Utilizador Discussão:Solstag/Proposta

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esta página foi marcada como discussão ativa.

institutos vs categorias[editar código-fonte]

Ni!

Fala Helder, tudo jóia!?

Cara, queria saber tua perspectiva sobre duas coisas que me bateram desde que abri a wikiversidade pela primeira vez...

A primeira é o excesso de estrutura com relação ao volume de conteúdo de facto. Me parece extremamente contra-producente esse monte de curso onde só há a grade curricular sem conteúdos mínimos. Minha impressão é que dificulta muito quem quer contribuir com o que já existe e inibe quem gostaria de começaria algo novo.

A segunda, e mais importante, é sobre o modelo de estrutura. Pra ser sincero fiquei meio chocado ao ver na wikiversidade o uso tão forte dos conceitos de instituto e cursos curriculares. Para mim isso a desconecta totalmente da ciência modena e a prende aos modelos antiquados dos quais as (boas) universidades atuais estão tentando - a duras penas - se desvencilhar.

O avanço da formação estudantil e do progresso científico cada vez mais depende da categorização do conhecimento ao invés de sua segmentação, da formação personalizada ao invés de serializada, aliada à capacidade de comunicação interdisciplinar. E o ambiente wiki tem todas as ferramentas para abordar a universidade dessa nova perspectiva.

Não trata de mudar o conteúdo dos cursos (curso no sentido de disciplina, não de currículo), mas a maneira como eles são estruturados e relacionados.

Será adequado levantar esse tema? Quer conversar sobre isso no café do IME? rs...

Abraço,

--Solstag 10h15min de 6 de junho de 2009 (UTC)

Oi![editar código-fonte]

Tudo certo sim...

Pra falar a verdade eu não sei bem o que dizer a respeito do que perguntou. Reconheço que no momento a proporção entre conteúdo e estrutura deixa a desejar, mas sei que isso se deve também a falta de mão de obra (coisa comum nos projetos menores).

Se no momento o que temos aqui na Wikiversidade é "somente estrutura", também é verdade que esta estruturação foi o que os colaboraradores anteriores puderam fazer pelo projeto. Eu mesmo (ainda) não em envolvi tanto quanto gostaria por aqui, e nem mesmo consegui acompanhar/estudar o que tem sido feito nas Wikiversidades em outras línguas, para poder usar como exemplo ao dizer que certas coisas tem mais chances de funcionar que outras...

Possivelmente garimpando as esplanadas daqui e do Wikilivros a gente poderia entender como ela convergiu para a forma de organização atual, e talvez encontrar argumentos contra/a favor de certos pontos.

A "força tarefa" ainda é escassa por aqui e, ao que me parece, a integração entre diferentes áreas do conhecimento exige ainda mais esforço dos que contribuem. É difícil escolher qual a melhor maneira de usar nossos recursos (humanos, finitos) para trazer o máximo de melhorias para projeto no menor prazo possível, para que assim a Wikiversidade ganhe mais atenção para si nos meios acadêmicos (que, ao meu ver, é onde estão os colaboradores em potêncial)...

Enfim, conversas neste rumo são benéficas para o projeto, e deveriam estar sempre em pauta (na esplanada, ou em uma lista de discussões, etc)...

Sei lá, não estou com cabeça pra pensar melhor nisso no momento, então desculpe se tudo pareceu muito vago... Helder 13h53min de 9 de junho de 2009 (UTC)

Granularidade[editar código-fonte]

Alê,

Seguindo as lições do nosso estimado professor Benkler, penso que esse projeto deveria focar a produção de aulas, o que acha disso? Lí sua mensagem pro Helder e concordo com suas observações. Imagine aperfeiçoar um verbete da enciclopédia e transformar numa aula, um conjunto de aulas formará um curso. Deveríamos trabalhar pelas especificações de uma "aula destacada" aos moldes de um "artigo destacado". Sem contar nas possibilidades futuras, por exemplo, buscar espaços nas universidades para a apresentação da aula destacada. Abraços, Pietro Roveri 19h50min de 22 de setembro de 2009 (UTC)

Piotr Rovierov! Estou de acordo, precisamos sentar pra conversar com o Ozymandias, ele foi quem mais editou a página principal nos últimos tempos. Se ele concordar com essa idéia geral, podemos começar a mexer isso aqui. Outra questão é como enquadrar grupos de pesquisa. Talvez poderíamos criar um namespace para eles, talvez devesse ter um namespace "Curso:" e outro "Grupo:". Vamos pensando. Abs! Solstag 22h02min de 22 de setembro de 2009 (UTC)
Comecei algo no plano estratégico. Vou procurar o Ozymandias. Abraços, Pietro Roveri 13h33min de 23 de setembro de 2009 (UTC)

RE: Organização do conhecimento[editar código-fonte]

Olá Solstag,

Eu estava lendo sua proposta e gostaria de entender melhor a parte de "Organização do conhecimento", pois acho que a proposta de dependência e categoria não substituem a estrutura Faculdade x Departamento como me pareceu na justificativa 1.

O que você acha de um encontro via IRC para discutir a proposta ?

Obrigado,
--DanielBF 18h46min de 30 de setembro de 2009 (UTC)

Opa, boa pergunta, tentarei esclarecer como eu vejo...

Quais as funções legítimas das faculdades/departamentos aqui na wikiversidade?

  1. auxiliar as pessoas a encontrar o conteúdo que procuram
  2. organizar os esforços coletivos
  3. algo mais?

Penso que as categorias e dependências dão bem conta do primeiro aspecto. A pessoa acha o curso e outros relacionados pela categoria e acha os cursos relevantes àquele pelas dependências.

Quanto ao segundo aspecto, não serão as páginas de discussão das aulas, cursos e categorias suficientes? Isso deve refletir, certamente, na forma como detalhar a implementação dessas idéias. Lembrando, naturalmente, que a boa prática é manter a discussão próxima do conteúdo.

Por fim, para alguns temas muito ativos, poderia utilizar-se a própria página da categoria como portal de orientação, dado que ela aceita um texto de apresentação antes do seu conteúdo automatizado. Ou, se tornar-se necessário, criar portais para alguns temas, ou, melhor ainda, "grupos de estudo", pois podem haver diferentes enfoques de um mesmo tema. Talvez o conceito de "grupo de estudos" esteja faltando no esquema. :)

Abs!

--Solstag 18h26min de 1 de outubro de 2009 (UTC)

tutoria[editar código-fonte]

Pareceu complicado achar um tutor nas páginas de usuário deles. Penso que seria melhor um roda-pé na ementa do curso informando o(s) nome(s). Nevinho 23h58min de 30 de setembro de 2009 (UTC)

Hum, boa, mas minha idéia de implementação continuaria sendo os tutores adicionarem suas páginas de usuário às categorias relevantes. Assim para encontrá-los bastaria uma busca por "páginas no namespace usuário pertencendo a alguma das categorias da aula", podendo incluir isso nos cursos automaticamente como um link para "ache tutores para este curso". Na discussão acima surgiu o tema de "grupo de estudos", talvez isso também interaja com essa história de tutores de alguma forma. :) Abs! --Solstag 18h35min de 1 de outubro de 2009 (UTC)

Algumas sugestões[editar código-fonte]

  1. A pagina Wikiversidade:Lista de cursos e disciplinas deveria mudar de nome e passar a ser Campus ou outro nome que se queira dar. Lá as disciplinas e cursos prontos serão armazenados. Desta maneira removeriamos a predefinição Instituto da página inicial. As páginas Portal: Nome do instituto, poderia ser repaginada apresentando apenas os cursos daquela área do conhecimento.
  2. Os departamentos deveriam ser eliminados por completo. Iniciei a remoção na páginas dos Institutos dos departamentos que não foram criados.
  3. Os cursos deveriam ir para o dominio principal e não serem uma subpágina do instituto que está vinculado. Agora precisamos ver se vamos colocar o dominio Curso: ou deixa sem prefixo.
  4. Temos que trabalhar na confecção de uma nova documentação para criação de cursos, disciplinas e aulas. Acho melhor que seja separado para cada tipo.
  5. Uma outra idéia que tive e que temos que refletir seria uma mudança de conceitos:
    1. Curso - seria o que hoje é uma disciplina ou curso livre. Por exemplo um curso não teria que ter a nomenclatura atual para as disciplinas. Exemplo: haveria um Curso:Eletrônica Digital (este abrangeria toda a materia das disciplinas Introdução à Eletrônica Digital, Eletrônica Digital Intermediária e Eletrônica Digital Avançada. Todas essas aulas eu dividiria por modulos (modulo 1 até n modulos) ou seria de apenas um modulo como é num curso livre. Este conceito de curso dividido por modulos é o que existe hoje nos cursos EAD. E cada curso deve ter uma subpágina recursos onde seriam colocados links para outros projetos Wiki e para links externos sobre o assunto
    2. Disciplina - este conceito morreria.
    3. Projeto de Aprendizagem - este seria o que nós temos como bacharelado, licenciatura, formação básica, formação intermediária. O projeto de aprendizagem será apenas um local onde haverá um conjunto de cursos (sejam eles completos ou um modulo do mesmo).
      Exemplo: o Projeto de Aprendizagem Projeto:Técnico Eletrônica teria o seguinte conjunto de cursos: *Eletrônica Digital (Completo) *Desenho Técnico - Modulo 1 * Eletrônica Analógica - modulo 1 e 2. A sequência de estudos ficaria a cargo do organizador do projeto.
      Porém temos que deixar claro nas documentações que o enfoque é em melhorar e criar aulas para os cursos que já exitem e trabalhar nos cursos que estão hoje só na carcaça.
    4. Pesquisa - as pesquisas deveriam ter um dominio Pesquisa:nome da Pesquisa e serem catalogadas por aréa do conhecimento. Também precisamos trabalhar nesta documentação que hoje é pouca. O Solstag pode ajudar pois ele tem feito um trabalho neste sentido.
    5. Grupos de Pesquisa - outra aréa interessante de se criar seria os grupos de pesquisa. Seria uma forma de as pessoas com mesmos intereses ou de uma mesma escola se relaconarem. Está pagina deveria ter um link para as pesquisas do grupo e outras atividades. Poderia ter um dominio Grupo:nome do grupo e serem catalogados por aréa do conhecimento. Também precisamos trabalhar nesta documentação que hoje é inxistente.

Bem, temos que talvez testar, criar alguns programas pilotos para ver o que funciona melhor.
--Vlademir Santos 02h49min de 10 de Março de 2011 (UTC)

Oi Vlademir!

Gostei bastante da sua pegada. Alguns comentários seguem:

  • Sobre os novos domínios, não creio que devemos criar domínios de fato, apenas aplicar a nomenclatura "Prenome:Nome". Caso torne-se necessário, no futuro criamos os domínios. Digo isso porque ainda não vejo razão para isolar conteúdo de cursos, grupos ou pesquisa do domínio principal. Acho que fora desse domínio deve ficar apenas o que é "meta" mesmo, ao menos num primeiro momento. E adotando essas nomenclaturas fica fácil mudar.
  • Sobre a multiplicidade de prenomes, como "Portal", "Grupo", "Curso", "Projeto de Aprendizagem", penso que devemos degenerar o mínimo possível. Vejo o prenome "Portal" como um coringa para quase tudo que envolva um enfoque particular do conteúdo da Wikiversidade. Ele aplicaria-se a grupos de estudo, grupos de pesquisa e instituições, com a distinção sendo feita pelo uso de categorias. Ainda estou em dúvida sobre a necessidade do prenome "Cursos", talvez eles caiam bem sem prenome mesmo, sendo distinguidos de Aulas pela categoria.
  • Sobre projetos de aprendizagem. Esses currículos existem necessariamente dentro ou intimamente ligados a um Portal, quer de um grupo de estudo, uma escola, faculdade ou outra instituição. A melhor maneira de lidar com isso parece-me ser forçar essa ligação mecanicamente. Não se necessitaria nem domínio, nem prenome para eles, pois seriam sempre subpáginas de algum portal. Por exemplo, "Portal:Instituto de Matemática da USP/Licenciatura em Matemática" ou "Portal:Ministério da Educação/Oitavo ano (currículo mínimo)". Assim, "Projeto de aprendizagem" seria a categoria onde estariam todos inclusos.
  • Sobre o domínio "Usuário". Algo que falta discutir. Ao meu ver, não há como organizar a Wikiversidade sem o domínio usuário ter um papel um pouco mais destacado que em outros projetos wiki. Há muitas atividades que, apesar de colaborativas, estão vinculados ao um contexto individual externo à wikiversidade e isso precisa ficar escancaradamente claro. Ou seja, tem um componente autoral forte. Por exemplo, eu posso estar escrevendo um artigo para submeter à publicação numa revista científica, ou um projeto de pesquisa para enviar a uma instituição de fomento. Não há razão nenhuma para excluir o uso da Wikiversidade para esse fim, muito pelo contrário, de repente posso até usá-la para encontrar parceiros para uma pesquisa ou artigo, mas ele é demais vinculado aos indivíduos e não cabe no domínio principal. Nesses casos, o usuário utiliza-se de subpáginas do seu usuário para esse tipo de atividade. E, no caso de envolver múltiplos indivíduos, como por exemplo um artigo com muitos autores, basta criar redirecionamentos nas subpáginas de cada usuário.

Oba, é isso aí. Essas são algumas idéias que venho destilando desde que escrevi aquela proposta.

Junto com tuas sugestões, tá ficando bonito!

Abração,

--Solstag 10h59min de 20 de Março de 2011 (UTC)