Latim: Declinações: Casos

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Nominativo[editar | editar código-fonte]

Indica o sujeito e predicativo do sujeito.
homo - [o] homem (ex: homō ibi stat - o homem está de pé aí)

Genitivo[editar | editar código-fonte]

Expressa posse, matéria ou origem (fonte). Geralmente indica o adjunto adnominal restritivo.
hominis - de [o] homem (ex: nōmen hominis est Claudius - O nome do homem é Claudius)

Dativo[editar | editar código-fonte]

Indica quem sofre a ação, o objeto indireto da oração.
hominī - para/a [o] homem [como objeto indireto] (ex: hominī donum dedī - eu dei um presente ao homem)

Acusativo[editar | editar código-fonte]

Expressa o objeto direto do verbo.
hominem - [o] homem [como objeto direto] (ex: hominem vidi - Eu vi o homem.)

Ablativo[editar | editar código-fonte]

Indica separação ou os meios pelos quais uma ação é efetuada.
homine - [o] homem (ex:sum altior homine - sou mais alto que o homem)

Vocativo[editar | editar código-fonte]

Usado na comunicação direta para chamar o interlocutor. É o mesmo vocativo da língua portuguesa.

Locativo[editar | editar código-fonte]

Indica tempo ou lugar no qual a ação é efetuada. Consiste em um caso mais marginal no Latim com uso muito restrito: nomes de cidades, ilhas pequenas e algumas outras palavras. É idêntico ao genitivo (na 1ª e 2ª declinação no singular), ao dativo (na 1ª e 2ª no plural e na 3ª declinação) e ao ablativo (na 4ª e 5ª declinação). Obs:. O Locativo foi muito usado no latim antigo.