que, se você possuir um compilador C, poderá compilar o interpretador para qualquer sistema operacional que desejar.

Plataforma[editar | editar código-fonte]

Pode ser instalado em diversas plataformas como Unix, Windows, MVS, VMS, Macintosh, OS/2, Amiga, etc.


Vantagens[editar | editar código-fonte]

Além disso, Perl possui:

  • Um alto grau de portabilidade;
  • Modularidade e reusabilidade de código;
  • Perl é uma linguagem de código aberto;
  • Perl é multiplataforma.

Desvantagens[editar | editar código-fonte]

  • Programas mais lentos do que em C/C++.
  • Um pequeno código PERL é capaz de realizar muitas ações. Em termos de linguagem de programação, isso geralmente significa que o código será difícil de ler e penoso de escrever.
  • Permite a visualização do código fonte, impedindo os programadores de esconder o código.
  • Scripts escritos em Perl necessitam da existência do interpretador para que sua execução seja possível.
  • Perl não possibilita o acesso a funções de baixo nível, reduzindo a liberdade do programador nestes tipos de caso.

Enviar E-mail com Perl[editar | editar código-fonte]

#!/usr/bin/perl
use strict;
use warnings;

# first, create your message
use Email::MIME;
my $message = Email::MIME->create(
  header_str => [
    From    => 'you@example.com',
    To      => 'friend@example.com',
    Subject => 'Happy birthday!',
  ],
  attributes => {
    encoding => 'quoted-printable',
    charset  => 'ISO-8859-1',
  },
  body_str => "Happy birthday to you!\n",
);

# send the message
use Email::Sender::Simple qw(sendmail);
sendmail($message);

Referências[editar | editar código-fonte]

Writing.png Esta página é somente um esboço. Ampliando-a você ajudará a melhorar a Wikiversidade.