Novas Tecnologias de Internet/Can

Fonte: Wikiversidade

Uma rede com endereçamento por conteúdo faz a previsão dos nós em um espaço Cartesiano de várias dimensões. Sendo assim a divisão do espaço de coordenadas é feita entre os nós da rede, onde cada nó possui uma região de responsabilidade.

Aplicando funções hash na chave de identificação é gerada como saída de ordenadas, que são desta forma representada por um ponto no espaço dimensional, sendo o mesmo nó responsável tanto pelo armazenamento desta chave quanto pelo o ponto encontrado. Cada nó possui, dessa forma, conhecimento exclusivo de 2.d nós, seus vizinhos superiores e inferiores em cada uma das dimensões.


Execução de Buscas[editar | editar código-fonte]

A arquitetura CAN suporta apenas um única operação de busca, sendo baseada na chave de identificação única do recurso desejado. Para realizar a busca por um recurso na rede, um nó deve aplicar d funções hash à chave de identificação do recurso buscado, descobrindo assim as d ordenadas que indicam o “posicionamento” do recurso na rede. Após essa definição, inicia um processo de encaminhamento sucessivo da busca para um de seus nós vizinhos, em direção àquele com região de responsabilidade mais próxima ao ponto desejado. Este processo é repetido até o alcance do nó que possui o ponto associado à chave de identificação do recurso dentro de sua região de responsabilidade. Este algoritmo de busca alcança ordem de onde D é o número de dimensões e N o número de nós da rede.


Writing.png Esta página é somente um esboço. Ampliando-a você ajudará a melhorar a Wikiversidade.