Introdução à Toxicologia

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A toxicologia é a ciência que estuda os efeitos nocivos das substâncias químicas nos sistemas vivos. É uma ciência multidisciplinar que engloba conhecimentos de Farmacologia, Bioquímica, Química, Fisiologia, Genética e Patologia entre outros. Mais pormenorizadamente, estuda a interacção entre os químicos e os sistemas biológicos com o objectivo de determinar quantitativamente o potencial do químico para induzir danos, de onde resultem efeitos adversos para os diferentes organismos. Investiga, igualmente, a natureza destes efeitos adversos, a sua incidência, o seu mecanismo de produção, os factores que influenciem o seu desenvolvimento e a sua reversibilidade.


Objectivo

Esta disciplina tenta desenvolver a competência de compreender a vertente mecanística e molecular da interacção dos xenobióticos (fármaco, veneno, aditivo, poluente…) com os organismos vivos para, assim, se adquirir a capacidade de avaliação e comunicação de risco nos estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticasda Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto - Portugal.


Programa da Disciplina

Programa teórico

  1. Âmbito da Disciplina. Definições básicas. Aspectos históricos. Evolução dos conhecimentos e dos conceitos neste domínio.
  2. Relação Dose/Resposta. Hormesis. Avaliação do Risco ("Risk Assessment") e seus parâmetros.
  3. Interacção entre xenobióticos: antagonismo, adição, sinergismo, potenciação e coalição.
  4. Tolerância aos xenobióticos.
  5. Disposição dos xenobióticos nos sistemas biológicos: Absorção, Distribuição, Metabolismo e Eliminação (ADME): a. Absorção dos xenobióticos. b. Distribuição dos xenobióticos no organismo e parâmetros que a condicionam. c. Excreção dos xenobióticos. Principais vias de eliminação: rim, fecal (biliar) e pulmonar. Referência a outras vias de excreção. d. Metabolismo dos tóxicos: reacções de fase I, reacções de fase II e reacções de fase III. e. Metabolismo extra-hepático. f. Controlo do metabolismo. g. Toxicação versus destoxificação. Bioactivação de xenobióticos.
  6. Factores químicos, biológicos e genéticos que afectam o metabolismo e a disposição dos tóxicos.
  7. Respostas tóxicas aos xenobióticos: a. Órgãos alvo dos xenobióticos: Fígado, Rim, pulmões, coração, SNC, gónadas e sangue. b. Mecanismos de citotoxicidade: acções primárias, secundárias e terciárias. c. Efeitos farmacológicos, fisiológicos e bioquímicos. d. Teratogénese. e. Imunotoxicidade. f. Toxicidade genética. g. Carcinogénese química.


Programa laboratorial

  1. Toxicologia na Internet.
  2. Citocromo P450: Indução e Inibição Enzimática.
  3. Mecanismos Primários de Citotoxicidade: Stress Oxidativo e Fenómenos Relacionados.
  4. Mecanismos Secundários de Citotoxicidade: Alterações da Homeostase do Ca2+.


Bibliografia

Livros de Estudo

  1. Casarett and Doull's Toxicology: The Basic Science of Poisons - 2007 [1]
  2. Principles of Biochemical Toxicology, John Timbrell - 2008 [2]

Livros de Apoio

  1. Goldfrank's Toxicologic Emergencies - 2006 [3]
  2. Goodman and Gilman's the Pharmacological Basis of Therapeutics - 11th ed. 2006 [4]
  3. The Poison Paradox: Chemicals as Friends and Foes‎ por John A. Timbrell - 2005 [5]


Páginas Web de referência

Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto - Portugal: [6]

Serviço de Toxicologia da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto - Portugal [7]