Pesquisa:Experimentação e modelagem de campanhas de mobilização em saúde/INC/Sobre o INC

Da wiki Wikiversidade
Ir para: navegação, pesquisa

Projetos de pesquisa do INC Tendo em conta a ordem de trabalhos estabelecida na reunião de 22 de Outubro, demos inicio ao levantamento de dados acerca dos projetos desenvolvidos pelos diversos departamentos do Instituto Nacional de Cardiologia (INC). A proposta inicial seria, caso possível, anexar o convite a pesquisas já existentes na instituição, sobre temas de saúde, o que nos possibilitaria encontrar o potenciais participantes em condição sensibilizada e mais favorável a considerar a oportunidade de participação, além de permitir basearmo-nos, sem muitos recursos, em amostragens amplas e rigorosas, portanto custosas.

Tendo em conta os objetivos definidos no projeto, direcionamos a nossa pesquisa no sentido de identificar na nossa instituição um projeto de pesquisa que atendesse as seguintes critérios:

  • Amostra de base-populacional, representativa da população do entorno da instituição;
  • Existência de algum canal de comunicação ativo com os participantes (Reuniões periódicas; Fóruns na internet; Base de dados de telefones, Endereços e email atualizada; etc.);
  • Pesquisador responsável pelo projeto demonstrar interesse e disponibilidade para a cooperação.

A coleta da informação acerca dos projetos realizados no seio da instituição constituiu um processo dinâmico. Partimos do conhecimento prévio e informal sobre alguns projetos para explorar o campo. Entrevistamos pesquisadores que nos falaram dos seus projetos e indicaram outros projetos relevantes da instituição. Fomos repetindo este processo até atingir a saturação (até as informações se tornarem redundantes). Este processo foi complementado pela consulta das plataformas de comunicação do Instituto (Site, página no Facebook e Twitter).

Grupo Projeto Descrição Viabilidade
Departamento de Saúde Comunitária PREFERE (Programa de Prevenção à Febre Reumática) Este projeto teve com objetivo a criação de uma rede de divulgação sobre a doença a partir da disseminação de informações à comunidade escolar, envolvendo alunos, professores, pais e funcionários. Entre 2003-2005 foi conduzido um estudo piloto em escolas públicas de Niterói. Paralelamente eram desenvolvidas atividades com os pacientes do ambulatório. Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.
Departamento de Saúde Comunitária Projeto sobre obesidade Realizado na Escola Municipal Albert Schweitzer As crianças da Escola Municipal Albert Schweitzer foram avaliadas no âmbito de um projeto sobre obesidade. As que tiveram indicação de acompanhamento foram encaminhadas para o Posto de Saúde da Rua Silveira Martins no Flamengo. Não houve acompanhamento posterior Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.
Grupo da Hipertensão Hipertensão Resistente Grupo de pacientes com hipertensão resistente(cerca de 306 indivíduos). Reuniões bimensais. Participantes facilmente mobilizáveis. Este grupo também realiza iniciativas pontuais junto a população local, no entanto o grupo não é definido. Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.
Miocárdiopatia ---------- Segundo as informações coletadas este grupo não conduz nenhum projeto ou pesquisa com a população do entorno. Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.
Cardiopediatria ---------- Projetos existentes são destinados aos utilizadores e a suas famílias (produção de material didático; reuniões semanais). Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.
Reabilitação Cardíaca ---------- Segundo as informações coletadas este grupo não conduz nenhum projeto ou pesquisa com a população do entorno. Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.
Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde EuroQol Brasil Projeto conduzido em todo o Rio de Janeiro. Amostra não é representativa da população do entorno na instituição. Amostra não obedece aos requisitos pré-estabelecidos.


Até ao momento, nenhum dos projetos identificados reúne as características necessárias para servir como pesquisa hospedeira ao nosso experimento. Por conseguinte, optamos por explorar outros canais de interação entre o hospital e a comunidade, avaliando a viabilidade de obtenção de uma amostra com as características necessárias ao cumprimento dos objetivos estabelecidos no projeto. Antevemos que esta fase de trabalhos será mais complexa do que o inicialmente previsto, pois teremos de delinear, de raiz, uma estratégia de amostragem que assegure o cumprimento dos objetivos do projeto. Temos um contacto privilegiado com a comunidade católica local, e existe a possibilidade de coordenarmos esforços com as Pastorais de Saúde das paróquias situadas nas imediações do instituto a fim de mobilizar potenciais participantes. Estamos conscientes que este grupo, por princípio, não será representativo da população alvo. Por isso, consideramos estender o convite à participação aos contatos sociais do individuo, instruindo-o a entregar os convites à pessoa de seu convívio que tenha o maior interesse no assunto. Discutiremos também a possibilidade de recorrer a outras estratégias e instituições locais que possam facilitar o nosso contacto com os habitantes da região.