Licenciatura em Esperanto

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Bem-Vindo ao Curso de Licenciatura em Esperanto!
Mantido pelo Instituto de Letras

O Curso de Licenciatura em Letras com Habilitação em Esperanto é uma dívida histórica do Brasil para com a proposta plenamente bem-sucedida por Lazaro Ludoviko Zamenhof para a solução democrática e pacífica das barreiras de comunicação entre os povos falantes de línguas distintas. Nossa dívida histórica se deve ao fato de que o Esperanto chegou ao Brasil nos primeiros momentos de divulgação da língua, lançada em 1887. O "Pai Nosso" em Esperanto já aparecia em 12 de abril de 1898. Nomes como Medeiros de Albuquerque e Guimarães Rosa exemplificam a adesão intelectual ao Esperanto. No entanto, passado um século de uso do Esperanto, até hoje a comunidade esperantista não introduziu a língua planejada como licenciatura ou como bacharelado em Letras no Brasil. Tal fato se deve ao espontaneísmo dos esperantistas, muitas vezes satisfeitos com a prática da comunicação com estrangeiros, hoje facilitada enormemente pela Internet. No entanto, é preciso reagir ao espontaneísmo e adequar o ensino do Esperanto às exigências da lei, particularmente da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, oriunda do texto da Constituição Federal de 1988. Assim, utilizaremos como espaço de reflexão a "Vikiverstitato", cientes de que a experiência virtual efetivará a superação de nossa dívida histórica com quantos dedicaram a própria vida para a construção de um mundo de paz e fraternidade mediante uma língua capaz de reintegrar a diáspora de Babel.


Pré-requisitos[editar | editar código-fonte]

Plano Curricular[editar | editar código-fonte]

Primeiro semestre[editar | editar código-fonte]

  • Introdução à Linguística
  • Fonologia do Esperanto
  • Teoria da Literatura I
  • Filosofia e Linguagem
  • Esperanto I: Língua e Cultura

Segundo semestre[editar | editar código-fonte]

  • Língua Esperanto: Vocábulo
  • Leitura e Produção de Textos Acadêmicos
  • Teoria da Literatura II
  • Educação e Ensino das Línguas
  • Esperanto II: Língua e Cultura
  • Disciplina Optativa

Terceiro semestre[editar | editar código-fonte]

  • Língua Esperanto: Frase
  • Literatura Traduzida I
  • Literatura Original I (século XIX)
  • Esperanto III: Língua e Cultura
  • Fonética e Fonologia da Língua Esperanto
  • Disciplina Optativa

Quarto semestre[editar | editar código-fonte]

  • Língua Esperanto: Texto e Discurso
  • Literatura Traduzida II
  • Literatura Original II (século XX - 1901-1945)
  • Esperanto IV: Língua e Cultura
  • Interlinguística I: Língua e Cultura
  • Disciplina Optativa


Quinto semestre[editar | editar código-fonte]

  • Linguística: Formalismo
  • Literatura Traduzida III
  • Literatura Original III (1945-1980)
  • Esperanto V: Língua e Cultura
  • Interlinguística II
  • Disciplina Optativa


Sexto semestre[editar | editar código-fonte]

  • Compreensão e Análise de Textos em Língua Esperanto
  • Linguística: Funcionalismo
  • Legislação Educacional
  • Literatura Original IV (contemporânea)
  • Oficina de Produção Textual em Língua Esperanto I
  • Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem na Adolescência
  • Disciplina Optativa

Sétimo semestre[editar | editar código-fonte]

  • Estágio em Ensino de Esperanto I
  • Oficina de Produção Textual em Língua Esperanto II
  • Morfossintaxe da Língua Esperanto
  • Literaturas Africanas em Língua Espernato
  • Disciplina Optativa

Disciplinas Optativas[editar | editar código-fonte]

  • História do Esperanto I
  • História do Esperanto II
  • Tópicos de Língua Esperanto
  • Tópicos de Literatura em Língua Esperanto
  • Tópicos de Esperantologia
  • Produção Oral em Língua Esperanto
  • Semântica da Língua Esperanto
  • Filologia Românica I
  • Filologia Românica II
  • Sociolinguística
  • Psicolingüística
  • Análise do Discurso 04
  • Semiótica Discursiva
  • Pragmática
  • Tópicos em Variação Fonológica
  • Tópicos em Variação Morfossintática
  • Tópicos em Linguística Cognitiva
  • Tópicos em Aquisição da Linguagem
  • Gêneros Textuais e Ensino
  • Estilística do Esperanto
  • Tópicos em Gramática Normativa do Esperanto (Fundamento)
  • Sintaxe Gerativa Aplicada ao Esperanto
  • Tópicos em Morfossintaxe
  • Tópicos de Morfologia
  • Tópicos de História da Língua Esperanto
  • Tópicos em Gramática Funcional
  • Tópicos sobre Gramaticalização
  • Tópicos sobre o Ensino de Gramática
  • Tópicos de Português Língua Estrangeira
  • Tópicos de Lexicologia
  • Tópicos de História do Esperanto no Brasil
  • Tópicos de História Regional do Esperanto
  • Literatura Infantil Universal
  • Literatura Infantil no Esperanto
  • Tópicos de Literatura Brasileira
  • Literatura Regionalista
  • Literatura Popular em Verso
  • Cultura Portuguesa
  • Tópicos de Literatura Portuguesa
  • Tópicos de Literatura Africana de Língua Portuguesa
  • Fundamentos de história e cultura afro-brasileira
  • Laboratório de criação literária em Esperanto
  • Tópicos Especiais de Teoria da Literatura
  • Teoria do Verso
  • Fundamentos da Literatura Comparada
  • Introdução à Filosofia da Arte
  • Leituras do Cânone Ocidental Traduzido em Esperanto