Mapeamento REA (Brazil Program)/Recursos bibliográficos

Da wiki Wikiversidade
Ir para: navegação, pesquisa

Universo Wikimedia[editar | editar código-fonte]

GLAMs[editar | editar código-fonte]

Galerias, Bibliotecas, Arquivos e Museus, na sigla em inglês. Não se tratam, especificamente, de iniciativas ou instituições de REA, mas estão nas intersecções do tema.

Recursos selecionados
Outras informações

Licenças restritivas[editar | editar código-fonte]

  • FREE SOFTWARE FOUNDATION. Várias licenças e comentários sobre elas. Boston (M. A.): 2001. Disponível em: <https://www.gnu.org/licenses/license-list.pt-br.html>. Acesso em: 05 mar. 2014. [Cópia arquivada no WebCite].
    • Documento (original de 1999 atualizado em 2001, ou seja, às vésperas da criação da primeira Wikipédia) da mais tradicional entidade a definir critérios sobre o que é livre ou não-livre. O foco deles, obviamente, é o software, mas a partir deles que brotam todas as demais discussões.
  • CREATIVE COMMONS. Understanding Free Cultural Works. Mountain View, (C. A.): [201-]. Disponível em: <https://creativecommons.org/freeworks>. Acesso em: 05 mar. 2014. [Cópia arquivada no WebCite].
    • Página informativa da própria Creative Commons, esclarecendo quais de suas licenças são consideradas livres, quais não são, e respectivos motivos. Faz várias referências ao texto desenvolvido em freedomdefined:, descrito na seção Licenças nos projetos Wikimedia, abaixo.
  • VOLLMER, Timothy. Next steps: NonCommercial and NoDerivatives discussion. Commons News. Mountain View (C. A.), 17 dez. 2012. Disponível em: <http://creativecommons.org/weblog/entry/35773>. Acesso em: 05 mar. 2014. [Cópia arquivada no WebCite].
    • Postagem no blog da Creative Commons durante a discussão da entidade deixar de oferecer as variantes não-livres de suas licenças.
  • GRAF, Klaus; THATCHER, Sanford. Is CC BY the best Open Access license? Journal Of Librarianship And Scholarly Communication, Oregon, v. 1, n. 1, 15 maio 2012. Disponível em: <http://jlsc-pub.org/cgi/viewcontent.cgi?article=1043&context=jlsc>. Acesso em: 05 mar. 2014. [Cópia arquivada no WebCite].
    • Artigo que levanta questões de licenças livres ou não-livres serem adotadas em publicações científicas de acesso aberto.
      • Curiosidade 1: a porção do texto que defende o licenciamento em licenças livres foi publicada em uma, Creative Commons Attribution 3.0 Unported. A porção que defende o outro ponto de vista foi publicada em uma licença não-livre, Creative Commons Attribution 3.0 Unported.
      • Curiosidade 2: Klaus Graf é profissionalmente arquivista e voluntariamente um wikimediano. O wiki em que mais contribui é o Wikisource em alemão, sob o nick Historiograf.

Outros mapeamentos[editar | editar código-fonte]