Práticas Corporais 2015/Aula 3

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Editores Aula 3: Espedito Pereira da Silva Neto

I. Tema e objetivos da aula:[editar | editar código-fonte]

Tema:História do Corpo. Ética e Cuidado de si.

Objetivos: Demonstrar para os alunos o cuidado de si através dos conceitos desenvolvidos na China sobre o movimento e saúde e longevidade através das experimentação do Lian Kong cujo o objetivo é manter corpo e mente em equilíbrio.

II. Materiais e espaços utilizados:[editar | editar código-fonte]

Materiais: Foi utilizado um Rádio ( áudio das 18 terapias de Lian Gong parte anterior) para aula prática, e um projetor na segunda para aula teórica.

Para que fosse possível a realização dessa aula, foi necessário a delimitação de um espaço meramente confortável, sendo este localizado na sala de Ginástica do Clube Saldanha da Gama, onde o mesmo conta com um tablado de tatame.

A segunda parte da aula foi ministrada na sala 104, na unidade da Ponta da Praia.

III. Método didático:[editar | editar código-fonte]

A aula foi dividida em duas partes, sendo a primeira parte aula prática e a segunda parte uma breve discussão sobre os textos.

Aula Prática:

  1. Conversa inicial; relembrar a aula passada;
  2. Pratica Lian Gong (movimentos parte anterior);
  3. Aprender movimento por movimento;
  4. Apresentação de todos os movimentos;
  5. Breve conclusão.

A aula foi direcionada pelas instruções do professor, por movimentos espelhados através e através da fala e correção dos movimentos.

Aula Teórica:

  1. Apresentação do texto por Espedito Pereira da Silva Neto, responsável pela leitura obrigatória da semana e breve discussão sobre as questões levantadas; (O personal trainer e o cuidado de si: uma perspectiva de mediação profissional (BOSLLE, 2008).
  2. Exposição do conteúdo teórico relacionado a aula prática, feita pelo professor.

IV. Descrição das atividades:[editar | editar código-fonte]

A aula prática foi dividida em três partes principais (Movimentos Lian Gong, massagem em dupla e auto-massagem respectivamente), além do texto discutido em sala de aula : A 18 terapias de Lian Gong surgiram empiricamente, visando uma melhora nas articulações e músculos assim como a prevenção de doenças; A segunda parte aborda uma massagem em dupla. A terceira parte aborda novamente a massagem individual.

PRIMEIRA PARTE DA AULA PRÁTICA ( 18 MOVIMENTOS LIAN GONG - PARTE ANTERIOR):

O Módulo FAFES VII - Práticas Alternativas e Integrativas é um modulo que compõem o eixo especifico onde foi abordado a aula de praticas chinesas com a temática: Ética e Cuidado de si; Consciência corporal. Essa atividade abrange o sexto termo do curso de Educação Física.

As estratégias de ensino-aprendizagem adotadas pelo professor foi apresentar e ensinar e corrigir cada movimento isoladamente do Lian Gong, valorizando a participação e o envolvimento dos alunos. Ressaltando a interação e exposição da sala a uma situação nova em que você pode aprender e vivenciar uma prática Asiática, e que pode ser uma alternativa a ser utilizada na atenção à saúde básica.

Em decorrência, a aula foi ministrada com objetivo de ensina a ginástica Lian Gong, um conjunto de 18 exercícios físico, todos os movimentos são feitos na postura em pé acompanhados por uma música desenvolvida para sua prática. A característica básica dos exercícios é a fusão de movimentos de alongamento com tração, controlado pelo praticante, dentro de seus próprios limites.

Foram ensinados os 18 exercícios um de cada vez na seguinte ordem:

  1. MOVIMENTOS DO PESCOÇO: A posição inicial é em pé com postura ereta, pés juntos e mãos paralelas ao corpo. O primeiro exercício começa com as mãos na cintura e o olhar para o horizonte. O primeiro movimento é girar a cabeça e olhar à esquerda (Lembrando que todos os movimentos começam para esquerda), voltar à posição inicial; o segundo movimento é girar a cabeça e olhar à direita, voltar à posição inicial; o terceiro movimento é levantar a cabeça para cima, voltar a posição inicial; o quarto movimento é inclinar a cabeça e olhar para baixo, voltar à posição inicial e simultaneamente soltar os braços ao longo do corpo. clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLbGRKZ1dIWm4xbW85QU9PRFBlcW9QNjVqQ3dJ/view?usp=sharing...
  2. ARQUEAR AS MÃOS: A Posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros, cotovelos soltos e palmas das mãos formando um triângulo com os indicadores e polegares de fronte do rosto. Olhar para frente, afastando ambos os braços para os lados, cerrando as palmas das mãos, olhando para mão esquerda até os antebraços ficarem paralelos ao tronco e perpendiculares ao chão. Primeiro movimento é olhando para o horizonte por cima do punho esquerdo; voltar a posição inicial, abrindo as palmas e olhando para mão esquerda; O segundo movimento é igual ao primeiro mas só que agora olhando para o lado direito. A posição final é abaixando os braços ao longo do corpo depois dessa sequencia que perfazem dois movimentos para cada lado. Clique (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLai1sVzlxMW5RdGFlc0I5VUhjZVVvdU1oUEMw/view?usp=sharing...
  3. ESTENDER AS PALMAS PARA CIMA: A posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros, braços flexionados junto ao corpo e punhos posicionados ao lado dos ombros; olhar a frente. O primeiro movimento é olhar para punho esquerdo; estender os braços para cima abrindo as mãos e olhando para a palma esquerda; braços esticados próximos das orelhas e palmas estendidas acima da cabeça e voltadas para frente. Olhar para palma esquerda; recolher os braços, fechando as mão e olhando para a palma esquerda; punhos posicionados nos ombros. Segundo movimento, é olhando para o lado direito. Posição final é abaixar os braços ao longo do corpo. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLV1Ixd1I0Q25PdHRrMUFMT05FNC1HYmpCaHhF/view?usp=sharing...
  4. EXPANDIR O PEITO: A posição inicial é com pés separados na largura dos ombros, palmas cruzadas na frente do corpo e olhar à frente. O Primeiro movimento é levantar os braços estendidos à frente do corpo, mantendo as mãos cruzadas e olhando o dorso das mãos; as palmas acima da cabeça se mantém cruzadas com os braços próximos das orelhas e a cabeça levantada olhando as mãos; abaixar os braços, traçando uma nova curva pela lateral do corpo por trás da linha dos ombros, acompanhando a palma esquerda com olhar; voltar a posição inicial. O segundo movimento é com enfoque do lado direito. E voltar a posição inicial. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLbU5PRW5vc3ZSTkVnZUUwZVRBNzZqNFhaMFpN/view?usp=sharing...
  5. DESPREGAR AS ASAS: A posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros e braços soltos ao longo do corpo. O primeiro movimento começa com olhar para frente; flexionar os braços direcionando os cotovelos para trás e para cima mantendo as mãos próximas ao corpo; aproxime o dorso das mãos abaixo do queixo com os cotovelos acima do nível das sobrancelhas, acompanhado o cotovelo esquerdo com o olhar; mãos soltas abaixo do queixo e cotovelos acima do nível das sobrancelhas. Olhar a frente; abaixar os cotovelos, estender as palmas e empurrá-las para baixo; voltar a posição inicial. Segundo movimento é com enfoque no cotovelo direito; voltar a posição inicial. Clique aqui (foto) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLNk9TbTNRMTZlMjJvWUN2SkdqZkstWktJcWFN/view?usp=sharing...
  6. LEVANTAR O BRAÇO DE FERRO: A posição Inicial é com os pés separados na largura dos ombros e braços abaixados ao longo do corpo. Primeiro movimento é levantar o braço esquerdo pela lateral com a palma voltada para baixo. O braço direito flexionado para trás está com dorso da mão direita pressionando do lado esquerdo da cintura. Olhar a palma da mão; próximo ao topo da cabeça a palma vira para cima; a palma esquerda voltada para cima com os dedos voltados para trás, olhar para cima; abaixar lateralmente o braço esquerdo, com a palma voltada para baixo acompanhando o movimento com o olhar; a posição da mão esquerda nas costas acima da mão direita. segundo movimento é com enfoque na palma direita. Abaixar os braços ao longo do corpo voltando a posição inicial. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLVXdqdFBld1BvRmtpb19aMk50S1dlcVl2V1FB/view?usp=sharing...
  7. EMPURRAR O CÉU E INCLINAR PARA O LADO: O primeiro movimento é levantar os braços com os dedos entrecruzados até a altura do queixo com as palmas voltadas; a seguir virar as palmas para baixo e para fora impulsionando-as acima da cabeça esticando bem os braços. Acompanhar o movimento das mão com o olhar; endireitar a cabeça olhando para frente; vergar o tronco lateralmente à esquerda e logo a seguir retornar à posição inicial; abaixe os braços pela lateral do corpo olhando a mão esquerda. O segundo movimento é com enfoque no lado direito, a seguir retornar à posição inicial; abaixe os braços pela lateral do corpo olhando a mão direita. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLNlh3enlyWTRNUmFVLVVzTi1Ld1Ezb0VoWmVZ/view?usp=sharing...
  8. GIRAR A CINTURA E PROJETAR AS PALMAS: A posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros e punhos posicionados na altura da cintura. O primeiro movimento é empurrar a palma direita para frente, estendendo o braço, e puxar o punho esquerdo, levando o cotovelo para trás em uma linha reta com a palma direita; girando o tronco e a cabeças para esquerda olhando para trás no horizonte; girar o tronco a frente recolhendo o braço direito girando e fechando a palma direita; voltar a posição inicial. é com enfoque do lado direito, e voltar a posição inicial. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLVE01dDRVMm9FRUNWZWZwMWJpczdTM1Y1by1Z/view?usp=sharing...
  9. RODAR A CINTURA COM AS MÃOS NOS RINS: A posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros, mãos posicionadas na região lombar com os dedos voltados para dentro; primeiro movimento é girar o quadril para esquerda, girar o quadril para frente, girar o quadril para direita e girar o quadril para trás. O segundo movimento é repetir no outro sentido e voltar a posição inicial ao final abaixando os braços ao longo do corpo. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLMkJaSlJwbGZOYldRWjRGN2JZM3lLSU9MUnZR/view?usp=sharing...
  10. ABRIR OS BRAÇOS E FLEXIONAR O TRONCO: A posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros com as palmas cruzadas na altura do baixo-ventre e olhar a frente. O primeiro movimento é erguer os braços à frente do corpo, levantando as palmas cruzadas até acima da cabeça e o olhar acompanha as palmas, girar o quadril à direita curvar-se com as costas estendidas até o plano horizontal, virando as palmas para baixo e fixar o olhar em um ponto à frente no chão; cruzar as palmas na frente do corpo, procurando tocar o chão com a ponta dos dedos; suspender os braços mantendo as palmas cruzadas, quando passar na altura das orelhas suspender simultaneamente o tronco e os braços, voltar a posição vertical. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLdERPSFFKZkhtOW5sOHdOcDgyVVVBcDJMajZB/view?usp=sharing...
  11. ESPETAR COM A PALMA PARA O LADO: A posição inicial é com os pés separados na largura dos dois ombros, punhos posicionados na altura da cintura e braços flexionados com os cotovelos puxados para trás; apoiar no calcanhar esquerdo e virar a ponta do pé para esquerda 90 graus girando o tronco para esquerda e abrindo o punho direito; impulsionando-o para frente e puxando o punho esquerdo para trás; esticar a perna direita e flexionar a esquerda, estendendo a palma direita obliquamente na lateral esquerda e o cotovelo esquerdo no sentido oposto; virar a ponta do pé esquerdo à frente, girando o tronco, fechando e recolhendo o punho direito; apoiar-se no calcanhar direito e virar a ponta do pé para direita em 90 graus, girando o tronco para direita e abrindo o punho esquerdo impulsionando-o para frente e puxando para o punho direito para trás. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLOFI0SWR6UUtHUHc3YUlZVzBzb1V3ZnFSMkww/view?usp=sharing...
  12. TOCAR OS PÉS COM AS MÃOS: Posição inicial é com os pés juntos, corpo ereto e braços soltos ao longo do corpo. O primeiro movimento é cruzar os dedos das mãos na altura do abdômen; erguer as mãos com os dedos entrelaçados até a altura do queixo com as palmas viradas para cima; a seguir girar as palmas para baixo de para fora impulsionando-as para cima, erguendo a cabeça; flexionar o tronco na altura da virilha, mantendo as costas e braços estendidos até o nível horizontal. A cabeça levemente suspendida permite olhar o dorso das mão; abaixar os braços e tocar os pés com as mãos; suspender o tronco reto e cabeça levemente erguida com as mãos ao lado corpo; cruzar os dedos das mãos na altura do abdômen. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLU1lid3ZBaF9SN185TEc4TUR3U1JZM1BpLTk4/view?usp=sharing...
  13. RODAR OS JOELHOS À DIREITA E À ESQUERDA: A posição inicial é com os pés separados na largura dos ombros. Dedos das mãos entrelaçados na altura do abdômen. Olhar à frente. Primeiro movimento é rodar joelho à esquerda e a frente; rodar o joelho à direita e voltar a posição inicial. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLQVljWWFpb19DdngtdXVvbWNLNjI4YnN0NHN3/view?usp=sharing...
  14. FLEXIONAR AS PERNAS E GIRAR O TRONCO: A posição inicial é com os pés separados na largura de dois ombros, mão segurando a cintura e olhar à frente. O primeiro movimento é flexionar a perna direita mantendo a esquerda esticada, girando o tronco em 45 graus à esquerda; voltar a posição inicial estendendo a perna direita. Voltando a posição final - abaixar os braços ao longo do corpo, juntar os pés. Clique aqui (fotos)https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLTkxucHpHZ1hjSFdnbFpIMkR3SkllMVBGLWlj/view?usp=sharing...
  15. FLEXIONAR E ESTICAR AS PERNAS: A posição inicial é com os pés juntos, braços ao longo do corpo. Primeiro movimento é flexionar à frente e colocar as mãos sobre os joelhos estendidos olhando a frente; agachar, ficando de cócoras. As mãos permanecem sobre os joelhos, porém girando os cotovelos para fora de modo que os dedos fiquem voltados um de frente para o outro; colocar as palmas sobre os peito dos pés. Pressionar os pés com as mãos esticando os braços e as pernas e projetando as nádegas para o alto; volta posição inicial erguendo o tronco com as mãos do lado do corpo. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLTFdTT0huUDlBWGVlcnhzZjQxV0xYWHV2SjA0/view?usp=sharing...
  16. TOCAR OS JOELHOS E LEVANTAR AS PALMAS: A posição inicial é com os pés separados na largura de um ombro e meio e braços ao longo do corpo. O primeiro movimento é flexionar o tronco à frente e tocar o lado medial do joelho esquerdo com os dedos da mão direita. Assentar a bacia flexionando as pernas e erguendo o tronco ereto, levantar o braço esquerdo esticado pela frente do corpo com a palma voltada para baixo; a palma esquerda ao chegar acima da cabeça vira para cima com as pontas dos dedos voltado para trás. Acompanhar o movimento com o olhar. Assentar a bacia flexionando as pernas e erguendo o tronco ereto; levantar o braço direito esticado pela frente do corpo com a palma voltada para baixo. A palma direita ao chegar acima da cabeça vira pra cima com as pontas dos dedos voltadas para trás. Acompanhar o movimento com olhar; esticar as pernas flexionando o tronco à esquerda, cruzando como direito, tocando o joelhos direito com os dedos da mão esquerda. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLUHF5ZVBMc2RmQWdadmpPaTNzc2U2OG96MW9r/view?usp=sharing...
  17. ABRAÇAR O JOELHO CONTRA O PEITO: A posição inicial é com os pés juntos, braços soltos ao longo do corpo. O primeiro movimento é dar um passo à frente com o pé esquerdo deslocando o peso para perna esquerda, enquanto a perna direita estica e levanta o calcanhar direito. simultaneamente os braços se erguem à frente do corpo com as palmas voltar para a outra até acima da cabeça a qual se ergue olhando para cima. Abaixar os braços lateralmente erguendo o joelho direito. Abraçar o joelho direito com ambas as mãos e segurando-o, abraçando-o contra o peito; pousar o pé direito atrás erguendo os braços e a cabeça; deslocar o peso para a perna de trás e abaixar os braços lateralmente, juntando o pé esquerdo ao direito. voltando a posição inicial. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLZEhQZl95aGFELS1kN2hwRzVhSTYtSVMtaXVB/view?usp=sharing...
  18. PASSOS MARCIAIS: A posição inicial é com os pés juntos, mãos segurando a cintura. O primeiro movimento é um avanço de um passo como pé esquerdo deslocando o peso para perna esquerda e levantando o calcanhar direito; sentar na perna de trás, flexionando-a e levantando a ponta do pé da frente; avance um passo com pé direito deslocando o peso para a perna direita levantando o calcanhar; sentar na perna de trás erguendo a ponta do pé direito. Clique aqui (fotos) https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLTkc2YUFLd2FWdDZxMXQ0dGFKWmJPeXg0cy1r/view?usp=sharing...

No decorrer da aula pode ser observada diferentes limitações, pois um aluno ou outro apresentava limitações na amplitude dos movimentos dificultando a execução de alguns exercícios. Dessa forma, as orientações eram sempre para cada um sentir o seu corpo e fazer os movimentos respeitando suas limitações.

CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO DA AULA https://www.youtube.com/watch?v=1Ud6vL-6IVE&feature=share...

  • A SEGUNDA PARTE DA AULA (PERCEPÇÃO DO CALOR CORPORAL)

A segunda parte os alunos sentaram em perto da parede inicialmente de olhos abertos perto de algum colega esfregando uma mão na outra. aproximar a mão na mão da pessoa próxima. sentir o ponto de mais calor na e aproximar uma mão da outra em concha e ficar um tempo. No começo voce nao sinta nda e talvez seja mais facil fechar os olhor para melhorar a percepção. para tentar sentir algo fazer movimento de afastamento e aproximação da mão para ver se ainda sente a irradiação do calor. Separar em dupla. Aos poucos vai aproximando as mãos em direção ao seu rosto devagar ainda com as mãos voltada uma para outra e bem aos poucos voce vai voltando os ponto das palmas das mãos aos olhos e ver se você consegue sentir o calor sem tocar nos olhos como se fosse um compressa sem tocar as mãos. depois aproximar dos ouvidos e ver se consegue sentir alguma coisa de calor. Depois abrir os olhos e fazer palma com palma com outro colega.

Clique aqui para ver os videos

https://www.youtube.com/watch?v=2oOlrKcjCKE...

https://www.youtube.com/watch?v=dQR-wBb2_uY&feature=youtu.be...

https://www.youtube.com/watch?v=akoF6LZ1Fs4&feature=youtu.be...

https://www.youtube.com/watch?v=vTvBMgbkgIA&feature=youtu.be...

https://www.youtube.com/watch?v=RxoSBRmLNlo&feature=youtu.be...

  • A TERCEIRA PARTE DA AULA (AUTOMASSAGEM)
Massagem de ativação

1) TRONCO

2) CABEÇA

3) MEMBROS SUPERIORES

4) MEMBROS INFERIORES

JÁ FOI DESCRITA PELA DUPLA ANTERIOR.

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS https://drive.google.com/file/d/0B7DnHwpKFYWLSE9uRW16RjZYYUZ4WUZIczgyeFNuOEdwaEY4/view?usp=sharing...

V. Discussões e dúvidas dos alunos:[editar | editar código-fonte]

As discussões foram breves pois apesar dos estranhamento da primeira aula ainda da para ver a surpresa no rosto dos alunos em experimentar algo novo.

VI. Temas Interdisciplinares:[editar | editar código-fonte]

Geralmente os alunos do sexto termo da educação física já passaram por diversas situações que envolvem a universidade, como pesquisa cientifica, trabalho de campo e estágio, mesmo assim as vivências com esse modulo e essas práticas causam um grande estranhamento em cada aluno, por mais que sejam discutidos conceitos de saúde, fisiologia e outros. O pensar na saúde pelo movimento e pela energia que ele emana, como foi dito em aula uma mistura de Sangue e consciência. Neste contexto é valido pensar na nossa profissão como educador físico e profissional da saúde como agente de um processo de busca autônoma de conhecimentos, favorecendo o aprofundamento em novos conteúdos e sua aplicação para promoção de saúde.

VII. Fichamento de texto:[editar | editar código-fonte]

Na sua primeira parte o texto traz uma discussão que relaciona o profissional de educação física (personal Training) com uma microempresa que vende aptidão física e estética de uma forma que os torna dependente dos seu seus serviços. Por um outro lado, Sócrates em um contexto histórico aparece como "o mestre do cuidado de si" tendo como função fundamental estimular os outros indivíduos a terem cuidado consigo mesmo. Já Foucault (1985) aponta a apreensão com as pertubações do corpo e da alma.

Na época helenística ( época em que se difundia a cultura Grega aos territórios conquistados) o regime corpo e alma parecia ter um caráter normativo, problematizando o comportamento do individuo e compreendendo as medidas exata dos exercícios, alimentos, bebidas, sono e relações sexuais. A alma deveria ter manter o domínio sobre si própria e o corpo não poderia prevalecer sobre ela; era uma obrigação o cuidado de si mesmo se tornando uma lei que abrange a todos incondicionalmente, indiferente do status social.

Porém a lei do cuidado de si se apresenta com um privilégio da elite pois era preciso ter tempo e recurso para manter esse cuidado. Foucault relata a correlação do cuidado de sicoma prática médica na cultura Grega, onde a atenção com o corpo foi intensificada com o incremento do cuidado médico, a medicina e filosofia encontravam-se intimamente ligadas e regulamentando a vida dos indivíduos.

A parti do século III e IV surge o cristianismo defendendo a renúncia de si como principio fundamental para salvação. Porém atualmente vivemos uma ordem tecnocientífica-empresarial (SANTANNA, 2005) onde o corpo é o novo templo da subjetividade e a alma parece ter perdido sua relevância. O corpo se tornol objeto de salvação substituindo a alma nessa função ideológica; sendo assim o corpo adquire valor e status semelhante ao da alma ao qual é preciso conquistá-lo e controlá-lo rapidamente pois ele não possui vida eterna.

Dessa forma surge o conceito de longevidade e sua aparência jovem, onde o corpo se torna um objeto que se precisa vigiar, reduzir e mortificar para fins estéticos. Essa crença de corpo jovem torna o corpo um objeto almejado de maneira incansável. Bauman, 2001 que essa busca é comparada a um vício: quanto mais se procura, mais se precisa e mais se sofre quando privado de novas doses; e nessa perspectiva surge a figura o personal Training como especialista na construção deste corpo perfeito.

O educador físico entra como o sujeito que controla sua rotina diária, hábitos alimentares, sono, vestuário, relações familiares e sociais; interferindo muitas das vezes em decisões pessoais. O personal Training parece visar a prisão eterna do seu cliente e o cuidado do seu corpo

Perguntas Sobre o Texto:

1. O que representa o cuidado se próprio

2. Qual relação entre a figura do personal trainer e o cuidado de si?

3. Por que as pessoas acreditam que o outro pode saber mais do seu corpo do que você mesmo

VIII. Material relacionado:[editar | editar código-fonte]

Metodo Lian Gong; Método Marina Abramovic' Auto Massagem Matinal (Zu Yen Su);

Wave-at-saturn-collage

IX. Relato de um aluno na aula[editar | editar código-fonte]

É fantástica a diferença entre realizar essas práticas "enviando a consciência para o exercício e para o membro exercitado. Após realizar todos os movimentos m uma perna, houve uma pausa e pude sentir a diferença entre as duas; minha perna esquerda (a alongada primeiro) estava mais receptiva ao frio, parecia mais pesada e volumosa (Anônimo).

X. Conclusão:[editar | editar código-fonte]

Considero assim que essas praticas são de quande importancia para promoçao de saúde e um ferramenta que pode ser mais estudada no ocidente e aplicadas na população em geral. Além disso, a grande quantidade de atividades que podem ser desenvolvidas a partir dessa filosofia de ver o corpo ligado a mente e através de sua própria energia promover saúde

Em síntese, os movimentos do Lian Gong são de grande valia para apoiar e qualificar a promoção de saúde em idosos por exemplo.

XI. Referências Bibliográficas:[editar | editar código-fonte]

LEE, M.L. Lian Gong em 18 terapias - forjando um corpo saudável. In: LEE, M.L. Origem e Desenvolvimento dos Exercícios Terapêuticos Chineses..5.ed São Paulo, 2006.

BOSSLE, C.B. O personal trainer e o cuidado de si: umaperspectiva de mediação profissional. Porto Alegre, v. 14, n. 01, p. 187-198, janeiro/abril de 2008.

http://www.campinas.sp.gov.br/arquivos/recursos-humanos/manual_lian_gong_01.pdf

XII. Crítica sobre a documentação da aula 2[editar | editar código-fonte]

A aula 2 elaborada pela Beatriz e Carolina foi bem elaborada, Seria legal se elas tivesse usado mais fotos ou vídeos ilustrando melhor os movimentos, porém foi a primeira aula.


Avaliação do Professor do Caderno Colaborativo Aula 4[editar | editar código-fonte]

NOTA 6 (AVALIAÇÃO EM 08/12)

A avaliação do caderno será feita conforme os seguintes critérios e valores:

1) apresentar as leituras obrigatória e complementar em sala de aula, comentá-las e destacar os seus principais conceitos (1,5/2,0)
2) postar a leitura para a turma na wikiversidade e inserir perguntas e comentários pertinentes que a relacionam com as aulas (2,0/2,0)
3) registrar a aula daquele dia, utilizando-se recursos multimídia e postá-la na wikiversidade (1,0/2,0)
4) aprofundar pesquisa sobre o tema da aula e inserir links para publicações de slides, áudio, vídeo e redes sociais (1,0/2,0)
5) revisar a aula publicada pelo grupo anterior ao seu e fazer comentários (0,5/1,0)
6) cumprir o prazo de uma semana para realizar todas as etapas, ou seja, publicar tudo até a aula seguinte (0,0/1,0)


"comentários do professor"

Aula com boa documentação, mas com atrasos. Leitura bem apresentada em aula, mas poderia ser mais detalhado na wiki, com descrição dos conceitos. Uso pertinente dos recursos multimídia para documentar a aula prática. Organização visual e das informações razoável. Sugiro corrigir link do último vídeo, que não está aparecendo.