Práticas Corporais 2014/Aula 2

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dia mundial da prática de Tai Chi Chuan e Qigong, realizado em 2005 na cidade de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.

I.Tema e Objetivo da Aula[editar | editar código-fonte]

A aula teve como tema a introdução das práticas alternativas e integrativas com o objetivo de apresentar o contexto em que o corpo e mente se inserem nestas atividades físicas.


II.Materiais e Espaços Utilizados[editar | editar código-fonte]

A aula se deu na sala de ginástica do Clube Saldanha onde o professor utilizou o som para apresentar o Lian Gong, uma das artes corporais chinesas. E uma uva passa para a vivência de uma técnica de meditação, a Mindfulness.Também fora utilizado um gongo para a automassagem e a meditação.

O som de "OM" produzido pelo gongo cria um silêncio interior total criando uma sensação de levitação e leveza.

Meditação com Gongo[editar | editar código-fonte]

O gongo é um instrumento poderoso que tem sido utilizado há séculos nas tradições espirituais do oriente, pois é um instrumento poderoso para cura que funciona em todos os níveis- físico, mental, emocional e espiritual. O "OM que o gongo emite pode trazer muitos benefícios, como liberação de stress, tensões acumuladas, relaxamento profundo, melhora do bem-estar, abre e limpa os chakras (centros energéticos), transformação pessoal, integração de intenção e desperta a intuição.

III.Método didático[editar | editar código-fonte]

A aula se iniciou com a prática da Auto massagem matinal Zu Yensu, enquanto o professor ditava os movimentos a serem realizados pelos alunos e explicava sobre a técnica utilizada.Logo depois o professor fez junto dos alunos uma sequência de yoga e durante os últimos exercícios os realizou de forma unilateral com o intuito de mostrar as diferentes sensações do lado que fora efetuado o exercício e do que não fora. Depois com o auxílio do aparelho de som apresentou uma sequência de uma ginástica chinesa, o Lian Gong. E por fim com todos os alunos sentados o professor aplicou a técnica de meditação Mindfulness com o auxílio de uma uva passa.

VI.Registros de Multimídia[editar | editar código-fonte]

Meditação 7 Minutos com Gongos

Automassagem[editar | editar código-fonte]

Automassagem Zu Yensu

Automassagem matinal chinesa

Lian Gong[editar | editar código-fonte]

Lian Gong Anterior

Meditação[editar | editar código-fonte]

Mindfulness

ou

Mindfulness

V.Descrição das Atividades[editar | editar código-fonte]

Automassagem Zu Yensu[editar | editar código-fonte]

Alunos de graduação da UNIFESP em vivência de Automassagem.

Para a prática da automassagem o professor pediu que os alunos se deitassem e soou o gongo. Após alguns segundos iniciou a conduzir a partir da fala os movimentos que os alunos deveriam realizar para se massagear. Todos os movimentos deveriam ser realizados 9 vezes e as fricções deveriam ser enérgicas o suficiente para aquecer aquela parte a ser massageada. A sequência utilizada pelo professor é muito parecida com a que se encontra em vídeo na seção Multimídia com o mesmo título deste tópico.

Yoga[editar | editar código-fonte]

Yogin com seis chakras , Índia, Punjab Hills, Kangra , final de 1700 Museu Nacional

Nesta prática o professor se posicionou a frente dos alunos de costas e executou-a junto dos mesmos. Sendo uma sequência simples em que se mantinha cada posição por 30 segundos, teve como diferencial os seus exercícios finais onde o professor instruiu os alunos a efetuar uma série de movimentos de forma unilateral e que depois sentissem a diferença da sensação em cada um dos lados. Fora executada a seguinte sequência:

  1. Sentados de pernas cruzadas tipo índio:
    1. Apoiar uma das mãos ao lado do quadril e flexionar o tronco lateralmente levando um dos braços. Depois repetir operação para o outro lado.
    2. Realizar uma torção do tronco no próprio eixo tentando olhar para trás.
    3. Realizar uma flexão do tórax tentando encostar o peitoral nas pernas.
  2. Ajoelhados flexionar o tronco encostando o peitoral nos joelhos e tentando manter o glúteo sobre os calcanhares.
  3. Estender as pernas levantando o glúteo em direção ao teto tentando manter os calcanhares no chão, parecendo um "V" invertido.

Deitados de decúbito dorsal:

  1. Abraçar os joelhos tentando encostar os joelhos no peitoral.
  2. Colocar um pé sobre o outro joelho e puxar em direção ao peito a perna que está servindo de apoio.*
  3. Virar de lado colocar a perna que está voltada para cima para frente estendida ou dobrada (formando um "L" ou um gancho), e torcer o tronco olhando para o lado oposto.*

OBS.: Os exercícios marcados com " * " devem ser realizados somente com uma perna de cada vez para se perceber a diferença de sensação de antes e depois dos mesmos.

Lian Gong[editar | editar código-fonte]

Exercício de Qigong para dor nas pernas e lombar

Para esta prática o professor pediu para os alunos ficassem de pé e colocou no som as instruções do liangong anterior, realizando toda a sequencia duas vezes. O áudio que foi utilizado encontrasse disponível no tópico de multimídias utilizadas.

Um homem santo em meditação perto Mahabodhi Temple, Bodh Gaya , na Índia.

Meditação Mindfullness[editar | editar código-fonte]

Para a prática da meditação, o professor pediu para os alunos sentassem de costas apoiadas na parede, olhos fechados e pernas cruzadas para maior conforto já que a dinâmica levaria cerca de dez minutos. passou de aluno por aluno, depositando na mão de cada um, um objeto instruindo q não se deveria mexer no objeto de forma alguma sem que ele mandasse. Soou o bongo e começou a instruir a meditação na seguinte ordem:

  • Apaopar o objeto apenas com a palma da mão em que foi depositado;
  • Apopar usando os dedos da mão que foi depositado, mas sem pressionar o objeto;
  • Fricsionar o objeto entre os dedos;
  • Passar o objeto pelo rosto;
  • Cheirar o objeto;
  • Passar o objeto pelos lábios;
  • Segurar o objeto entre os lábios;
  • colocar o objeto em sima da língua com a boca fechada sem efetuar demais movimentos nem engolir a saliva;
  • Engolir a saliva e mastigar o objeto.

Apos esse processo os alunos puderam abrir os olhos, pondo fim à meditação.O professor Vinicius Terra então perguntou á turma q objeto era este, notou-se q parte da turma sabia qual era o objeto e parte não. a partir disto, pode-se haver uma reflecção quanto ao carater da meditação.

VI.Fichamento de Textos[editar | editar código-fonte]

VII.Conclusões[editar | editar código-fonte]

Esta aula teve foi de grande ajuda pois apresentou de uma maneira geral e rápida um pouco das práticas que iremos realizar no decorrer do semestre fazendo com que os alunos que não soubessem do que se tratava a matéria pudessem vivenciá-la e se interessar pela mesma.

VIII.Pesquisas Bibliográficas e Hiperlinks[editar | editar código-fonte]

Meditação com gongos. Disponível em <http://www.cosmicgong.com/actividades/gong-bath/>.Acessado em: 04 de Dezembro de 2014.

Avaliação do Professor do Caderno Colaborativo Aula 2[editar | editar código-fonte]

NOTA 5,0

A avaliação do caderno será feita conforme os seguintes critérios e valores:

1) realizar a leitura obrigatória de modo aprofundado (0,0)

2) apresentar a leitura no começo da aula conforme roteiro de orientação enviado (0,0)

3) apresentar perguntas sobre a leitura para a turma (0,0)

4) registrar sua leitura/apresentação/perguntas na plataforma colaborativa wikiversidade (1,0)

5) registrar a aula daquele dia (relatório multimídia) (1,0)

6) publicar a aula daquele dia na plataforma colaborativa wikiversidade em forma de texto + imagens e inserir links para publicações de slides, áudio e vídeo em sites de compartilhamento (como youtube) (2,0)

7) revisar a aula publicada pelo grupo anterior ao seu e fazer comentários (0,0)

8) cumprir o prazo de uma semana para realizar todas as etapas, ou seja, publicar tudo até a aula seguinte (1,0)