Introdução ao SQL/Linguagem de Manipulação de Dados

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Linguagem de manipulação de dados (ou DML, de Data Manipulation Language) é o grupo de comandos dentro da linguagem SQL utilizado para a recuperação, inclusão, remoção e modificação de informações em bancos de dados. Os principais comandos DML são Select, Insert, Update e Delete.

SELECT[editar | editar código-fonte]

Uma declaração SELECT permite a consulta e retorno de um conjunto de registros de uma ou mais tabelas. O comando SELECT contém diversas cláusulas opcionais que servem para filtrar e tratar adequadamente a informação retornada.


SELECT é normalmente a primeira palavra em uma instrução SQL. A maior parte das instruções SQL são instruções SELECT.

A sintaxe mínima da instrução SELECT é:

SELECT campos FROM tabela

Você pode usar um asterisco (*) para selecionar todos os campos na tabela. O exemplo abaixo seleciona todos os campos na tabela usuarios:

SELECT * FROM tabela

INSERT[editar | editar código-fonte]

Uma declaração INSERT permite a inclusão de um ou mais registros em uma tabela. Exemplo: INSERT INTO NOME_TABELA(ATRIBUTOS) VALUES(VALORES_DOS_ATRIBUTOS);

UPDATE[editar | editar código-fonte]

Uma declaração UPDATE é uma atualização dos dados de um ou mais registros de uma tabela. O comando UPDATE contém diversas cláusulas opcionais que permitem tratar adequadamente o tipo de atualização que deverá ser realizada.

DELETE[editar | editar código-fonte]

Uma declaração DELETE remove um ou mais registros de uma tabela. O comando DELETE pode conter as condições de deleção das informações.

Exercicios[editar | editar código-fonte]


Exercícios[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]