Portal:Geografia/Licenciatura em Geografia/Licenciatura PUCSP/Língua Portuguesa

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Yellow-bg.svg
HSBook.svg
Ementa

Bem vindo ao curso Língua Portuguesa

Objetivo
Estudo teórico-prático da língua portuguesa em situações que respondem pela aquisição e formação das competências de leitura e de produção textual, sob um enfoque interdisciplinar, com o intuito de proporcionar uma articulação entre os conhecimentos de língua materna e aqueles relativos a temas e textos específicos de interesse na área da Geografia.

  • Propiciar ao aluno do curso de Geografia condições para desenvolver habilidades de leitura e escrita de gêneros textuais produzidos em contexto acadêmico.

Temas centrais

  • Linguagem científica e linguagem comum;
  • Leitura de textos acadêmicos para produção de resumo e resenha:
    • Identificação de aspectos organizacionais do texto;
    • Levantamento de idéias principais do texto: foco na paragrafação;
    • Construção do sentido mais global do texto: a coerência textual;
    • Coesão Textual;
    • Produção de comentários;
    • Citações.
  • Redação do texto acadêmico:
  • Planejamento da escrita: constituição de tópicos; seleção de idéias;
  • Expressão de pontos de vista de autores e posicionamento crítico;
    • Articulação entre seqüências narrativas, descritivas e argumentativas.
    • Argumentação, conectores de articulação lógica e coerência
  • Adequação gramatical

Nível do curso
Superior

Pré-requisito
Geografia de Ensino Básico (completo)
Geografia de Ensino Intermediário (completo)

Bibliografia
BECHARA,E.Moderna gramática portuguesa. Rio de Janeiro; Lucerna,1999.
GARCIA,O.M. Comunicação em prosa moderna .São Paulo: FGV, 2006.
KOCH, I.G.V. A Coesão Textual. São Paulo: Contexto, 2002.
KOCH, I.G.V.& TRAVAGLIA, L.C. A coerência textual. São Paulo,2004
MACHADO,A.R. et all. Resumo. São Paulo:Parábola,2004
_________________. Resenha.São Paulo;Parábola,2004.
POSSENTI, S. Sobre linguagem cientifica e linguagem comum. In: Os limites do discurso. Curitiba: Criar Edições, 2002.