Licenciatura em Ciências Sociais

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Yellow-bg.svg
HSBook.svg
Ementa

Bem vindo ao curso Licenciatura em Ciências Sociais

Objetivo
Propiciar ao estudante sólida formação em torno dos três eixos que formam a identidade do curso (Antropologia, Ciências Políticas e Sociologia), tendo a docência como princípio norteador.

Nível do curso
Avançado.

Pré-requisito
O conhecimento necessário para conclusão do ensino médio com louvor.

Programa
O curso é dividido em 12 módulos a carga horaria é apenas uma sugestão

Módulo 1
Fundamentos Filosóficos da Educação 80h
Sociologia da Educação 80h
Sociologia Contemporânea 60h
Fundamentos da Ciência Política 40h
Módulo 2
Sociedade e Contemporaneidade 60h
História Contemporânea 60h
Filosofia das Ciências Sociais 80h
Sociologia Política 60h
Geografia Humana e Econômica 60h
Módulo 3
Atividade Complementar 20h
Organização do Trabalho Pedagógico 60h
Movimentos Sociais e Sociedade Civil 60h
Teorias Antropológicas 80h
Módulo 4
Atividade Complementar 20h
Fundamentos de Economia 60h
Sociologia da Violência 40h
Teorias de Currículo 40h
Módulo 5
Atividade Complementar 20h
Sociologia da Acessibilidade 60h
Educação Inclusiva 40h
Fundamentos de Direito Constitucional 40h
Módulo 6
Atividade Complementar 20h
Sociologia do Trabalho 40h
Elaboração e Planejamento de Projetos Sociais 60h
Ciências Sociais nas Organizações 40h
Módulo 7
Atividade Complementar 20h
Sociologia Urbana 80h
Antropologia Cultural 40h
Novas Linguagens em Educação 40h
Módulo 8
Atividade Complementar 20h
História, Política e Sociedade 40h
Estatística Aplicada às Ciências Sociais 60h
Sociometria 40h
Módulo 9
Atividade Complementar 20h
Avaliação e Monitoramento de Projetos Sociais 80h
Psicologia e Aprendizagem 40h
Avaliação Educacional para Licenciatura em Ciências Sociais 40h
Módulo 10
Atividade Complementar 20h
Intervenção e Aprendizagem na adolescência 40h
Sociedade Sustentável 60h
Cenários Culturais Brasileiros 60h
Módulo 11
Atividade Complementar 20h
Gestão e Organização Escolar 40h
Ética e Responsabilidade Social 80h
Políticas Públicas em Educação 40h
Módulo 12
Atividade Complementar 20h.

Bibliografia
ADORNO, Theodor. W. A Indústria Cultural e Sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 2002.
AGOSTINHO. Confissões. Porto: Apostolado da Imprensa, 1977.
AQUINO, TOMÁS DE. Questão 2: se Deus existe. Disponível em:
<http://sumateologica.permanencia.org.br/Ia/Q2.pdf>. Acesso em: 14 maio 2008.
ARANHA, Maria Lúcia Arruda. Filosofando. São Paulo: Moderna, 2002.
ARISTÓTELES. São Paulo: Nova Cultural, 2000. (Coleção Os Pensadores).
BELCHIOR, Luisa. Chefe de torturadores de jornalistas é policial civil e está fora-
gido, diz delegado. Folha Online, São Paulo. Disponível em: <www1.folha.uol.
com.br/folha/brasil/ult96u408889.shtml>. Acesso em: 5 jun. 2008.
BENJAMIN, Walter. A Obra de Arte na Época de sua Reprodutibilidade Técni-
ca. São Paulo: Abril Cultural, 1983.
BOCHENSKI, Joseph Marie. Diretrizes do Pensamento Filosófico. São Paulo: EPU,
1973.
BRUNO, Giordano. Da causa, princípio e uno. In: VITA, Luís Washington. Momentos
Decisivos do Pensamento Filosófico. São Paulo: Melhoramentos, 1964. p. 86.
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2000.
______ . Espinosa: uma filosofia da liberdade. São Paulo: Moderna, 2005.
COHEN-SOLAL, Annie. Jean-Paul Sartre. Porto Alegre: L&PM, 2005.
COHN, Gabriel (Org.). Theodor W. Adorno. São Paulo: Ática, 1986.
COMTE, Auguste. Curso de filosofia positiva. In: VITA, Luís Washington. Momen-
tos Decisivos do Pensamento Filosófico. São Paulo: Melhoramentos, 1964.
DANIEL, Marie-France. A Filosofia e as Crianças. São Paulo: Nova Alexandria, 2000.
DI GIORGI, Flávio V. Por que filosofar? In: Cadernos PUC n.1: Filosofia. São Paulo:
Educ/Cortez, 1980. p. 79-80.

Fundamentos Filosóficos da Educação DURANT, Will. A História da Filosofia. São Paulo: Nova Cultural, 2000.
ESPINOSA, Baruch. Definições. In: VITA, Luís Washington. Momentos Decisivos
do Pensamento Filosófico. São Paulo: Melhoramentos, 1964.
FREITAG, Bárbara. Habermas. São Paulo: Ática, 1993.
______ . O Indivíduo em Formação. São Paulo: Cortez, 1996.
GAARDER, Jonstein. O Mundo de Sofia: romance da História da Filosofia. São Paulo:
Companhia das Letras, 1999.
GALUPPO, Marcelo Campos. Igualdade e Diferença: Estado democrático de di-
reito a partir do pensamento de Habermas. Belo Horizonte: Del Rey, 2002.
GARDINER, Patrick. Kierkegaard. São Paulo: Loyola, 2001.
GILSON, Etienne. A Filosofia na Idade Média. São Paulo: Martins Fontes, 1995.
HEGEL, Georg W. F. Fenomenologia do espírito – Prólogo, II. In: VITA, Luís Wa-
shington. Momentos Decisivos do Pensamento Filosófico. São Paulo: Melho-
ramentos, 1964.
HEIDEGGER, Martin. A essência do fundamento. In: VITA, Luís Washington. Mo-
mentos Decisivos do Pensamento Filosófico. São Paulo: Melhoramentos, 1964.
HOBSBAWM, Eric John. Era dos Extremos: o breve século XX – 1914-1991. 2. ed.
São Paulo: Companhia das Letras, 1992.
HORKHEIMER, Max. Filosofia e teoria crítica. In: _____ . Textos Escolhidos. São
Paulo: Abril Cultural, 1968. (Coleção Os Pensadores).
______ . Teoria Crítica: uma documentação. São Paulo: Perspectiva: Edusp, 1990.
HORKHEIMER, Max; ADORNO, Theodor W. Dialética do Esclarecimento: fragmentos filosóficos.
Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.
JASPERS, Karl. Iniciação Filosófica. Lisboa: Guimarães, 1977.
KANT, Immanuel. Crítica da Razão Pura. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian,1985.
______ . Sobre a Pedagogia. Piracicaba: Unimep, 1996.
______ . Antropologia de um Ponto de Vista Pragmático. São Paulo: Iluminras, 2006.
330

 

Referências
______ . Da distinção entre o conhecimento puro e o empírico. In: _____. Crítica da Razão Pura.
Disponível em: <www.ebooksbrasil.org/eLibris/critica.html>.
Acesso em: 20 jan. 2008.
KIERKEGAARD, Sören. O desespero humano. In: VITA, Luís Washington. Momentos Decisivos do Pensamento
Filosófico. São Paulo: Melhoramentos, 1964.
LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da Escola Pública. São Paulo: Loyola, 1996.
LIMONGI, Maria Isabel. Entre a Ética e o Interesse. Londrina: Mosaico, 1995.
MARCONDES, Danilo. Iniciação à História da Filosofia: dos pré-socráticos a
Wittgenstein. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.
MARCUSE, Herbert. Razão e Revolução. Rio de Janeiro: Saga, 1969.
MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A Ideologia Alemã. São Paulo: Ciências Humanas,1979.
______ . O Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Global, 2006.
MATOS, Olgária C. F. A Escola de Frankfurt. São Paulo: Moderna, 2006.
MORENTE, Manuel Garcia. Fundamentos de Filosofia: lições preliminares. São
Paulo: Mestre Jou, 1967.
MORIN, Edgar. O Método 5. 3. ed. Porto Alegre: Sulinas, 2005.
NIETZSCHE, Friedrich. Citações-chave. In: STRATHERN, Paul. Nietzsche em 90
Minutos. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.
PADOVANI, Humberto; CASTAGNOLA, Luís. História da Filosofia. São Paulo: Melhoramentos, 1984.
PENHA, João da. Períodos Filosóficos. São Paulo: Ática, 1994.
PIAGET, Jean. O Nascimento da Inteligência na Criança. Rio de Janeiro: Zahar,1978.
______ . Psicologia e Pedagogia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982.
PLATÃO. Górgias e a Oratória. São Paulo: Difel, 1986.
PRADO JÚNIOR, Caio. O que É Filosofia. São Paulo: Brasiliense, 1981.
REALE, Miguel. Introdução à Filosofia. São Paulo: Saraiva; 2006.
331


Fundamentos Filosóficos da Educação
REALE, Miguel; ANTISERI, Dario. História da Filosofia: Antiguidade e Idade
Média. São Paulo: Paulinas, 1990. v. 1.
______ . História da Filosofia: Antiguidade e Idade Média. São Paulo: Paulus,
2003. v. 1.
ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da sesi-
gualdade entre os homens. In: _____. Jean-Jacques Rousseau. São Paulo: Abril
Cultural, 1978. (Coleção Os Pensadores).
______ . Emílio: ou da educação. São Paulo: Martins Fontes, 1995.
RUSS, Jacqueline. Pensamento Ético Contemporâneo. São Paulo: Paulus, 1999.
RUSSELL, Bertrand. História do Pensamento Ocidental: a aventura dos pré-
-socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.
SANTOS, Raimundo dos. Ética: caminhos da realização. 3. ed. São Paulo: Ave
Maria, 2001.
SARTRE, Jean-Paul. O existencialismo é um humanismo. In: VITA, Luís Washington.
Momentos Decisivos do Pensamento Filosófico. São Paulo: Melhoramentos,
1964.
SAVIANI, Dermeval. Educação: do senso comum à consciência filosófica. São
Paulo: Cortez, 1980.
SCHOPENHAUER, Arthur. O mundo como vontade e representação. In: VITA, Luís
Washington. Momentos Decisivos do Pensamento Filosófico. São Paulo: Me-
lhoramentos, 1964.
SEVERINO, Antônio Joaquim. Educação: sujeito e história. São Paulo: Olho d’Água,
2001.
______ . A Filosofia na formação do jovem e a ressignificação de sua experiência
existencial. In: KOHAN, Walter Omar. Ensino de Filosofia: perspectivas. Belo Ho-
rizonte: Autêntica, 2002.
______ . A compreensão filosófica do educar e a construção da filosofia da edu-
cação. In: ROCHA, Doroty (Org.). Filosofia da Educação: diferentes abordagens.
Campinas: Papirus, 2004.
______ . A razão de ser da Filosofia no Ensino Superior. In: Edipe, 13., 2006, Recife
Anais... Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2006.
332


Referências
______ . A busca do sentido da formação humana: tarefa da Filosofia da Educação.
Educação e Pesquisa. Disponível em: <www.scielo.br/pdf/ep/v32n3/a13v32n3.
pdf>. Acesso em: 5 jun. 2008.
TELES, Maria Luiza Silveira. Filosofia para Crianças e Adolescentes. Petrópolis:
Vozes, 1999.
VALLS, Álvaro L. M. O que É Ética. São Paulo: Brasiliense, 2005.
VITA, Luís Washington. Momentos Decisivos do Pensamento Filosófico. São
Paulo: Melhoramentos, 1964.
WEISCHEDEL, Wilhelm. Platão ou o amor filosófico. In: _____. A Escada dos
Fundos da Filosofia. São Paulo: Angra, 2006.
333

Índice de aulas


[[Categoria:Licenciatura em Ciências Sociais|]]