Jogo

Fonte: Wikiversidade


Yellow-bg.svg
HSBook.svg
Ementa

Bem vindo ao curso Jogo

Serviço

Fundamentos das Atividades Físicas e Esportivas II - Jogo

Prof. Vinícius Terra

Depto. de Ciências do Movimento Humano

UNIFESP - Campus Baixada Santista

Grupo Jogo no Facebook

Fórum de Discussão

Ementa

Estudo do jogo e dos fenômenos lúdicos e suas manifestações como lazer, cultura e saúde nas práticas corporais da sociedade moderna.

Conteúdo

teórico

Epistemologia do Jogo
Conceito e História do Jogo
Comportamento lúdico e desenvolvimento humano
O Jogo, o brinquedo e a cultura
Poéticas lúdicas
Teorias do Jogo
Classificações do Jogo (Temperamentos)
Terapêutica do Brinquedo
Jogo e Educação

prático

Laboratório de Práticas em Jogo e Brinquedo
Estado de Jogo
Jogo e Performance
Jogo e Ação Comunitária
Pedagogias do Jogo


Bibliografia

livros

BROTTO, F. O. Jogos cooperativos: o jogo e o esporte como um exercício de convivência. Santos: Projeto Cooperação, 2002.
CALDEIRA, J. (org). Escolhas sobre o corpo: valores e práticas físicas em tempos de mudança. São Paulo: SESC, 2003.
CAILLOIS, Roger. Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. Lisboa: Cotovia, 1990.
CORBIN, A. História dos Tempos Livres. Lisboa: Teorema, 2001.
DAOLIO, J. Jogos Esportivos Coletivos: dos princípios operacionais aos gestos técnicos - modelo pendular a partir das idéias de claud Bayer. Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.10 - n.4 - 2002.
DE MASI, D. Ócio criativo. Rio de Janeiro: editora Sextante, 2000.
DUMAZEDIER, Joffre. Sociologia Empírica do Lazer. Tradução: Silvia Mazza e J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva/SESC, 1979.
_______. Valores e Conteúdos Culturais do Lazer. São Paulo: SESC, 1980.
FREIRE, J. B. Educação de corpo inteiro: teoria e prática da Educação Física. São Paulo: Scipione, 1989.
E. B., LOBO, F (orgs.) Lazer numa Sociedade Globalizada: leisure in a globalized society. São Paulo: SESC/WLRA, 2000.
HILDEBRANDT-STRAMANN, R.; LAGING, R.Concepções abertas no ensino da Educação Física.Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1986.
HUIZINGA, Johan. Homo Ludens. São Paulo: perspectiva, 2001.
KOUDELA, Ingrid D. Jogos teatrais. São Paulo: Perspectiva, 1992.
LAFARGUE, P. O direito à preguiça. São Paulo: Claridade, 2003.
MACEDO, Lino de. Ensaios construtivistas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1994.
MAGNANI, José. Festa no Pedaço: cultura popular e lazer na cidade. São Paulo: HUCITEC/UNESP, 1998.
MARCELLINO, N. C. Lazer e Educação. Campinas: Papirus, 1990.
MALAGODI, M. E.; CESNIK, F. S. Projetos Culturais. São Paulo: escrituras, 1999.
RUSSELL, B. O elogio ao ócio. In D. De Masi (Org.), A economia do ócio (pp. 47-137). Rio de Janeiro: Sextante, 2001.
SALLES DE OLIVEIRA, Paulo (org.) O lúdico na cultura solidária. São Paulo: Hucitec, 2001.
SLADE, Peter. O jogo dramático infantil. São Paulo: Summus, 1978. 
ORLICK, T. Vencendo a competição. São Paulo: Círculo do Livro, 1989.
PIAGET, J. Seis estudos de psicologia. Rio de Janeiro: Forense editora, 2007.
SOARES, C. L. et al.Metodologia do ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992
SPOLIN, V. Improvisação para Teatro e Jogos Teatrais – Fichário de Viola Spolin. Rio de Janeiro: Ed Perspectiva, 2008.
VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1998.
WINNICOTT, D. W. O brincar e a realidade. Rio de Janeiro: Imago editora, 1975.

filmes

GARI´S GAME. Jan Pinkava, Karen Dufilho. Estados Unidos: Pixxar, 1997. 4 min. Youtube.
TARJA BRANCA. Cacau Rodhen, Juliana Borges. Brasil: Maria Farinha Filmes, 2014. DVD e Netflix.
O BALÃO VERMELHO. Albert Lamorisse. França, 1956.
O BALÃO BRANCO. Jafar Panahi. Irã, 1995.