Agricultura urbana

Fonte: Wikiversidade
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agricultura Urbana[editar | editar código-fonte]

Sugestões de plantio[editar | editar código-fonte]

Conceitos Básicos[editar | editar código-fonte]

Benefícios da Agricultura Urbana[editar | editar código-fonte]

Social[editar | editar código-fonte]

  • assume o papel das pessoas como sujeitos do processo de criação do seu próprio alimento e da melhoria da qualidade de vida na cidade
  • enfoca e incita a cooperação e interação entre pessoas de uma região ou grupo, com foco no compartilhamento de recursos, experiências e momentos, assim como na criação de laços de confiança locais;
  • desenvolve e estimula a espírito de cidadão envolvido e responsável com a melhora de qualidade de vida de todas as pessoas e outros seres vivos de uma localidade;

Educação[editar | editar código-fonte]

  • promove a ampliação da consciência do que se come, de como são produzidos os alimentos e do caminho realizado pelo alimento até o prato;
  • promove o contato com a terra e interação das pessoas com os fluxos naturais, desde o fluxo da água em um terreno, decomposição de matéria orgânica e até os fluxos de crescimento e reprodução de plantas;
  • estimula o desenvolvimento do paradigma do cuidado com o Outro e com si mesmo, por meio do despertar de questões íntimas referentes ao espaço público e o direito de todos a sua utilização e usufruto;
  • promove o encantamento e a inspiração com formas e padrões naturais, que sugerem diferentes formas de desenho para criações humanas;
  • estimula a troca de saberes locais e tradicionais relacionados à saúde, bem estar e meios de produção de alimentos;
  • reforça aprendizados referentes a planejamento de acordo com ciclos naturais, eficiência no uso dos recursos urbanos, plantas e suas preferências e interações, compostagem e criação de hortas (entre diversas outras).

Saúde[editar | editar código-fonte]

  • melhora a saúde pública na medida em que estimula uma dieta balanceada de frutas, verduras e ervas medicinais e baseada na saúde preventiva e nutrição completa;

Meio Ambiente[editar | editar código-fonte]

Urbano[editar | editar código-fonte]

  • promove o embelezamento e a criação de uma cidade viva, em que a cidade possa ser receptiva aos sonhos, anseios e formas diferentes de ser e experienciar a vida em comunidade;
  • protege e melhora o solo urbano, intimamente empobrecido com a compactação e perda de nutrientes;
  • aumenta a área permeável e de áreas verdes da cidade, o que influi não só diretamente na qualidade de vida e segurança alimentar dos habitantes da cidade, mas também na diminuição de ilhas de calor;
  • realça a responsabilidade do poder público na promoção e estímulo ao uso coletivo de espaços públicos desocupados para o benefício geral de uma comunidade, com foco na segurança alimentar, na saúde preventiva e na promoção de uma cidade integrada à natureza;

Casos exemplares e referências[editar | editar código-fonte]

Nacionais

Internacionais

Dicas de como fazer coisas práticas de horticultura doméstica[editar | editar código-fonte]

Grupos organizados em Agricultura Urbana[editar | editar código-fonte]

Nome Cidade Bairro
Agricultura Urbana Butantã São Paulo Butantã
Exemplo Exemplo Exemplo
Exemplo Exemplo Exemplo

Mapas de Agricultura Urbana[editar | editar código-fonte]

Artigos científicos públicos em Agricultura Urbana[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Agenda de atividades dos grupos em Agricultura Urbana[editar | editar código-fonte]

Nome Dias Horários Cidade Região Bairro
Horta das Corujas Sábados e Domingos (alternados) 9h às 14h ou 15h São Paulo Zona Sul Vila Madalena
Exemplo Exemplo Exemplo Exemplo Exemplo Exemplo
Exemplo Exemplo Exemplo Exemplo Exemplo Exemplo

Ver Também[editar | editar código-fonte]