Utilizador:Brukvivolo

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Bruna Vivolo, 9o ano A

"Enquanto a cor da pele for mias importante que o brilho dos olhos, haverá guerra"

Bob Marley



A Guerra das Salamandras






Autor (es)
Karel Čapek





País
 República Checa





Género
Aventura























Lançamento
1936

























































































































































































































































































































































































































































Guerra das Salamandras


A Guerra das Salamandras é um livro de 1936 de Karel Čapek.[1]

A história começa com um capitão J.van Toch e seu barco Kandong Bandoeng. Ele descobre uma ilha chamada Devil Bay, em que há um segredo: existe uma espécie parecida com salamandras chamadas Andrias Scheuzeri, que possui mãos e conseguem falar. Os nativos dessa ilha têm pavor dessa espécie de salamandra, mas o capitão descobre um jeito de negociar com elas, dando em troca de pérolas, arpões. Após um tempo em contato com as salamandras, passou a escravizá-las e expandiu sua espécie pelo mundo, mas não imaginava no que isso iria dar.

Essa obra é composta por três livros:livro 1, chamado Andrias Scheuchzeri, o Livro 2, chamado O progresso da civilização e o Livro 3, A guerra das salamandras.

Esse livro começa falando do capitão J.van Toch e sobre as ilhas de Tana Masa (conjunto de ilhas que se localiza Devil Bay). Naquela época, o objeto mais valioso e mais procurado era a pérola, todos os capitães estavam a sua procura. O capitão J.van Toch ouviu dizer que na ilha de Devil Bay havia muitas pérolas, porém, na ilha existia ``diabos marítimos´´ , os nativos da ilha os chamavam de tapa-tapas . Chegando na ilha, toda tripulação de Kandong Bandoeng fica com medo dos tapa-tapas , apenas van Toch que não tem medo. O capitão van Toch passa o amanhecer na ilha e vê uma coisa inesperada, os tapa-tapas estavam fora d´água e trouxeram para o capitão uma ostra para que ele abrisse por elas, pois tinham patas pequenas e sua comida favorita eram ostras.

O tempo passou e ele decide fazer um acordo com G.H Bondy(um velho amigo do capitão) possuía uma indústria de barcos, o seu porteiro o Sr. Povondra (que mais tarde na historia fica muito importante) o deixa entrar. O capitão vem lhe comprar um barco para viajar o mundo, este continha tanques que guardavam as salamandras. O tempo passou e o capitão espalhou a tal especie pelo mundo todo com sua viagem.Com isso, as salamandras tomam uma proporção inesperada em relação aos seres humanos. Este fato fez com que essa espécie se rebelasse querendo tomar todos os continentes para ela, transformando isso numa grande batalha.