Educação Aberta/Identificando os astros

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Link: http://remar-beta.rnp.br/published/5cf13ded2ab79c000158cac6/web/

Público-alvo[editar | editar código-fonte]

Turma de 5o ano do Ensino Fundamental – Alunos entre 10 e 11 anos.

Objetivos de aprendizagem[editar | editar código-fonte]

Tema: “Terra e Universo”

  • (EF05CI10) Identificar algumas constelações no céu, com o apoio de recursos (como mapas celestes e aplicativos digitais, entre outros), e os períodos do ano em que elas são visíveis no início da noite.
  • (EF05CI11) Associar o movimento diário do Sol e das demais estrelas no céu ao movimento de rotação da Terra.
  • (EF05CI12) Concluir sobre a periodicidade das fases da Lua, com base na observação e no registro das formas aparentes da Lua no céu ao longo de, pelo menos, dois meses.
  • Mantemos todas? Verificar.

Descritivo[editar | editar código-fonte]

O jogo da forca, titulado “Forca astronômica”, será utilizado na aula “Identificando os astros”, pois agrega características na aula, trazendo um momento de avaliação formativa de forma lúdica. O jogo é útil, pois soma o uso de tecnologia que pode ser estimulante para os alunos se interessarem no conteúdo e também para a solidificação do conteúdo, ou sejam, é uma maneira de os alunos aplicarem, de uma forma diferente, o que aprenderam e compartilhar com seus colegas de classe.

O jogo forca foi escolhido, pois permite valores educacionais. O primeiro deles é o valor pedagógico que exercita a capacidade de pensar do aluno, possibilita o trabalho com números e letras, trabalha a sequência de letras e agrega o vocabulário. O segundo é o valor cognitivo, pois exercita a concentração e a atenção, trabalha a memorização de palavras e a compreensão da palavra como um todo, ou seja, significado, símbolos, grafia e fonética. E o terceiro valor que é o social já que permite a construção de valores como o de respeitar a vez do próximo, perceber limitações do próximo e a seguir regras.

Outras alternativas à esse jogo podem ser utilizados telescópios ou lunetas para a visualização real dos astros, o uso de máquinas fotográficas para registro e até mesmo uso de livros ou fotos para visualização.

Cenário da implementação[editar | editar código-fonte]

O plano de aula será utilizado em laboratório de informática devidamente em funcionamento e previamente reservado. A escolha de usar o laboratório se deu através da reflexão que nem todos os alunos podem não ter acesso à aparelhos eletrônicos e/ou internet, escolha essa feita para não haver exclusão.

Sequência didática[editar | editar código-fonte]

Preparação prévia[editar | editar código-fonte]

Professor apresentará de forma expositiva o conteúdo “Terra e Universo” em sala de aula e a atividade de fixação será este plano de aula. Reservará o laboratório de informática com antecedência, como consta no currículo.

Passo a passo[editar | editar código-fonte]

  1. Professor leva os alunos ao laboratório de informática.
  2. Professor organiza alunos em duplas.
  3. Professor explica como e o porquê da atividade.
  4. Professor instrui os alunos a abrir o site do REMAR e a procurar o jogo com o nome “Forca astronômica”.
  5. Professor relembra como funciona o jogo e suas respectivas regras.
  6. Professor entrega uma folha para cada aluno e pede que eles separem a folha em três com linhas, e que coloque “acertei”, “errei” e “estou com dúvida”.
  7. Professor explica que cada espaço será preenchido com respectiva pergunta que o aluno acertou, errou ou ficou com dúvida.
  8. Professor autoriza o início da atividade.
  9. Ao final da atividade o professor recolhe a folha.
  10. Na próxima aula o professor retomará o conteúdo visando sanar as dúvidas e os erros que foram verificados na atividade.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Nicole Ferraz

Rafael Fernandes

Rerê Lima

Leandra Arrais

Laura Ferretti

Maria Clara Calazans