Recursos educacionais abertos no Brasil: o campo, os recursos e sua apropriação em sala de aula

Da wiki Wikiversidade
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é a página da pesquisa sobre Recursos Educacionais Abertos (REA) no Brasil promovida pela Ação Educativa e a Wikimedia Foundation. Aqui reuniremos diversas informações referentes à pesquisa e compartilharemos seu andamento e seus resultados. Sintam-se mais do que convidados a comentar e a colaborar com os artigos publicados nesse espaço!

Descrição[editar | editar código-fonte]

Esta pesquisa é parte do projeto “Educação e acesso ao conhecimento no Brasil: catalisando as comunidades e projetos Wikimedia por meio da colaboração ativa e autônoma e do compartilhamento”, realizado pela Ação Educativa e apoiado pela Wikimedia Foundation por meio de seu sistema de grants.

Ela tem por objetivo identificar os principais atores do campo dos REA, assim como oportunidades e obstáculos para o uso e a apropriação de recursos educacionais abertos em língua portuguesa no Brasil pelas comunidades Wikimedia e educacional.

A pesquisa acontecerá em duas etapas: a primeira apresentará os principais atores do campo no Brasil - suas visões, controvérsias e disputas -, produção acadêmica sobre o tema e os mapeamentos de REA já realizados. A segunda fase contemplará a atualização dos bancos de dados de mapeamentos já existentes com os possíveis novos projetos encontrados. Ela também inclui uma análise de aplicabilidade e adaptabilidade do material de acordo com critérios estabelecidos na fase inicial do trabalho, contemplando, entre outros aspectos, as possibilidades de uso e adaptação nos projetos Wikimedia, bem como nas redes pública e privada de ensino.

Objetivos[editar | editar código-fonte]

Fase 1: Mapeamento do campo e levantamento de REA e mapeamentos já existentes

  • Identificar os principais atores no campo dos REA no Brasil, suas visões, controvérsias, disputas e pontos de convergência;
  • Apresentar a produção acadêmica sobre o tema no país, assim como mapeamentos já existentes;
  • Levantar conceitos relacionados aos REA e discussões em torno deles, buscando explorar suas implicações para o acesso ao conhecimento;
  • Desenvolver uma análise conjuntural de forças de governo, mercado e sociedade civil no que diz respeito aos REA e
  • Sugerir caminhos para o fortalecimento da agenda e das políticas de promoção dos REA.

Proposta de Plano de Trabalho - Fase 1[editar | editar código-fonte]

A. Mapeamento de Campo

I - Identificar agentes/instituições relevantes no campo dos REA (e dos recursos educacionais digitais de modo geral) no Brasil. Buscar representantes do mercado (editorial e outros, como software, jogos, etc.), instituições públicas (universidades, etc.), governo, iniciativas individuais, organizações não governamentais, fundações e institutos empresariais que atuam em parceria com o poder público, movimentos sociais, sindicatos, etc.

II - Colaborar com o desenvolvimento de uma metodologia de coleta e análise de dados para pesquisa qualitativa (possíveis fontes: entrevistas e documentos públicos).

  • Desenvolver questionário.
  • Desenvolver modelo de pedido de informação para obter dados específicos que não estejam publicados.
  • Atentar para as seguintes questões: Histórico e apresentação da iniciativa/instituição/indivíduo; Motivações e objetivos; Licenciamento; Políticas públicas; Institucionalidade: dos projetos vs. opiniões e valores sobre instituições educacionais formais (escola); Sustentabilidade (fonte de recursos); Divulgação / promoção / uso; Qualidade; Critérios para o desenvolvimento dos conteúdos.

III - Colaborar com a coleta de dados complementares sobre os diferentes atores (financeiros, histórico, etc.).

IV - Colaborar com a análise das entrevistas buscando:

  • Identificar pontos de conflito e convergência entre os atores diretamente relacionados aos REA;
  • Cruzar posicionamentos e valores dos diferentes campos analisados (mercado, governo, sociedade civil, etc.)

V. Realizar levantamento e revisão bibliográfica sobre REA no Brasil.

B. Mapeamento dos REA e dos mapeamentos já existentes

I - Desenvolver critérios para os REA a serem considerados tendo como base: padrões internacionais, Wikimedia, produções acadêmicas, opiniões de atores chave. Nota de Metodologia: consideramos a possibilidade de realizar debates/mesas redondas com os atores-chave na área para discutir os principais pontos de tensão na definição dos critérios como forma de promover a discussão e buscar consensos no campo.

II - Buscar REA feitos no Brasil a partir de:

  • Mapeamentos existentes;
  • Produções acadêmicas;
  • Contato com pessoas chave do campo (inclusive entrevistados no item A);
  • Sugestões da comunidade Wikimedia;
  • Materiais encontrados nos meios de comunicação, listas de emails, etc.

III - Classificar materiais encontrados segundo parâmetros previamente definidos como: licença, formato, público, criador, etc.

IV - Promover o encaminhamento de materiais não mapeados para os responsáveis pelos mapeamentos identificados na pesquisa.

V - Colaborar com o desenvolvimento de propostas para o fortalecimento de políticas públicas em parceria com atores chave no campo dos REA nacionais e internacionais.

VI - Colaborar com o desenvolvimento do relatório parcial e a divulgação do andamento da pesquisa através dos canais Wikimedia.

Proposta de Plano de Trabalho - Fase 2[editar | editar código-fonte]

Em desenvolvimento, pois depende muito dos resultados obtidos na Fase 1.

Algumas notas de metodologia[editar | editar código-fonte]

Em breve publicaremos informações mais detalhadas sobre a metodologia. Por enquanto, compartilhamos algumas ideias iniciais pensadas para as duas fases da pesquisa.

Fase 1

A. Mapeamento do campo

  • Entrevistas
  • Pedidos de informação
  • Análise de materiais publicados na Internet por parte dos atores
  • Revisão bibliográfica

B. Mapeamento dos REA e dos mapeamentos já existentes

  • Busca de REA via páginas de busca e repositórios de objetos educacionais
  • Levantamento de novos mapeamentos e iniciativas a partir do contato com redes virtuais ou não
  • Filtro de REA segundo critérios pré-definidos
  • Análise de padrões internacionais, Wikimedia, produções acadêmicas, opiniões de atores chave sobre critérios para definição de REA
  • Mesas redondas de discussão sobre temas relacionados ao REA

Fase 2

A. Avaliação/análise dos materiais encontrados

  • Uso assistido de materiais
  • Realização de mesas redondas/dinâmicas participativas com educadores e educadoras para discutir uso/valor/apropriação de materiais selecionados

B. Desafios para a apropriação dos REA pela comunidade escolar

  • Questionários online
  • Estudo de caso de escolas públicas e privadas consideradas "modelo" no que diz respeito ao uso das tecnologias