Jornalismo Básico 2: reportagens especiais

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Disciplina: Jornalismo Básico II

Habilitação: Jornalismo

Carga Horária: 72 horas

Professora: Bianca Santana (bsantana [arroba] casperlibero.edu.br)

Ementa[editar | editar código-fonte]

Esta disciplina, continuação de Jornalismo Básico I, aprofunda a reflexão, os métodos e as técnicas relativas à reportagem. Tem como foco introduzir o jornalismo narrativo e o estudo das metodologias de pesquisa qualitativa em ciências humanas aplicáveis à produção, difusão, organização e apropriação da informação. Será dada ênfase à escrita e à apuração, a aprimorar a capacidade de pesquisa primária, de observação e de entrevista, privilegiando a interação presencial com fontes e personagens.

Competências a serem desenvolvidas[editar | editar código-fonte]

Ao final desta disciplina, o aluno deve ser capaz de:

  • Compreender as diferenças entre o jornalismo noticioso diário e o jornalismo de reportagens especiais;
  • Pautar reportagens especiais;
  • Apurar histórias, a partir de pesquisas documentais, de observação e de entrevistas;
  • Encontrar fontes
  • Planejar e realizar abordagens adequadas;
  • Realizar boas entrevistas, considerando aspectos sutis e não-verbais;
  • Selecionar e organizar informações;
  • Escrever reportagens especiais em profundidade, com fontes e personagens variadas;
  • Problematizar as limitações e possibilidades da linguagem ao reportar a realidade;
  • Organizar bem as informações no texto;
  • Desenvolver textos com marcas autorais;
  • Refletir sobre o ser repórter (e a perplexidade do repórter);
  • Identificar e selecionar lugares e personagens relevantes do ponto de vista jornalístico;
  • Praticar a observação participante;
  • Refletir sobre o relacionamento repórter-personagem;
  • Refletir sobre as estratégias de repórteres-autores consagrados;
  • Ampliar a consciência e o senso crítico sobre a subjetividade jornalística;
  • Produzir narrativas biográficas (perfis) em profundidade.

Conteúdo Programático[editar | editar código-fonte]

  • O ser repórter e sua função jornalística e social;
  • Reportagens especiais;
  • A apuração como diálogo ativo com fontes orais e com personagens;
  • A entrevista: arte e técnica;
  • Como processar linguagens verbais e não verbais;
  • Como verificar/checar dados e interpretações;
  • Redação de reportagens;
  • Jornalismo Literário Brasileiro;
  • Perfis.

Recursos utilizados[editar | editar código-fonte]

  • Aulas expositivas;
  • Discussão em grupo;
  • Projeção de trechos de filmes e vídeos;
  • Leitura de textos obrigatórios e complementares;
  • Produção de reportagens especiais;
  • Aprendizagem por projeto.

Interdisciplinaridade:Haverá atividades interdisciplinares entre a disciplina de Jornalismo Básico II e:

  • Planejamento Gráfico: as reportagens (devidamente acompanhadas de fotos e ilustrações em alta resolução) serão utilizadas na revista diagramada em Planejamento Gráfico;
  • Metodologia da Comunicação: entrevistas em vídeo e reportagem relâmpago do primeiro bimestre; leitura do Rota 66 no último bimestre e o projeto Temperaturas Paulistanas;
  • Comunicação Comparada: edição de uma das entrevistas da reportagem “Um dia na vida” produzida em Comunicação Comparada no segundo bimestre e o projeto ;
  • História do Brasil Contemporâneo: reportagem relâmpado, jornalismo literário brasileiro e o regime militar no terceiro bimestre.
  • ao longo do ano, outras propostas interdisciplinares podem ser elaboradas também por sugestão das alunas e alunos;
  • Radiojornalismo: projeto [ Temperaturas Paulistanas.

Avaliação[editar | editar código-fonte]

1º bimestre

Avaliação 1: reportagem relâmpago (matutino, valendo 4 pontos), atividade sobre reportagem, na sala de aula (noturno, 3 pontos)

Avaliação 2 (interdisciplinar com Metodologia): Entrevista em vídeo com um jornalista (a partir de uma lista de nomes elaborada pelos professores) sobre a grande reportagem, o ser repórter hoje e sua função jornalística e social (em grupo, 2 pontos)

Avaliação 3: prova sobre o conteúdo trabalhado em aula relacionado à leitura obrigatória do bimestre (individual, 5 pontos para o noturno, 4 pontos no matutino)

2º bimestre

Avaliação 1 (interdisciplinar com Planejamento Gráfico): perfil (individual, 5 pontos)

Avaliação 4: edição entre pares dos perfis (1 ponto)

Avaliação 5: prova sobre o conteúdo trabalhado em aula relacionado à leitura obrigatória do bimestre (individual, 4 pontos)

3º bimestre

Avaliação 1(interdisciplinar com Comunicação Comparada, Metodologia de Pesquisa, Planejamento Gráfico e Radiojornalismo): grande reportagem do projeto Temperaturas Paulistanas

Avaliação 2: reportagem relâmpago (2 pontos)

Avaliação 3: prova sobre o conteúdo trabalhado em aula relacionado à leitura obrigatória do bimestre (individual, 3 pontos)

4º bimestre

Avaliação 1 (interdisciplinar com Planejamento Gráfico): Reportagem melhorada a partir da edição dos colegas e comentários da professora (duplas ou trios, 4 pontos)

Avaliação 2: Apresentação e problematização do vídeo produzido no primeiro bimestre sobre a grande reportagem, o ser repórter hoje e sua função jornalística e social (2 pontos)

Avaliação 3: Autoavaliação (individual, 1 ponto)

Avaliação 4: Prova sobre o conteúdo trabalhado em aula relacionado à leitura obrigatória do bimestre (individual, 3 pontos)

NÃO HÁ PROVA SUBSTITUTIVA EM JORNALISMO BÁSICO 2*

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Bibliografia Básica[editar | editar código-fonte]

KOTSCHO, Ricardo. A prática da reportagem. São Paulo: Ática, 2007

SODRÉ, Muniz e FERRARI, Maria Helena. Técnica de reportagem: notas sobre a narrativa jornalística. São Paulo: Summus Editorial, 1986.

TCHÉKHOV, Anton. Um Bom Par de Sapatos e Um Caderno de Anotações (como fazer uma reportagem). São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Bibliografia Complementar[editar | editar código-fonte]

BRUM, Eliane. O Olho da Rua. São Paulo: Globo, 2008.

CAPUTO, Stela Guedes. Sobre Entrevistas: Teoria, Prática e Experiências. Petrópolis: Vozes, 2010.

FAERMAN, Marcos. Com as mãos sujas de sangue. Sao Paulo: Global Editora, 1979. Disponível em: http://marcosfaerman.jor.br/1979_ComAsMaosSujasDeSangue.html?vis=facsimile

MORAIS, Fernando. Cem quilos de ouro e outras histórias de um repórter. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

OYAMA, Thaís. A arte de entrevistar bem. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

Lei de acesso à informação: pedidos, reflexões e notícias.

Leituras Obrigatórias[editar | editar código-fonte]

BARCELLOS, Caco. Rota 66. São Paulo, Globo, 1998.

BRUM, Eliane. A vida que ninguém vê. Porto Alegre: Arquipélago Editorial, 2006.

QUEIROZ, Nana. Presos que menstruam. Rio de Janeiro: Editora Record, 2015.

VENTURA, Zuenir. Chico Mendes: crime e castigo: quinze anos depois, o autor volta ao Acre para concluir a mais premiada reportagem sobre o herói dos Povos da Floresta. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

PLANO DE AULAS 2016[editar | editar código-fonte]

1º bimestre: Apuração de fôlego

16/2 (M) e 17/2 (N): Apresentação da professora e dos alunos. Edição colaborativa do programa do curso. Combinados do bimestre.

23/2 (M) e 24/2 (N): Análise da reportagem “Um país chamado Brasilândia”, de Eliane Brum. Conceitos de reportagem.

1/3 (M): atividade externa ou exercício de edição de reportagem (VALE NOTA)

2/3 (N): Exercício de edição de reportagem

8/3 (M) e 9/3 (N): Evento “Religiões, intelectuais e mídia: posições diante do terrorismo”.

15/3 (M) e 16/3 (N): Semana Mulher e Mídia

22/3 (M) e 23/3 (N): Apuração de fôlego: observação, pesquisa documental, entrevistas, checagem. Trechos do filme “Spotlight: segredos revelados”, dirigido por Tom McCarthy.

29/3 (M): Fórum de Cobertura Jornalística e Organização de Olimpíadas

30/3 (N): Apuração de fôlego

5/4 (M): Evento "A importância do comentarista e da análise política no telejornalismo, em parceria com a TV Gazeta.

6/4 (N): Apuração de fôlego

12/4 (M) e 13/4 (N) Prova sobre o conteúdo trabalhado em aula relacionado à leitura obrigatória do bimestre

19/4 (M) e 20/4 (N): Devolutiva dos trabalhos e provas – erros comuns e atendimentos individuais. Avaliação do bimestre.

2º bimestre: Perfis

26/4 (M): Dicas (finais?) de apuração

27/4 (N): Perfis: estudo de caso do perfil de Delfim Netto, publicado na revista Piauí 96, por Rafael Cariello. Combinados do segundo bimestre.

3/5 (M): Perfis: estudo de caso do perfil de Delfim Netto, publicado na revista Piauí 96, por Rafael Cariello.

4/5 (M): Evento sobre grande reportagem no Teatro Cásper Líbero

10/5 (M) e 11/5 (N): Semana de debates de Cultura Geral

17/5 (M) e 18/5 (N): Entrevistas

24/5 (M) e 25/5 (N): Entrevistas

31/5 (M) e 1/6 (N): Entrevistas. Andamento dos perfis.

7/6 (M) e 8/6 (N): Perfis: consolidação de conceitos a partir do aporte teórico e do andamento da apuração de cada um

14/6 (M) e 15/6 (N): Entrega IMPRESSA dos perfis. Edição entre pares dos perfis.

21/6 (M) e 22/6 (N): Prova sobre o conteúdo trabalhado em aula relacionado à leitura obrigatória do bimestre

28/6 (M) e 29/6 (N): Devolutiva dos trabalhos e provas – erros comuns e atendimentos individuais. Avaliação do bimestre.

3º bimestre: A grande reportagem e o jornalismo literário brasileiro

2/8 (M) e 3/8 (N): Marcos Faerman e o jornalismo literário brasileiro

9/8 (M) e 10/8 (N): Wikiversidade e outras possibilidades tecnológicas para apurar, escrever e organizar reportagens em grupo

16/8 (M) e 17/8 (N): Semana de jornalismo

23/8 (M) e 24/8 (N): Análise de grandes reportagens que podem inspirar o projeto Temperaturas Paulistanas

30/8 (M) e 31/8 (N): atividade externa – experimentar a rua em uma reportagem relâmpago. Resultados publicados nas páginas: Reportagens sobre o centro da cidade e Reportagens sobre a Paulista

6/9 (M): análise da cobertura da Folha e Estado sobre a quebra de flagrante de presos na manifestação do dia anterior, e de comentaristas políticos da TV Gazeta e BandNewsFM.

7/9: FERIADO

13/9 (M) e 14/9 (N): OFICINA DE ESCRITA: definição do eixo narrativo ou aprimorar o texto final acompanhamento do projeto Temperaturas Paulistanas

20/9 (M) e 21/9 (N): Entrega da reportagem

27/9 (M) e 28/9 (N): Atividade sobre o conteúdo trabalhado ao longo do ano relacionado à leitura obrigatória do bimestre

4º bimestre: O ser repórter e a grande reportagem hoje

Reportagens: avenida Paulista