Educação Aberta/Memória dos sentimentos

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Link para o jogo: http://remar.rnp.br/published/5ce2fb7724aa9a0001d04fa9/web/

Público-alvo[editar | editar código-fonte]

Educação infantil: Crianças pequenas (4 anos a 5 anos e 11 meses).

Objetivos de aprendizagem[editar | editar código-fonte]

  • (EI03EO01) Demonstrar empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e maneiras de pensar e agir.
  • (EI03EO04) Comunicar suas ideias e sentimentos a pessoas e grupos diversos.

Descritivo[editar | editar código-fonte]

O jogo traz a possibilidade de aprender a, identificar e trabalhar os sentimentos nos diferentes momentos em que se encontra cada personagem. Considerando-se que nem sempre a linguagem consegue expressar o que sentimos, a expressão do rosto e do corpo, algumas vezes pode falar muito mais do que a palavra.

Além do aprimoramento da memória o jogo trabalha com sentimentos possibilitando sua manifestação, as crianças identificam suas intolerâncias, alegrias, mágoas, desejos etc., e aprendem a lidar com eles. Ao proporcionarmos momentos em que as crianças reconhecem os sentimentos em sala de aula estamos valorizando essas emoções e mostrando a elas, que o que elas sentem é muito relevante e tem significado para nós.

Cenário da implementação[editar | editar código-fonte]

Formal, em laboratório de informática, com apenas um encontro e os alunos jogando individualmente. O laboratório da escola será um ambiente calmo e espaçoso, com computadores o suficiente que permitam o acesso à internet.

Sequência didática[editar | editar código-fonte]

Duração: 30 minutos

Preparação prévia[editar | editar código-fonte]

Uma aula sobre os sentimentos, onde irá apresentar as imagens que aparecerão no jogo e terá exemplos de atitudes relacionadas aos sentimentos, para que os alunos já tenham um conhecimento prévio.

Passo a passo[editar | editar código-fonte]

  1. Professor reúne alunos no laboratório de informática.
  2. Professor organiza alunos individualmente. Professor orienta que os alunos devem jogar e se não conseguirem avançar em alguma parte do jogo, devem pedir ajuda ao colega ou ao professor. Não devem pedir a resposta, mas uma dica para avançar.
  3. Alunos acessam o site e iniciam os jogos.
  4. Após os alunos jogarem, retornarão à sala de aula, para discutir com os colegas sobre os sentimentos e o que acharam do jogo. O professor deverá pedir uma demonstração e uma frase para exemplificar cada sentimento apresentado. Exemplo: PAR AMOR, deverão demonstrar uma atitude de amor (abraço, beijo, carinho...) e deverão falar algo relacionado ao amor ( eu amo você, amo sua aula, eu amo meu melhor amigo....).
  5. Ao final da aula, o professor pede para que os alunos compartilhem o que aprenderam sobre os sentimentos.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Gabriela Fonseca De Souza

Nandialla Maria Silva Fernandes

Thaynara Andrade Oliveira