Jogo 2014/Aula 13

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de Junho, 2014

Trio 13:Lucas Passarela,Mariana Soares e Rômulo Azzi

I.Tema e Objetivo da Aula[editar | editar código-fonte]

O tema da aula foi sobre os métodos de ensino dos jogos desportivos. O objetivo principal da aula foi apresentar e explicar aos alunos sobre as teorias Construtivistas,Desenvolvimentista e Crítico Superadora,pautando suas principais diferenças e características sempre exemplificando em quais situações elas geralmente são aplicadas.

Ficheiro:Aula13.jpg
Professor explicando a aula,dia 12/06

II. Materiais e Espaço Utilizados[editar | editar código-fonte]

O espaço utilizado foi a sala 229 no Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo.

A aula foi dada com auxílio de slide disponibilizado pelo professor.

III.Método Didático[editar | editar código-fonte]

Foi uma aula expositiva que constitui basicamente da exposição de conteúdos em sala de aula pelo professor, a fim de transmitir informações, estimular o interesse dos alunos visando à compreensão dos mesmos.

IV. Descrição da aula[editar | editar código-fonte]

Professor Vinícius realizou a aula com uma apresentação sobre “ Jogo- Metodologia do ensino”
A apresentação continha três linhas pedagógicas que consistem em métodos concebidos para a escola com conhecimento sobre as pessoas, educação física e o jogo, chamadas de abordagem desenvolvimentista, abordagem interacionista/construtivista e abordagem crítico-superadora.

Abordagem desenvolvimentista :[editar | editar código-fonte]

É uma abordagem individualista que foca na evolução do aluno afim de atingir o movimento correto, ou seja, o aluno deve atingir padrões determinados de habilidade. Desde o estagio rudimentar ( que é o “básico” e no ponto de vista biomecânico um movimento não recomendado fisicamente) até o estagio maduro que é o movimento na sua perfeita performance.

É importante um professor de educação física reconhecer os processos maturacionais do aluno e desenvolvê-los.As aulas são estruturadas para desenvolver padrões de habilidades motoras por exemplo para um aluno aprender um modo maduro de salto, com o tempo a um aperfeiçoamento do salto para que seja mais forte, mais alto ,de maior duração e para que tenha um certo movimento.
No desenvolvimentismo as habilidades não são vividas,são ensinadas sistematicamente e não em um jogo ,portanto primeiro se ensina e depois se aplica.

Padrões Maduros e Habilidades Motoras fundamentais :[editar | editar código-fonte]

No decorrer da apresentação sobre o desenvolvimentismo o professor usou um artigosobre as habilidades motoras fundamentais,onde é explicado como são os padrões maduros de habilidades como correr ,saltar e andar juntamente com as formas rudimentares dessas habilidades.

Exemplo de padrão maduro :

Estágio maduro de corrida: - perna de impulsão estendida. - Braço com função de alavanca. - dimensão da passada maior possível. - melhorar a postura. - passadas mais rápidas.

Habilidades motoras fundamentais:

As habilidades motoras podem ser caracterizadas de três formas:

  • As habilidades motoras de estabilidade são padrões motores que favorecem a obtenção e a manutenção de equilíbrio do individuo.
  • As habilidades motoras de locomoção compreendem em padrões motores que permitem a exploração através do espaço”.
  • As habilidades motoras de manipulação são os padrões motores que permitem contato motor rudimentar e refinado com objetos.

Segue abaixo a tabela com as habilidades motoras básicas:

Habilidades Manipulativas Habilidades Locomotoras Habilidades de estabilização
Arremessar Andar Flexionar
Quicar Correr Estender
Chutar Saltar Girar
Lançar Escalar Equilibrar-se
Rebater Desviar Posições Invertidas

A partir dessas habilidades o professor questionou os alunos :" Qual a sequência de aprendizagem dessas habilidades por uma criança ?" Os alunos tiveram dificuldade nessa questão e a maioria respondeu que primeiro se desenvolvia habilidades locomotoras.Vendo a dificuldade dos alunos o professor explicou que primeiro se desenvolvia habilidade de estabilização,onde o bebê ,por exemplo, começa a se equilibrar e consegue ficar sentado sem cair,a segunda habilidade adquirida seria a manipulativa ,porque é quando a criança começa a usar o tato e a terceira a locomotora,quando a criança passa a engatinhar e andar.

Abordagem interacionista/construtivista :[editar | editar código-fonte]

Abordagem coletiva e construtiva, baseada na construção do movimento a partir do repertório motor da pessoa.

Os alunos são considerados portadores do conhecimento e inteligências motoras, afetivas que significa saber ganhar e perder, saber lidar com derrota e a vitória, e cognitivas que são resolver os desafios que os apresentam, que serão desenvolvidas em um processo de interação.O professor parte do conhecimento do aluno para desenvolver a sua formação integral, integrando dimensões afetivas e cognitivas ao movimento humano, ou seja, a aula se torna um laboratório de inteligência, o aluno aprende tácticas e estratégias. Se a turma tem deficiência com alguma habilidade como, por exemplo, passes, o professor trabalhará nesta aula somente passes com o time/grupo.

Toda pedagogia é dada para a construção da criança, o professor parte da cultura das crianças para propor os jogos.

Abordagem crítico-superadora:[editar | editar código-fonte]

É uma abordagem sócio histórica que politiza conteúdo e sua metodologia. O professor deve ampliar o nível de conhecimento dos alunos nos confrontos dado com a realidade, pois grande parte dos conteúdos nunca foi oportunizada para essas crianças por serem esportes elitizados que utilizam instrumentos de alto custo como por exemplo o golfe, tênis, no caso do golfe precisa ter um conjunto de tacos de alto custo, ou por serem necessária a utilização de pesquisa aprofundada por exemplo a capoeira que por ser uma luta/ dança brasileira, as pessoas não tem acesso por não ser de uma matriz racial e religiosa europeia que são as bases de formação das escolas brasileiras. Sendo o principal objetivo dessa abordagem formar cidadãos críticos e desenvolver a mente dos alunos do senso comum ao crítico.

Vídeos da aula:[editar | editar código-fonte]

Para otimizar a qualidade dos nossos registros,disponibilizaremos vídeos da aula que abordam as teorias Desenvolvimentista e Construtivista e suas características devidamente explicadas pelo professor Vinicius Terra:

Objetivos da teoria Desenvolvimentista
Exemplo de padrões maduros
O jogo no desenvolvimentismo
Características da Abordagem Construtivista e Exemplos de Aplicação
Abordagem Construtivista

Apresentações[editar | editar código-fonte]

Disponibilizamos aqui as apresentações em Power Point utilizadas pelo professor:

Metodologias de Ensino dos Jogos - Desenvolvimentista, Construtivista, Crítica

Fundamentos Pedagógicos

Pedagogia Construtivista

V.Discussões e Dúvidas dos alunos[editar | editar código-fonte]

Durante a apresentação da abordagens o professor perguntou aos alunos qual seria a teoria de ensino que melhor funciona para o esporte ,jogo,ginástica e luta? Os alunos responderam que o esporte e o jogos por serem coletivos a abordagem de ensino mais apropriada seria a construtivista e para a ginástica e luta que são modalidades individuais combinam com abordagem desenvolvimentista.

A partir dessa discussão uma aluna perguntou se era possível utilizar a teoria construtivista para a ginástica ?
O professor respondeu que sim, que pode ser utilizada ,porém como já foi dito a desenvolvimentista combina mais pelo aspecto individualista.No caso a construtivista se adéqua a modalidade de ginastica geral e ginástica rítmica coletiva.

VI.Fichamento dos Textos[editar | editar código-fonte]

Dentre os conteúdos propostos para a aula estavam a leitura de dois textos,portanto segue o fichamento dos mesmos:

Fichamento do Texto:. A investigação sobre os modelos de ensino dos jogos desportivos.

Fichamento do Texto: Jogos esportivos coletivos: dos princípios operacionais aos gestos técnicos - modelo pendular a partir das idéias de Claude Bayer.

VII. Conclusão[editar | editar código-fonte]

Podemos constatar, que todas as abordagens pedagógicas anteriormente citadas são importantes e que elas contribuem de formas diferenciadas para a elaboração de aulas.Não podemos afirmar que uma é melhor que a outra visto que elas possuem objetivos que divergem entre si .
Enfim, essas abordagens colaboram,de formas diferentes, para a construção de uma Educação Física de valores e atitudes envolvidos nas práticas da cultura corporal de movimento.

VIII.Referências Bibliográficas[editar | editar código-fonte]

Texto:GRAÇA, Amândio.; MESQUITA, Isabel. A investigação sobre os modelos de ensino dos jogos desportivos.Portugal: Faculdade de Desporto Universidade do Porto; 2002. Texto:DAÓLIO,Jocimar Jogos esportivos coletivos: dos princípios operacionais aos gestos técnicos - modelo pendular a partir das idéias de Claude Bayer ,Brasília,2002,p. 99-104
Apresentação de slides feita pelo professor Vinicius da Universidade Federal de São Paulo