Educação Aberta/P2PU

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Peer 2 A Peer University (P2PU)

Link: https://www.p2pu.org/en/

Resumo[editar | editar código-fonte]

Peer 2 Peer University (P2PU) é uma comunidade on-line de aprendizado aberto e sem fins lucrativos, que busca criar espaços de aprendizagem em ambientes públicos, reunindo aqueles que podem ensinar, como educadores e facilitadores, com aqueles que tem algum interesse em aprender e discutir sobre temas específicos. Os cursos e os materiais associados ao mesmo são livres, porém, as matrículas aos cursos são limitadas para proporcionar um ambiente com maior interação .

Publico alvo[editar | editar código-fonte]

O P2PU tem foco na comunidade e no incentivo a construção de conhecimento em grupo, os modelos de círculos de aprendizado são pensados para a contribuição popular, e o reflexo disso é uma ampla discussão nos mais diversos temas e pelos mais diversos grupos.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

P2PU está organizado em escolas, que incluem:

  • Inovação Social - Focada na inovação social;
  • Escola de Webcraft - Apoiada pela Mozilla[1];
  • Escola Aberta - Coordenada com Creative Commons[2]
  • Escola de Educação - com foco em pedagogia;
  • Futuro Matemático - coordenado com a rede de aprendizado da família Natural Math e o grupo de interesse Math 2.0.

Os cursos de P2PU da Webcraft foram os primeiros a adotar um sistema de recompensa de distintivos  e, com seu sistema de conclusão de tarefas, existem elementos de gamificação e gamificação do aprendizado .

Alguns dos cursos que foram ou estão sendo oferecidos atualmente incluem:

  • Riqueza mental: conheça e aumente - uma exploração global das percepções e estigmas associados à saúde mental
  • Ciência aberta: uma introdução - onde você pode aprender sobre o movimento de acesso aberto relacionado a coisas como dados de pesquisas médicas para ajudar a curar doenças.
  • Nerds compassivos - Um curso que procura explicar por que, apesar de bilhões de dólares para resolver problemas sociais, eles permanecem e o que pode ser feito sobre isso.

Organização[editar | editar código-fonte]

A plataforma organiza-se por meio de grupos de estudos (learning circles). Estes grupos são criados e mantidos da seguinte maneira:

  • Uma pessoa, chamada de facilitador, escolhe um curso online que deseja facilitar;
  • Depois, o facilitador preenche um formulário, informando um local, horário e data para encontro do grupo de estudos, bem como a sua duração (normalmente de 6 a 8 semanas)
  • Dessa forma, fica publicado no site o grupo de estudos e qualquer pessoa, mesmo que não tenha cadastro no site, pode inscrever-se no curso;
  • Pessoas se inscrevem no curso, e juntas, realizam o encontro, normalmente um encontro por semana, para em conjunto estudarem e realizarem o curso juntos
  • Ao finalizar o grupo de estudo, os participantes são convidados a responderem uma enquete e o resultado dela fica disponível no site

A ideia é que o facilitador seja alguém ou que tenha um pouco mais de conhecimento do conteúdo ou também esteja aprendendo, para que a troca não aconteça por meio de uma hierarquia e sim entre pessoas que estejam querendo realizar o mesmo curso. Além disso, os encontros presenciais são fundamentais para realização do grupo.

Além do grupo de estudos, existem fóruns da comunidade onde existem interações. Além de poder utilizar cursos que são disponibilizados na plataforma, podem ser adicionados mais cursos pela própria comunidade e ainda existe tutorial para criação de cursos onlines.

Tempo[editar | editar código-fonte]

Os cursos online disponíveis na P2PU são realizados em outras plataformas. Por isso encontram-se os mais diversos modelos com inúmeras propostas e aplicações. Nesses cursos é difícil encontrar um padrão ou uma lógica em suas nas propostas. Em sua maioria são cursos rápidos, de duração, por exemplo, de 17 a 30 horas, e abertos a todos, podendo ser realizados a qualquer momento, sendo as reuniões em grupo utilizadas para retirada de dúvidas e concretização do conhecimento.

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

O P2PU oferece alguns dos cursos on-line focados em pessoas que compartilham seu conhecimento sobre um tópico ou aprendem sobre um tópico oferecido por outro usuário com uma perspectiva 'faça você mesmo'.  Ao contrário dos cursos on-line abertos maciços (MOOCs) típicos, qualquer um pode criar um curso e fazer um.  Além disso, devido à sua natureza menos hierárquica, as atividades de P2PU não precisam necessariamente de cursos; o administrador do ambiente de aprendizado pode selecionar Grupo de estudo e Desafio, além de criar seu próprio termo. Além disso, a plataforma não cobra mensalidades e os cursos não são credenciados. No entanto, alguns cursos da "Escola de Webcraft" oferecem a oportunidade de reconhecimento de realizações por meio dos emblemas (badges) abertos.

Sustentabilidade[editar | editar código-fonte]

A plataforma é sem fins lucrativos, ou seja, seus cursos são grátis. Por esse motivo, a plataforma possui alguns parceiros, em sua maioria bibliotecas (principalmente europeias), além de empresas que trabalham com tecnologia e alguns museus. Além disso, possui alguns financiadores, como a Open Society Foundations e "Erasmus+".

A plataforma também oferece alguns serviços pagos, como capacitações indo às cidades. Estes incluem: Workshop de Treinamento para Círculo de Aprendizado, Coordenação de Programa P2PU. Além disso, também vendem alguns produtos, como camisetas e bonés e aceitam doações.

Abertura[editar | editar código-fonte]

Para participar de grupos de estudos não é necessário o cadastro, mas sim o fornecimento de informações básicas como nome e e-mail. Porém, para a participação na comunidade online e criação de grupo de estudos, é necessária uma conta.

O site especifica que os cursos que são adicionados devem ser gratuitos para quem deseja realizá-los, porém existem cursos com diferentes licenças, sendo elas a maioria:

  • Domínio público;
  • CC-BY;
  • CC-BY-SA;
  • CC-BY-NC;
  • CC-BY-NC-SA;
  • Todos os direitos reservados.

Os cursos até então disponíveis estão nos seguintes idiomas: inglês, alemão, francês, árabe, e espanhol. A maioria dos cursos estão em inglês. Pela plataforma, não estão disponíveis recursos dos cursos, mas ao acessar o site específico de um curso você pode ter acesso a eles.

Análise[editar | editar código-fonte]

A plataforma tem como diferencial a utilização de grupos de estudos, priorizando o aprendizado entre colegas, um modelo descentralizado, onde não há uma pessoa "detentora do saber" mas sim uma construção de conhecimento entre iguais. Como são priorizados encontros presenciais, podem ser cursados por diversos públicos, inclusive os que não estão tão familiarizados com tecnologias (existem inclusive cursos voltados para ensino de utilização de ferramentas de tecnologia).

Porém, a plataforma está disponível apenas em inglês e os cursos disponibilizados são majoritariamente em inglês também. Ainda, observa-se pelos textos apresentados, que a plataforma encoraja funcionários de espaços públicos, como bibliotecas, a facilitarem cursos, disponibilizando recursos e espaços físicos e motivando a ocupação destes locais. Analisamos também que o protagonismo dado a aprendizagem em comunidade é um diferencial de outras plataformas, que transformam o professor no centro do processo, sempre com esse olhar hierárquico.

Autores[editar | editar código-fonte]

Fabíola

Wilmar

Laryssa

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. https://www.mozilla.org/
  2. https://creativecommons.org/