Engenharia e ambiente/7.2 - Ciclos biogeoquímicos

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Definição[editar | editar código-fonte]

Ciclo Biogeoquímicos São processos que ocorrem na natureza para garantir a reciclagem de elementos químicos no meio. São esses ciclos que possibilitam que os elementos interajam com o meio ambiente e com os seres vivos, ou seja, garantem que o elemento flua pela atmosfera, hidrosfera, litosfera e biosfera.

Tipos de reservatórios[editar | editar código-fonte]

Cada elemento possui um tipo de reservatório, podendo ser ele:

Atmosférico, como o ciclo do Nitrogênio.

Sedimentar, como o ciclo do Fósforo.

Misto, que possui ambos tipos de reservatórios, como o ciclo do Carbono.

Taxa de transferência e amplitude dos ciclos[editar | editar código-fonte]

A taxa de transferência está relacionada à velocidade de transferência dividido pelo tempo somada à quantidade do elemento químico que foi deslocado de um reservatório para outro, depende diretamente também de fatores abióticos e bióticos. Enquanto a amplitude dos ciclos biogeoquímicos está relacionado ao quão grande, abrangente (quanto mais seres vivos o elemento percorrer mais amplo o ciclo tende a ser) e aberto um ciclo é, visto que os ecossistemas são abertos e interagem entre si. Esses termos são independentes entre si, por exemplo, o ciclo do carbono em uma floresta equatorial pode ter uma elevada taxa de transferência, devido aos altos índices metabólicos dessas florestas ao mesmo passo que, pode haver uma amplitude menor já que esses tipos de florestas tendem a ter pouca retirada de biomassa do local, tornando o ecossistema mais fechado.

Glossário[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Ciclos biogeoquímicos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/ciclos-biogeoquimicos.htm>. Acesso em 13 de setembro de 2017.

Disponível em : http://www.cesadufs.com.br/ORBI/public/uploadCatalago/08423818082016Ecologia_I_aula_9.pdf. Acesso em: 30 de maio.