Introdução a Sistemas da Informação

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Objetivo

O Objetivo deste módulo e tornar o profissional apto a compreender:

  • Como definir um Sistema de Informação:

  • Alguns exemplos e tipos de Sistema de informação:

  • Como aplicar os conceitos básicos da teoria de sistema:

  • Como Sistemas de Informação são apresentados para as organizações:

  • O que é análise de Sistema de Informação?:

  • O que é projeto de Sistema de Informação?:

  • Papeis e tarefas desempenhadas por um analista de Sistema de Informação:

Introdução a Sistemas de Informação[editar | editar código-fonte]

Caro Estudante, atualmente a informação se constitui em um dos principais patrimônios de uma empresa, pode-se afirmar plenamente que para ter sucesso uma empresa precisa gerenciar bem o tráfego de informações, não importa o porte dela ou ramo de atividade, depende, de fato e cada vez mais de informações.

Elas são essenciais para as atividades de qualquer nível hierárquico empresarial, sendo que todos os processos de negócio se baseiam em informações. Embora qualquer pessoa tenha idéia do que seja uma informação, vamos procurar defini-la de uma maneira mais precisa. Para isto, precisamos entender um conceito intimamente relacionado: os dados.

Dados podem ser vistos como a matéria-prima da informação, isto é, sequências ordenadas de símbolos das quais se pode extrair informação mas que, isoladamente, não contêm nenhum significado. Se o dado for tratado, organizado, analisado, enfim, processado de alguma maneira para que tenha significado em um contexto, passamos a chamá-lo de informação. Assim, podemos definir informações como sendo dados tratados capazes de transmitir algum conhecimento ao receptor.

E o que são Sistemas de Informação? De maneira simplificada pode-se dizer que um Sistema de Informação é um conjunto de funções integradas voltadas para a transformação de dados (matéria-prima) em informações. Semelhantemente a um sistema industrial ou agro-industrial, onde um processo transforma insumos em produtos.

Uma outra definição pode ser: Sistemas de Informação são sistemas que, através de processos de coleta e tratamento de dados, geram e disseminam as informações necessárias aos diversos níveis e processos organizacionais. Lembrando que da grande diversidade de sistemas, podemos separar os sistemas naturais e dos sistemas artificiais (criados pelo homem). Vamos encontrar um grupo de sistemas artificiais, que pela sua natureza, são chamados de Sistemas de Informação, justamente porque seu maior objetivo é Fornecer, Controlar, Prover, Pesquisar e Analisar Informações.

Todo Sistema usando ou não recursos de Tecnologia da Informação

(pode-se conceituar a Tecnologia da Informação como recursos tecnológicos e computacionais para geração e uso da informação ou ainda, pode ser todo e qualquer dispositivo que tenha capacidade para tratar dados e informações), que manipula e gera informação pode ser considerado Sistema de Informação

(Rezende, 1999).

Outra definição de Tecnologia da Informação (TI) é o conjunto de conhecimentos sobre toda a cadeia de valor da informação (tudo o que pode ser feito com a informação):

  • - Especificação (identificação de necessidades e requisitos);
  • - Obtenção (origem e captura);
  • - Armazenamento (classificação, estruturação, armazenamento e recuperação);
  • - Manipulação (tratamento, formatação e apresentação);
  • - Distribuição (identificação do destino e transmissão);
  • - Uso (análise e uso).

De acordo com o próprio conceito de Sistema, é difícil conceber qualquer Sistema que não gere algum tipo de Informação, independentemente de seu nível, tipo e uso.

Quando a informação é “trabalhada” por pessoas e pelos recursos computacionais, possibilitando a geração de cenários, simulações e oportunidades, pode ser chamada de conhecimento. O conceito de conhecimento complementa o de informação com valor relevante e de propósito definido.