Introdução ao SQL/Estrutura da Linguagem SQL

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A linguagem SQL está dividida em vários comandos. Consoante as operações que quisermos efetuar, na Base de dados. Neste curso aprenderemos só os dois primeiros comandos. Nota: É importante que o aprendiz tenha uma noção generalizada dos comandos base de SQL.

DDL - Linguagem de Definição de Dados e na versão original Data Definition Language

Esta é uma das linguagens de comando de SQL

Ę que é usada para estruturar, fornecer os dados que permitiram criar, modificar e por último remover tabelas, como também criar índices.

Estas instruções SQL permitem definir a estrutura duma base de dados, incluindo as linhas, as colunas, as tabelas, os índices e outros metadados.

Entre os principais comandos DDL estão: CREATE - (Criar). DROP - (Apagar). ALTER - (alterar).

Exemplos: 1° - CREATE DATABASE base_de_dados 2° - DROP DATABASE base_de_dados 3° - ALTER DATABASE base_de_dados




DML - Linguagem de Manipulação de Dados e na versão original Data Manipulation Language

Esta é uma outra linguagem de comando de SQL

E que é usada para a recuperar, inserir, remover e alterar dados que estejam inseridos na Base de Dados.

Os principais comandos DML são:

SELECT - seleciona os dados. INSERT - insere os dados. UPDATE - atualiza os dados. DROP - apaga os dados.




DCL - Linguagem de Controle de Dados e na versão original Data Control Language.

Esta é mais outra linguagem de comando do SQL que permite ao administrador da Base de Dados controlar o acesso dos dados da Base de Dados.

Alguns exemplos de comandos DCL são:

  • GRANT: Permite dar permissões a um ou mais usuários e determinar as regras para tarefas determinadas;
  • REVOKE: Revoga permissões dadas por um GRANT.

As tarefas básicas que podemos conceder ou barrar permissões são:

  • CONNECT
  • SELECT
  • INSERT
  • UPDATE
  • DELETE
  • USAGE

Resumo[editar | editar código-fonte]

  • A linguagem SQL está dividida em subconjuntos de acordo com as operações que queremos efetuar sobre um banco de dados.
  • Linguagem de definição de dados (ou DDL, de Data Definition Language) é um conjunto de comandos dentro da SQL usada para a definição das estruturas de dados. Entre os principais comandos DDL estão CREATE (Criar), DROP (deletar) e ALTER (alterar).
  • Linguagem de manipulação de dados (ou DML, de Data Manipulation Language) é o grupo de comandos dentro da linguagem SQL utilizado para a recuperação, inclusão, remoção e modificação de informações em bancos de dados. Os principais comandos DML são SELECT (Seleção de Dados), INSERT (Inserção de Dados), UPDATE (Atualização de Dados) e DELETE (Exclusão de Dados).
  • Linguagem de controle de dados (ou DCL, de Data Control Language) é o grupo de comandos que permitem ao administrador de banco de dados controlar o acesso aos dados deste banco.

Referências[editar | editar código-fonte]