Jornalismo e Mídias Digitais

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Disciplina do curso de Pós-Graduação em Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero.

Professora responsável: Michelle Prazeres

Carga horária: 60h/a (15 aulas/encontros)

Ano letivo: 2017

Contatos: mprazeres@casperlibero.edu.br

Ementa[editar | editar código-fonte]

Abordar as transformações ocorridas nos processos e na criação produtos e de conteúdos jornalísticos diante da disseminação das tecnologias digitais que caracteriza a cibercultura. Apresentar ao aluno o cenário da convergência midiática com o enfoque nas práticas jornalísticas e nas teorias sobre os meios digitais em rede. Analisar as novas relações e possibilidades de produção, distribuição e recepção de conteúdo digital e seus impactos. Revelar as novas funções e habilidades profissionais do jornalista, além de tendências nos modelos de negócios digitais na área. Discutir o papel do jornalismo na prática cotidiana do trabalho em redes sociais. Discutir o jornalismo nas mídias sociais, tendo como inspiração a produção de reportagens multimídia. Analisar o potencial das principais redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram) para a prática do jornalismo.

Objetivos[editar | editar código-fonte]

Levar o aluno a aperfeiçoar suas práticas de trabalho no campo do jornalismo.

Dar ao aluno conhecimento específico teórico e reflexivo sobre as Tecnologias de Comunicação e Informação, estruturadas para o formato midiático, objetivando o desenvolvimento de repertório crítico sobre as transformações do fazer jornalístico. 

Promover experimentações por meio de projetos de reportagem multimídia, de modo a desenvolver práticas jornalísticas relacionadas à discussão teórica.

Metodologia de ensino[editar | editar código-fonte]

* Aula expositivas e paeticipativas;

* Apresentação de gêneros e formatos jornalísticos em mídias digitais;

* Análise colaborativa de casos e exemplos de práticas digitais nos ambientes jornalísticos;

* Palestras com convidados;

* Discussão em classe;

* Trabalho experimental com projetos de reportagens multimídia.

Avaliação do aluno[editar | editar código-fonte]

- Projeto em grupo (5 pontos)

- Atividades no LAB (1 ponto cada):

  • Stalking
  • Análise de casos
  • Curadoria
  • Dados
  • Arquitetura

Projetos da turma[editar | editar código-fonte]

Tema Ferramenta Abordagem Recursos Grupo
eSPlore Casperimental gastronomia, arte, vida noturna e turismo. Video, texto, foto e mapa. Ricardo, jade, Giulia e Carolina
Políticos e mídias digitais Casperimental políticos que tiveram campanhas com pequeno volume financeiro e que apostaram nas redes para se eleger. Video, texto, foto, infográfico Paulo, Fernanda, Luiza
O influenciador é um empreendedor digital? Casperimental diferenças e semelhanças entre estas figuras da cultura digital Video, texto, foto Wagner, Egidio, Stefano, Fabiane
Recursos e rendimento na educação Casperimental qual a relação entre os recursos e o rendimento na prova brasil. Texto, video (entrevista), dados Marcela, Larissa e Beatriz

PROGRAMA DE AULAS[editar | editar código-fonte]

Aula Conteúdos Referências
Aula 1

16/02

Apresentação e planejamento coletivo do curso. MARTINO, Luis Mauro Sá. Teoria das mídias digitais. São Paulo: Vozes, 2014.
Aula 2

23/02

Devolutiva do planejamento do curso

 

Renovando e nivelando noção de Jornalismo

Curadoria, Jornalismo de dados e newsgaming (intro)

Discutindo os projetos

SLIDES DA AULA AQUI
Definicao.jpg

SAVAZONI, Rodrido. DEAK, André. A linguagem libertada, 2007. http://www.savazoni.com.br/a-linguagem-libertada/

REUNIÕES DE PAUTA

Política e digital:

Comportamento:

Viagens:

Aula 3

30/02

Análise de casos de JAD + Introdução à Cibercultura / Socialização http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/remix.pdf

SETTON, Maria da Graça Jacintho. Socialização e Cultura: Ensaios teóricos. São Paulo: Annablume, 2011.

LEMOS, André. Cibercultura: remix. http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/remix.pdf

MILLS, Wright. A imaginação sociológica. Ed. Zahar: Rio de Janeiro, 1964.

TRIVINHO, Eugenio. A dromocracia cibercultural: lógica da vida humana na civilização mediática contemporânea. São Paulo: Paulus, 2007.

Jornalismo planejado funciona melhor, de Celso Nucci. http://observatoriodaimprensa.com.br/news/view/jornalismo-planejado-funciona-melhor

Slides da aula

LAB: análise de casos. Definição de jornalismo da turma aqui

Reunião de pauta.

Aula 4

06/03

LAB: Stalking

Debate sobre reputação, segurança e privacidade

Introdução à Cibercultura

Andre Lemos. Cibercultura, remix. http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/remix.pdf
Aula 5

13/03

Cultura da Convergência e da Conexão JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. Editora Aleph, 2008.

FORD, Sam; GREEN, Joshua; JENKINS, Henry. Cultura da Conexão. Editora Aleph, 2014.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=mBsWb5TWXUQ

LAB: Servidor e domínio.

Aula 6

20/03

Cultura, conhecimento livre e hackerismo (DIY). Dialogia, participação e diversidade em convergência SILVEIRA, Sergio Amadeu da. Ciberativismo, cultura hacker e o individualismo colaborativo. Revista USP, 2010. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/13811

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. São Paulo, Editora Paz e Terra, 1967. Disponível em: http://www.dhnet.org.br/direitos/militantes/paulofreire/livro_freire_educacao_pratica_liberdade.pdf

LESSIG, Lawrence. Cultura livre: como a grande mídia usa a tecnologia e a lei para bloquear a cultura e controlar a criatividade. 2004. https://hiperficie.wordpress.com/2014/03/02/livro-cultura-livre-como-a-grande-midia-usa-a-tecnologia-e-a-lei-para-bloquear-a-cultura-e-controlar-a-criatividade-de-lawrence-lessig/

http://www.revistas.usp.br/matrizes/article/viewFile/90445/93216

LAB: Servidor e domínio.

Aula 7

27/03

Jornalismo e pós-verdade Monitor do debate político: https://www.facebook.com/monitordodebatepolitico/?fref=ts

Agência Lupa: http://piaui.folha.uol.com.br/lupa/

http://m.folha.uol.com.br/ilustrissima/2017/02/1859808-como-funciona-a-engrenagem-das-noticias-falsas-no-brasil.shtml?cmpid=compfb

https://www.wiltonpark.org.uk/event/wp1542/

https://journalistsresource.org/studies/society/internet/fake-news-conspiracy-theories-journalism-research

http://news.stanford.edu/2017/01/18/stanford-study-examines-fake-news-2016-presidential-election/

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2017/02/1859994-e-se-o-erro-a-fabulacao-o-engano-revelarem-se-tao-essenciais-quanto-a-verdade.shtml

https://www.amazon.com.br/Que-Aprendi-Sendo-Xingado-Internet-ebook/dp/B01G66TR78/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1487805856&sr=1-1&keywords=o+que+aprendi+sendo+xingado+na+internet

LAB: visita aos sites de notícias falsas para análise das notícias. Comparar com nossa concepção de jornalismo (da aula 3).

Aula 8

04/04

Jornalismo de dados: como encontrar dados na rede; onde encontrar; informações e fontes de confiança. Grandes bancos de dados. Data scrapping. Visualização de dados. http://datajournalismhandbook.org/pt/

LAB: acompanhamento da apuração. Pesquisa de dados.

Aula 9

11/04

Curadoria da informação CORREA, Elizabeth Nicolau Saad (Org.). Curadoria digital e o campo da comunicação. Ed. 1. 2012. São Paulo. E-BOOK. 79 págs. Editora: ECA - USP. http://issuu.com/grupo-ecausp.com/docs/ebook_curadoria_digital_usp#download

CORREA, Elizabeth Saad e BERTOCCHI, Daniela. O algoritmo curador: o papel do comunicador num cenário de curadoria algorítmica de informação. COMPOS, 2012. http://www.academia.edu/3635309/O_Algoritmo_Curador_o_papel_do_comunicador_num_cenario_de_curadoria_algoritmica_de_informacao

LAB: acompanhamento da apuração. Curadoria.   

Aula 10

18/04

Arquitetura da informação CAMARGO, Liriane Soares de Araújo de; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio. Arquitetura da Informação: uma abordagem prática para o tratamento de conteúdo e interface em ambientes informacionais digitais. Rio de Janeiro: LTC, 2011. 248 p.
Aula 11

25/04

Recepção, engajamento e  UX

 

Redes sociais: perfis de usuários; gestão de marca / gestão de relacionamento na rede.

Introdução e boas práticas em UX Design. Casa do código.  2015.

TERRA, Carolina.  Mídias Sociais... e agora? O que você precisa saber para implementar um projeto de mídias sociais. Difusão Editora e SENAC Rio, São Paulo, 2012.

Manual (PDF – mandar para o grupo).

Brambilla, Ana. Para entender as mídias sociais. Disponível em: http://www.slideshare.net/ambrambilla/para-entender-as-mdias-sociais

Aula 12

01/05

SEO e métricas http://www.comunique-se.com.br/ShowSec/SEO-8-dicas-para-come%C3%A7ar-agora?=DGigusulRWp09S0o4zKycQ==

Manual de SEO (PDF – enviar para o grupo)

VIEIRA, Livia de Sousa. A influência das métricas no jornalismo digital

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed806_a_influencia_das_metricas_no_jornalismo_digital

08/05 Compós
15/05 Feriado
Aula 13

22/05

Jornalismo além das redações: empreendedorismo

Novos modelos de negócio

Construindo um projeto de reportagem para crowdfunding / uma proposta para cliente

Mapa do jornalismo independente: http://apublica.org/mapa-do-jornalismo/

Um modelo de negócio para o jornalismo digital, de Caio Tulio Costa. http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/um_modelo_de_negocio_para_o_jornalismo_digital

https://www.sescsp.org.br/online/artigo/10642_EUGENIO+BUCCI

Aula 14

29/05

Jornalismo além das redações: nova esfera pública
Aula 15

03/06

Tópicos sobre jornalismo móvel

Avaliação

BARBOSA, Suzana. MIELNICZUK, Luciana. Jornalismo e Tecnologias Móveis. Covilhã. Labcom, 2013. Disponível em: http://www.livroslabcom.ubi.pt/book/98

CANAVILHAS, João. Notícias em mobilidade: o jornalismo na era dos dispositivos móveis. Disponível em: http://www.livroslabcom.ubi.pt/pdfs/20130404-201301_joaocanavilha_noticiasmobilidade.pdf

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS[editar | editar código-fonte]

BARBOSA, Suzana. Jornalismo Digital em Ambientes Dinâmicos - Propriedades, rupturas e potencialidades do Modelo JDBD. Disponível em: http://www.lasics.uminho.pt/ojs/index.php/5sopcom/article/view/37

______.  MIELNICZUK, Luciana. Jornalismo e Tecnologias Móveis. Covilhã. Labcom, 2013. Disponível em: http://www.livroslabcom.ubi.pt/book/98

BRADSHAW, Paul. A model for the 21st century newsroom: pt1 - the news diamond. Disponível em: <http://onlinejournalismblog.com/2007/09/17/a-model-for-the-21st-century-newsroom-pt1-the-news-diamond/>

BRAMBILLA, Ana. Para entender as mídias sociais. Disponível em: http://www.slideshare.net/ambrambilla/para-entender-as-mdias-sociais

CANAVILHAS, João. Notícias em mobilidade: o jornalismo na era dos dispositivos móveis. Disponível em: http://www.livroslabcom.ubi.pt/pdfs/20130404-201301_joaocanavilha_noticiasmobilidade.pdf

CAZELOTO, Edílson. Inclusão Digital: uma visão crítica. São Paulo: Editora SENAC, 2008.

CORRÊA, Elizabeth Saad, BERTOCCHI, Daniela. “O Algoritmo curador – O papel do comunicador num cenário de curadoria algorítmica de informação”. Artigo apresentado no XXI Encontro Anual da Compós, Universidade Federal de Juiz de Fora, 12 a 15 de junho de 2012. Disponível em: http://www.compos.org.br/pagina.php?menu=14&mmenu=6&gm=int&gti=arqul&ordem=3&grupo1=9D

Em espanhol: Modelo para el periodismo del siglo XXI. Disponível em:

COSTA, Caio Tulio. Um modelo de negócio para o jornalismo digital. http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/um_modelo_de_negocio_para_o_jornalismo_digital

FERRARI, Polyana. Jornalismo Digital. Editora Contexto, 2010.

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed806_a_influencia_das_metricas_no_jornalismo_digital

Introdução e boas práticas em UX Design. Casa do código.  2015.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

LEMOS, André. Cibercultura: remix. http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/remix.pdf

______.  Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre, Editora Sulina, 2004.

LESSIG, Lawrence. Cultura livre: como a grande mídia usa a tecnologia e a lei para bloquear a cultura e controlar a criatividade. 2004. Disponível em: <http://free-culture.cc/(inglês)> e <http://stoa.usp.br/oerworkshop/files/1333/7582/cultura_livre.zip (português)>. Acesso em: 21 de janeiro de 2009.

MANOVICH, Lev. Database as Symbolic Form. Disponível em http://transcriptions.english.ucsb.edu/archive/courses/warner/english197/Schedule_files/Manovich/Database_as_symbolic_form.htm. Acesso em 14/3/2013.

______.  El lenguaje de los nuevos medios de comunicación – La imagen en la era digital. Paidós Comunicación, Buenos Aires, 2006. Texto XEROX.

Mapa do jornalismo independente: http://apublica.org/mapa-do-jornalismo/

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Diversidad en convergencia. Ministério da Cultura do Brasil. Seminário Internacional sobre diversidade Cultural. Brasília, 27 a 29 de junho de 2007. Disponível em <http://web.archive.org/web/20071206014601/http://www.cultura.gov.br/blogs/diversidade_cultural/wp-content/uploads/2007/07/diversidadenconvergencia_barbero.pdf>. Acesso em: 20/04/2009

MARTINO, Luis Mauro Sá. Teoria das mídias digitais. São Paulo: Vozes, 2014.

MCGONIGAL, Jane. A realidade em jogo: por que os games nos tornam melhores e como eles podem mudar o mundo. Rio de Janeiro: Bestseller, 2012.

O Jornalismo Pós-Industrial: Revista de Jornalismo ESPM

Post Industrial Journalism: Adapting to the Present: http://towcenter.org/research/post-industrial-journalism/

PRADO, Magaly. Webjornalismo. Rio de Janeiro, LTC, 2011.

SAVAZONI, Rodrido. DEAK, André. A linguagem libertada, 2007. http://www.jornalismodigital.org/2010/05/30/a-reportagem-na-era-digital/

SHIRKY, Clay. Cultura da participação. São Paulo: Zahar Editores, 2011.

______.  E lá vem todo mundo. São Paulo: Zahar Editores, 2012.

SILVA. Gilmar. Novos jornalistas: para entender o jornalismo hoje: https://docs.google.com/leaf?id=0B3Vf35m8bsMNZmM0NzhjZmMtZDU5Zi00Y2FiLWFhMWItM2ZmMjFhNTA1ZDJh&hl=en

SILVEIRA, Sérgio Amadeu. “Ciberativismo, cultura hacker e o individualismo colaborativo”. Revista USP, junho/julho 2010. Dossiê Cibercultura. Disponível em <http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?pid=S0103-99892010000300004&script=sci_arttext.>

TERRA, Carolina.  Mídias Sociais... e agora? O que você precisa saber para implementar um projeto de mídias sociais. Difusão Editora e SENAC Rio, São Paulo, 2012.

TRIVINHO, Eugenio. A dromocracia cibercultural: lógica da vida humana na civilização mediática contemporânea. São Paulo: Paulus, 2007.

VIEIRA, Livia de Sousa. A influência das métricas no jornalismo digital

Dicas e referências online[editar | editar código-fonte]

SEO: 8 dicas para começar agora + PDF no Drive