Temperaturas Paulistanas/Planejamento/Pinheiros/Turma B

Da wiki Wikiversidade
Ir para: navegação, pesquisa

Grupo: Bárbara Gaspar, Brenda Zacharias, Giovanna Bronze e Thaís Monteiro.

Sobre Pinheiros[editar | editar código-fonte]

O distrito de Pinheiros reúne os bairros de Alto de Pinheiros, Itaim Bibi, Jardim Paulista e Pinheiros, somando uma área de 31,70 km². Segundo dados do IBGE (2010), a população total é de 289.743 pessoas e a densidade demográfica é de 9140 hab/km². Em 2010, registrou 2,39 pessoas por domicílio. De 2014 para 2015, foi registrado um aumento de menos de mil habitantes na grande área de Pinheiros - número pequeno em comparação com subprefeituras como Perus, cuja população aumentou aproximadamente 5000 habitantes durante o mesmo período. Ao observar o Mapa da vulnerabilidade social do distrito de Pinheiros, é possível notar que seus moradores possuem boa qualidade de vida. Em Pinheiros e no Jardim Paulista, há predomínio do grupo censitário com nenhuma privação, ou seja, representa a população mais rica, com alto nível de escolaridade, baixo número de crianças e adolescentes e mulheres com alta escolaridade. Na região total de Pinheiros, há o predomínio do grupo com privatização muito baixa, que apresenta as mesmas condições de renda e escolaridade elevadas, porém tem maior proporção de mulheres com menos escolaridade. Ademais, algumas pequenas áreas isoladas possuem baixa privação, o que configura uma região com condições socioeconômicas médias e um número maior de famílias idosas. Em 2010, a subprefeitura de Pinheiros apresentou o maior índice total de envelhecimento. A única exceção é uma pequena área próxima à Avenida Luiz Carlos Berrini, cujo índice de privatização é médio e possui maior número de habitantes adultos. Dos 121.000 domicílios presentes na sua grande área, 37.000 (sua maior parte) têm rendimento mensal de mais de 20 salários mínimos.

A partir dos indicadores citados acima, é possível compreender porque não existe nenhum restaurante da rede Bom Prato nessa subprefeitura entre os anos de 2004 a 2015. Em contrapartida, há duas unidades de Proteção Social Especial de Alta Complexidade para Idosos em 2015. Em comparação com as outras subprefeituras, Pinheiros registra um número pequeno de pessoas na rua: 215 (segundo pesquisa de março de 2015). É a região que concentra o maior número de galerias de arte (116, sendo 53 delas só na área do Jardim Paulista) e a terceira com mais museus (13, no total).

Entrevista preliminar com moradores do distrito[editar | editar código-fonte]

A partir de conversas com seis moradores do distrito de Pinheiros na faixa de 28 a 33 anos, pudemos inferir que os entrevistados mantém uma boa relação com o distrito em que vivem. Todos frequentam bares, restaurantes e os shoppings na região e, quando questionados sobre os problemas do bairro, partilham das mesmas poucas queixas. A mais frequente foi a iluminação falha em detrimento das sombras produzidas pelas grandes árvores sem podar ou pelos temporais que cortam a energia e, muitas vezes, provocam quedas das mesmas árvores, o que acarreta outras complicações como o trânsito e danifica as calçadas. O trânsito, por sua vez, é uma preocupação de somente um dos entrevistados (uma jovem de 20 anos). Parte deles usa transporte público para se deslocar ao trabalho, já que veem na faixa de ônibus e nas estações da linha amarela do metrô boas oportunidades de se locomover mais rapidamente, embora critiquem a demora na finalização das obras do segundo. Ainda assim, todos possuem carro pessoal. Em relação a melhora ou piora do distrito ao longo dos anos em que os moradores o habitaram, há contradições. Dois entrevistados pensam que o distrito piorou, pois clamam ouvir de vários assaltos a prédios nobres e estabelecimentos abandonados. Outros elogiam a evolução da região na segurança, comércio, transporte, campanhas de coleta seletiva e conscientização e ofertas culturais. Mesmo assim, todos afirmam se sentir seguros, até Ana Luiza Oliveira de Castro, de 28 anos, que teve seu carro furtado duas vezes, tanto na rua quanto em um estacionamento.

Questionário[editar | editar código-fonte]

Locais de aplicação:[editar | editar código-fonte]

Rua Joaquim Antunes

Avenida Brigadeiro Faria Lima

Rua dos Pinheiros

Rua Artur de Azevedo

Rua Fradique Coutinho

Rua Teodoro Sampaio

Praça Benedito Calixto

Temas a serem abordados:[editar | editar código-fonte]

Como vê o bairro/distrito em que vive:

Iluminação;

Segurança;

Sistema de Esgoto;

Coleta de lixo/seletiva;

Trânsito: de carros, pessoas, bicicletas;

Transporte público;

Vegetação;

Comércio;

Espaços Culturais;

Onde frequenta;

Onde mora melhorou ou piorou na última gestão;

Quem elegeu;

O candidato cumpriu as promessas;

O que é mais importante para o entrevistado no bairro;

Problemas que acham que devem ser resolvido pelo prefeito;

Como se inclui na cena política;

Grupo[editar | editar código-fonte]

Bárbara Gaspar, Brenda Zacharias, Giovanna Bronze e Thaís Monteiro.

Divisão das responsabilidades[editar | editar código-fonte]

Administração/atualização da página: Bárbara Gaspar

Aplicação do questionário: todas as integrantes. Dias de semana: Bárbara e Thaís. Fim de semana: Brenda e Giovanna.

Organização dos dados: Brenda Zacharias

Entrevistas: todas as integrantes, divididas em duplas

Fotografia: Giovanna Bronze

Vídeo: Thaís Monteiro

Áudio: Bárbara Gaspar

Reportagem final: todas as integrantes

Objetivos[editar | editar código-fonte]

Pinheiros, apesar de ser um dos distritos com o índice de IDH mais alto da cidade de São Paulo, ainda enfrenta algumas dificuldades que perturba seus moradores.

O descuido com as áreas de lazer, tais como a Praça do Pôr do Sol, inquietou os residentes de Pinheiros quase tanto quanto a nova lei de zoneamento, contra a qual se mobilizaram, tentando impedir que o bairro recebesse mais estabelecimentos comerciais, pois há diversos próximos o suficiente das áreas residenciais.

A segurança não é apontada como um dos principais problemas, mas a falta de iluminação em alguns pontos inspira a falta dela. Várias ruas são má iluminadas durante a noite, e moradores já relataram o corte de energia quando chove. O lixo também foi mencionado, e embora não ocorra em grande escala, há o acumulo dele nas ruas em diversas situações. Embora exista a opção de coleta seletiva, é apenas em alguns bairros.

A mobilidade também não é uma das maiores preocupações, mas existe dificuldades e possui a possibilidade de melhorar. Trânsito e demora, principalmente no transporte público, é um dos motivos de estresse diário dos moradores. Há também a divergência de opiniões neste tópico, considerando que vários moradores já protestaram contra os corredores de ônibus (sendo que a maioria dos residentes possuem veículos próprios), ciclovia e até uma escola que iria atrapalhar o fluxo de carros no bairro do Jardins, enquanto outros demonstram contentamento em relação aos meios disponíveis.

O questionário será formulado, então, com base nos problemas apresentados pelos moradores brevemente entrevistados, e terá como objetivo analisar o interesse nos projetos apresentados pelos candidatos à prefeitura, mostrando assim a participação política dos residentes do distrito, suas fundamentações e sua noção da situação política atual.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

CEM-CEBRAP e a Secretaria de Assistência Social. Mapa da Vulnerabilidade Social. Disponível em <http://www.fflch.usp.br/centrodametropole/584>

Infocidade. Disponível em <http://infocidade.prefeitura.sp.gov.br/index.php?cat=8&titulo=Educa%E7%E3o>

Questionário[editar | editar código-fonte]

- Bairro:

- Nome:

- Idade: [Até/Igual 19] [20-30] [31-40] [41-50] [51-60] [61<]

- Com qual gênero se identifica: [HOMEM] [MULHER] [OUTRO]

- Há quanto tempo mora no distrito/bairro: __________ DIAS/MESES/ANOS

- Tipo de domicílio: [CASA] [CASA EM CONDOMÍNIO] [APARTAMENTO] [CASA DE CÔMODOS, CORTIÇO] [DENTRO DO ESTABELECIMENTO] [ASILO, ORFANATO E SIM.] [HOTEL, PENSÃO, SIM.] [OUTRO]

- O domicílio é: [PRÓPRIO JÁ PAGO] [PRÓPRIO AINDA PAGANDO] [ALUGADO] [CEDIDO POR EMPREGADOR] [OUTRO]

- Você trabalha? [SIM] [NÃO]

Se SIM, em que bairro?

- Quais meios de transporte costuma usar? [A PÉ] [VEÍCULO PRÓPRIO] [CARONA] [ÔNIBUS] [ÔNIBUS FRETADO] [METRÔ] [TREM] [TÁXI, UBER, ETC.] [BICICLETA] [OUTRO]

- Por que usa esse tipo de transporte?

- Quanto tempo demora esse deslocamento?

IDA:_______________ VOLTA:_______________

- Como avalia os seguintes fatores/aspectos do seu bairro: [Notas de 1 a 10]

ACESSIBILIDADE (Asfalto, calçadas, corredores de ônibus, etc.):

ENERGIA:

LIXO:

SEGURANÇA:

EDUCAÇÃO:

SAÚDE:

INTERNET:

- Onde costuma ir nas horas de lazer? [tentar perguntar em que região fica. Se for em outro distrito/região, perguntar o porque preferir esse local do que os disponiveis no próprio bairro]

- É um bairro acessível? Por quê?

- O distrito supre as suas necessidades? Por quê?

- Conhece alguma organização voltada especificamente à qualidade de vida do bairro, como revitalização de praças e prédios? [SIM] [NÃO]

Se SIM, quais?

Se SIM, participa de alguma delas? Qual/Quais?

- Acredita que iniciativas do tipo são necessárias?

- Acredita que o bairro melhorou no período em que mudou-se para cá?

[MUITO] [REGULAR] [POUCO] [NADA]

- Quais mudanças acredita serem necessárias para melhorar os problemas do bairro?

- Essas mudanças deveriam ser uma iniciativa do poder público (Prefeitura, Governo do Estado, Governo Federal)?

- Está disponível para caso seja necessária mais uma entrevista?

NOME:_____________________________________________________

EMAIL:____________________________________________________

TELEFONE: (__)_______-_______ / CELULAR: (__)_______-_______

DIAS DA SEMANA DISPONÍVEIS:_________________________________

Resultados[editar | editar código-fonte]

NOME IDADE BAIRRO TEMPO (em anos) DOMICÍLIO TRABALHA EM QUE BAIRRO? DESLOCAMENTO POR QUÊ? TEMPO ACESSIB. SEGURANÇA INTERNET LIXO SAÚDE LAZER SUPRE NECESSIDADES? ORG? PARTICIPA? QUAIS? ACHA NECESSÁRIO? BAIRRO MELHOROU? QUAIS MUDANÇAS? INICIATIVA PÚBLICA OU PRIVADA? MANTÉM ATUALIZADO?
Vanessa 20-30 Pinheiros 8 Apartamento Não - Ônibus, metrô Rapidez - 6 0 2,5 6 3 Praça Não, não há emprego. Não - - Não Nada Escola, creche, saúde pública e brinquedos, pois a praça é sem graça. - Não
Elias 20-30 Pinheiros 2 Casa Sim Pinheiros Ônibus, metrô É o que tem 20 6 7 6 8 7 - Sim, tem um centrinho. Não - - Não Pouco Acessibilidade, transporte público. Governo. Pouco, pelo jornal da TV.
Victória Até 19 Itaim Bibi 1 Apartamento Sim Itaim Bibi A pé, ônibus Perto - 8 8 - 9 - Ibirapuera, MAC Sim, ela é modelo e veio do RS (não soube resp) Não - - Sim Pouco - - Internet (O Globo)
Vilma 41-50 Alto de Pinheiros 6 Apartamento Sim Alto de Pinheiros Ônibus Única alternativa 15 0 0 - 10 10 Vila - Lobos, Sorocaba Sim, não precisa se desloc. para nada. Não - - Sim Nada Não sabe, pois o bairro já é de pessoas de classe alta e ela fica mais em casa. Os dois. Internet (Facebook)
Michele 20-30 Pinheiros 0,4 Casa Sim Morumbi Ônibus, metrô, uber Mais prático 30 5 0 - 2 10 Cinema, teatro Sim, tem tudo próximo Não - - Sim, muito Nada Sagurança e iluminação (que é bem fraca) Governo, porque paga muitos impostos. Internet (Veja SP)
Rosana 41-50 Pinheiros 55 Casa Sim Pinheiros Ônibus Única alternativa, mais prático 40 0 10 - 7 5 Parque Villa Lobos, cinema, teatro, museu, Pinacoteca, shopping Sim, bairro rico Não - - Sim, muito Muito O espaço do largo: arborizar Governo. Lê a Folha de SP e assiste ao jornal
Fernando 31-40 Alto de Pinheiros 4 Apartamento Sim SA Ônibus, trem Mais rápido 40 10 0 0 10 10 Praça, SESC Sim, não soube dizer o motivo Não - - Sim Regular Segurança, mais investimento, inclusão da terceira idade Governo. Jornal, internet, SMS
Elena 61 < Pinheiros 15 Apartamento Sim Pinheiros A pé Facilidade 10 6 7 - 6 7 Centro - deslocamento é muito fácil Sim, porque tem muito comércio e fácil transporte (o que ela garante que não significa ter mobilidade) Não - - Difícil falar porque a área é muito comercial Não sabe dizer *Considerei nada Circulação pública, limpeza e mais áreas verdes Governo. TV, jornal, internet
Miyoko 61 < Alto de Pinheiros 80 Casa Não - Ônibus, metrô Facilidade 20 5 8 7 0 - - Sim, tem de tudo Não - - Sim Nada A parte do largo Governo. TV e jornal (Destak e Metro)
Elisa 31-40 Alto de Pinheiros 20 Casa Sim Alto de Pinheiros A pé Perto 10 0 5 - 10 10 Shopping, pela região mesmo Sim, tem tudo o que ela precisa Não - - Sim Muito (cresceu muito) Tiraria ciclofaixa, porque é desnecessária. Algumas pessoas usam, mas deveria ter sido implementada em bairros menos ricos Governo. Internet e jornal (Estadão)
Stefanie 20-30 Itaim Bibi 8 Apartamento Sim Vila Mariana/Paraíso Ônibus e metrô Menos tempo no trânsito e mais em conta 60 7 9 0 7 - Costuma ficar mais pelo bairro mesmo, vai no Parque do Povo, clube, shopping, bares. Sai do bairro por causa dos amigos Sim, porque não precisa sair do bairro para nada, tem tudo (desde alimentação ao lazer) Sim Não Não sabe o nome de nenhuma delas. Sim, são essenciais para o desenvolvimento de um bairro Pouco Algum jeito de escoar o trânsito. Melhorar os corredores de ônibus, que são ruins na Faria Lima. Melhorar energia, porque o bairro tem muitos apagões. Governo. Jornal
Juliana 31-40 Pinheiros 32 Apartamento Sim Bela Vista Metrô Rapidez, facilidade 15 9 8 5 8 - Bares, restaurantes em Pinheiros ou Jardins Sim, tem tudo perto (inclusive o namorado) Sim Não Moradores da rua Joaquim Antunes Não vê diferença Muito Acessibilidade, com a chegada do metrô. Porém o trânsito ainda tem que melhorar mais ainda Prefeitura, porque educação é tudo Internet (UOL)
Tadeu 20-30 Pinheiros 0,6 Apartamento Sim Vila Madalena A pé, Uber Proximidade 12 8 4 6 8 - Pinheiros (caminhar, bares, etc) Sim Não - - Não Regular (do que conhecia antes) Segurança (muita gente a pé que vai em baladas/restaurantes e mora por perto) Prefeitura Internet
Antônio 20-30 Pinheiros 0,6 Apartamento Sim Vila Madalena Bicicleta, Uber Proximidade 20 8 4 6 8 - Pinheiros (caminhar, bares, etc) Sim Não - - Não Regular (do que conhecia antes) Segurança Prefeitura Internet (não gosta de jornal, só os alternas)
Neide 51-60 Pinheiros 12 Apartamento Sim Pinheiros Ônibus, Táxi Prefere táxi pelo conforto 10 6 6 8 10 8 Pinheiros Sim Sim Não Largo da Batata, Benedito Calixto - Nada Calçadas Os dois Internet, Gazeta de Pinheiros
Martin Até/Igual 19 Pinheiros 18 Apartamento Sim Pinheiros A pé Proximidade 10 6 6 8 8 8 Largo da Batata, bares da região Sim, é fantástico ter tudo perto Sim Sim Associação da Vila Madalena (não lembrava o nome), A Batata precisa de nós Sim, muito Muito Limpeza, poluição visual, segurança melhoraram. Mas ainda precisa de mais segurança, melhorar calçadas e limpeza (mas acha que isso é consciência de cada um) Os dois, porém mais da parte das pessoas Internet, Grupos de Facebook, Coletivos, amigos. TV muito raramente, e qualquer coisa (desde Cultura até JN)
Beatriz 41-50 Pinheiros 5 Apartamento Sim Butantã Ônibus Se fosse de metrô, teria que pegar outro ônibus até o trabalho de qualquer jeito, então prefere ir direto no ônibus que passa perto de casa) 15 6 8 10 10 8 Cinema, parques, restaurantes da região Sim, dá pra fazer tudo a pé Sim Não Benedito Calixto Sim Nada Poluição (segundo ela, a rua Teodoro Sampaio é uma das mais poluídas de São Paulo) Os dois. A sociedade civil tem que pressionar para que algo aconteça Assina jornais (Folha e Estadão digitais)
Orlando 51-60 Pinheiros 1 Casa Sim Jardim Paulistano Carro próprio Prefere 60 6 8 8 8 8 Frequenta lugares fora do bairro Sim, tem tudo Não - - Sim Nada Limpeza Prefeitura Televisão (Bom dia SP), Internet
Carlos 20-30 Jd. Paulista 0,58 Apartamento Sim Vila Olímpia Bicicleta (3x), Táxi, Uber, Carro próprio Não gosta de ônibus, e metrô é muito rolê pra chegar onde trabalha (perto do JK Iguatemi) 25 6 10 10 10 10 Restaurantes, Teodoro Sampaio, Benedito Calixto, Anália Franco (família) Não, faltam parques (tudo é cemitério) Não - - Sim Nada Parques Para ele, tudo é mercado. O poder público deve suprir só com o básico (saúde, educação, etc), e o resto, corremos atrás. Se eu quero um parque, devo cobrar pra que um parque exista ou me mexer pra criar um (mesmo precisando do aval da Prefeitura). E outra, essa coisa de limpeza é a consciência de cada um. Calçada mesma coisa, porque eu sou meio que dono da calçada em frente a minha casa, já que pode mexer nela. É coisa de saber reclamar. Tipo quando um motorista de ônibus te corta no trânsito, não é xingando que resolve. É anotando o veículo, a hora, e ligando pra central pra relatar o problema. Temos que aprender a reclamar direito. [Fora o papo de que o mercado tem o poder sobre tudo e que os órgãos públicos não devem se meter em nada.] Flipboard (celular), Le Monde, BBC News, Jornal Nacional
Vera 51-60 Pinheiros 10 Apartamento Sim Pinheiros A pé (trabalha no mesmo prédio!!!) // Nos finais de semana, vai visitar a família em Rio Pequeno e usa carro ou ônibus Ônibus para Rio Pequeno demora muito - 6 6 6 10 8 Parquinho com a neta Não, tudo muito caro, então opta por ir para o Rio Pequeno e comprar lá Não - - - Regular Calçadas, segurança, preços Prefeitura TV (Cidade Alerta), Jornal
Carlos 51-60 Pinheiros 13 Apartamento Sim Pinheiros Carro - 15 8 8 2 8 6 Restaurantes na região Melhor bairro, supre todas as necessidades. Ultimamente, melhorou ainda mais com a revitalização Não - - Sim Muito Energia! Na rua deles cai muito Os dois Internet (Facebook), TV (Globonews, Bandnews, Foxnews)
Edna 51-60 Pinheiros 13 Apartamento Sim Pinheiros Carro - 15 8 8 2 8 6 Restaurantes na região Faltam supermercados Não - - Sim Muito Mais limpeza, reformas, e manutenção da energia Os dois Igual
Luis Felipe 31-40 Pinheiros 20 Apartamento Sim Osasco Carro - 32 9 10 6 8 - Paulista no domingo; Ibirapuera; restaurantes e bares no bairro Sim Sim Não Associação Joaquim Antonio - Muito - A sociedade tende a viver na base da utopia, de que existe o espaço público e que não tem nenhuma influência nesse espaço porque ele é cuidado pelo governo. Mas nos últimos tempos, a gente tem conquistado uma autonomia de decisão meio que na base da necessidade, porque nem tudo que é oferecido nos deixava satisfeitos. O ser humano se transforma nos tempos modernos pra cobrar e tomar as próprias iniciativas. Internet (Justificando, Diário do Centro do Mundo. Odeia Folha, Estadão, Veja)
Rute 61 < Pinheiros 38 Apartamento Sim Pinheiros A pé Proximidade (foi grossa) 10 8 10 10 8 10 Restaurantes, ou praia Tem tudo (ué, porque tem tudo - grossa de novo) Sim Sim ARMA (?) - Muito Ultimamente, chegaram muitos restaurantes, academias, metrô. Mas tem medo de virar uma Vila Madalena e voltar a zona. Poder público nunca vai fazer nada. Jornal impresso (Folha, Estadão), Veja, Época, Piauí, Globonews, RAI (Italiana)
Susana 51-60 Pinheiros 10 Apartamento Sim Liberdade Metrô, táxi Ônibus é muito ruim e ela trabalha na administração do metrô 15 6 6 8 8 8 Cinema, livrarias, bares na região Supre só para trabalhar (?) Sim Não Não lembra - Nada Luz (oscila muito), Policiamento, Iluminação Poder público com cobrança dos cidadãos Jornal impresso (Estadão, Gazeta de Pinheiros), Internet, Televisão (Jornal da Cultura)
Mateus 31-40 Pinheiros 32 Apartamento Não - A pé, metrô Não tem carro, e conforto / pros lugares que vai, é bem rápido - 8 8 10 10 8 Mahamadra (restaurante vegano), caminhar pelo bairro Sim, mas faltam parques e hospitais Sim Sim Casa Jaya Sim Muito Diminuir o fluxo de carros (poluição) Os dois Facebook, TV (Jornal da Cultura, Jornal Nacional)
Marcia 51-60 Pinheiros 7 Apartamento Não - A pé, ônibus Muito. Apesar de passarem muitos ônibus para todos os lugares, alguns deles demoram bastante, porque só tem uma linha (e são os que ela precisa) - 6 1 8 8 8 Pinheiros Sim, apesar de tudo ser muito caro Sim Não Não lembra Sim, mas considera algumas discussões bastante desnecessárias Nada Policiamento (às vezes aparecem três policiais que caminham pelo bairro, juntos e conversando), e a presença de agentes de trânsito (para pedestres que não conseguem atravessar e ciclistas, como sua filha, que são desrespeitados) Prefeitura Televisão (Record, Gazeta, qualquer coisa menos Globo), e Gazeta de Pinheiros
Mariana 20-30 Pinheiros 3 Apartamento Sim Bela Vista Ônibus Proximidade 40 8 10 6 8 6 Andar por Pinheiros Sim Não - - Sim Nada Eventos esportivos pra movimentar (ela gosta de correr) Os dois Internet (Facebook)
Amanda 20-30 Pinheiros 0,75 Apartamento Sim Jd. Paulista Ônibus Proximidade 40 6 10 6 10 6 Andar por Pinheiros Sim Não - - Sim Nada - Os dois Internet (Facebook)
Willians 31-40 Pinheiros 4 Apartamento Sim Jardim Aeroporto Ônibus Pra dormir 80 8 10 8 10 8 Restaurantes, parques na região Sim Não - - Sim Muito Revitalizar alguns prédios que estão bastante abandonados Os dois Gazeta de Pinheiros, Folha, Internet
Emília 51-60 Pinheiros 20 Apartamento Sim Moema Ônibus - 30 8 8 8 6 - Ama Pinheiros, faz tudo por lá Sim, exceto hospitais de qualidade e médio porte Não - - Sim Regular Tornar o Largo da Batata mais agradável (com mais árvores), e mais ônibus Os dois Televisão, Jornal, Gazeta de Pinheiros
Tomás 31-40 Pinheiros 8 Apartamento Sim Centro Metrô Proximidade 35 8 8 6 4 8 Pinheiros Sim Não - - Sim Muito Coleta de lixo seletiva Prefeitura Jornal (Folha), Televisão
Nídia 51-60 Pinheiros 2 Apartamento Não - Ônibus, metrô - - 2 6 4 8 8 Pinheiros Sim Sim Sim Associação Mateus Grou - Regular Acessibilidade Os dois Gazeta de Pinheiros, Internet (Estadão), Veja
Antonieta 51-60 Pinheiros 54 Apartamento Não - A pé, metrô - - 2 6 4 10 8 Pinheiros Sim, tem de tudo (jardins, praças, cinemas, bares, supermercados) e fácil acesso Sim Sim Mateus Grou - Regular Acessibilidade. Calçadas são muito irregulares, inclusive pra ela que tem dificuldade de andar. Não adianta nada botar ladrilho ecologicamente correto se não é colocado direito, todo desnivelado. "Não sei se vocês são petistas, mas a ciclovia é inútil". Odeia as "budegas" de parklet, que só tão ali pra roubar vaga de carro. Odeia a prefeitura. A associação da rua dela, da qual ela era síndica, reformou toda a rua, fez mais arborizada ou sei lá. Quando acabaram tudo, veio a prefeitura inaugurar, na época em que a Marta era prefeita (ela só trouxe o carrinho de pipoca) Internet (Estadão digital), Gazeta de Pinheiros, Jovem Pan (claro), e Veja
Tomás 20-30 Pinheiros 1,5 Apartamento Sim - Metrô Facilidade 25 4 8 8 6 8 Restaurantes na região, casa de amigos Sim, se a pessoa quiser, dá pra viver só dentro de Pinheiros Não - - Não - Estado tem que ser mais eficiente Nada Limpeza, acesso a educação, transporte, segurança Prefeitura Internet (Folha, Estadão, NY Times)
Guilherme 20-30 Pinheiros 0,5 Apartamento Sim Butantã Ônibus, metrô Mais rápido acesso 30 8 8 6 8 6 Ibirapuera, Parque Villa-Lobos, Teodoro Sampaio, bares Sim, bem localizado Não - - Sim Pouco - - TV (Globonews), Exame, Internet

Gráficos:

Fizemos alguns gráficos para organizar melhor os dados de algumas questões específicas:

Onde trabalham: https://www.thinglink.com/scene/827389277099786240

Transporte utilizado: https://www.thinglink.com/scene/827389278022533120

Relação do bairro/distrito e trabalho: https://www.thinglink.com/scene/827389275124269056

Tipo de domicílio: https://www.thinglink.com/scene/827389272217616384

Distribuição dos entrevistados por bairro dentro do distrito de Pinheiros: https://www.thinglink.com/scene/827389272251170816

Bairro Moradores
Pinheiros 29
Alto de Pinheiros 4
Jd. Paulista 1
Itaim Bibi 2
Tempo Moradores
0 dias - 5 anos 15
5 anos e 1 dia - 10 anos 7
10 anos e 1 dia - 15 anos 4
15 anos e 1 dia - 20 anos 4
+ 20 anos e 1 dia 6
Tipo de domicílio Moradores
Apartamento 30
Casa 6
Trabalha? Moradores
Sim 30
Não 6
Se sim, em que bairro? Moradores (30)
Pinheiros 9
Butatã 2
Vila Madalena 2
Bela Vista 2
Jardim Paulista 2
Vila Mariana 1
Centro 1
Vila Olímpia 1
Liberdade 1
Moema 1
Jardim Aeroporto 1
Cidade Dutra 1
Alto de Pinnheiros 1
Itaim Bibi 1
Outros municípios 1
Moradores
Moram no bairro que trabalham 13
No distrito que trabalham 16
Por quais meios se desloca? Moradores
Ônibus 19
Metrô/Trem 12
Veículo próprio 5
Táxi, Uber, etc 6
Bicicleta 2
A pé 10

Ao serem questionados sobre os motivos pelo qual usavam determinado tipo de transporte, as respostas mais frequentes foram:

Proximidade e Facilidade para o transporte público;

Proximidade para a é;

Conforto para Uber, Táxi e Carro Próprio;

A média de tempo de descolamento dos entrevistados entre seu trabalho e casa é de : 26 minutos;

Avaliações do bairro em média:

- Acessibilidade: 6,2

- Segurança: 6,6

- Internet em locais públicos: 6,1

- Lixo: 7,8

- Saúde: 7,7

Organizações?
Sim 12
Não 24
Participa?
Sim 5
Não 7

Acha necessário esse tipo de organização?

- 6 Não

- 9 não vêem diferença

- 22 Sim

Quanto o bairro mudou ao longo do tempo que morou?

- 14 Nada

- 4 Pouco

- 7 Regular

- 11 Muito

Acredita que as mudanças devem vir do poder público ou da inciativa privada?

- 16 Governo Público

- 13 Os dois

- 2 Iniciativa Privada

O que faz no tempo livre:

- 14 moradores aproveitam a área verde da região

- 18 pessoas preferem aproveitar a cultura e comércio da região

O distrito supre as necessidades?

- 30 Sim

- 6 Não

Ao serem questionados da mudança que querem para o bairro, os quatro pontos mais abordados foram segurança, limpeza, acessibilidade e investimentos em áreas de lazer.